Dá um Gosto ao ADN

Vendaval comunista em Setúbal

Comunistas ganham em toda a linha no distrito de Setúbal

A CDU foi a vencedora das eleições autárquicas no distrito de Setúbal ao reconquistar ao PS os municípios de Alcácer do Sal e de Grândola, tendo alcançado a maioria em 11 de 13 câmaras municipais. No entanto, a média de 60 por cento de abstenção devem preocupar todos da esquerda à direita. O PS que apostava forte na tentativa de marcar posição em terreno comunista sai fragilizado e o PSD, apesar de derrotado a nível nacional, matem o mesmo número de eleitos do que em 2005. Surpresa também em Sines onde os Independentes perderam a autarquia para os socialistas.

CDU reforça mandatos autárquicos no Distrito de Setúbal  

Foi uma vitória clara da CDU, que também esteve muito perto de ganhar a Câmara do Montijo, mas o PS acabou por segurar a presidência do município por uma escassa margem de 400 votos (PS - 28,59 por cento e CDU - 26,02 por cento), apesar de ter perdido a maioria absoluta.
Montijo e Sines, concelho que também passou a ter maioria PS, são agora os únicos municípios “rosa” num distrito onde a CDU não só reforçou as votações de há quatro anos, como também conseguiu segurar todos os municípios onde apresentou novos candidatos.
Nos concelhos de Almada, Seixal, Moita, Palmela e Santiago do Cacém, a CDU foi obrigada a apresentar novos candidatos, devido ao limite de três mandatos consecutivos para os presidentes de câmara, mas conseguiu vencer em todos com maioria absoluta.
No litoral alentejano, a CDU reconquistou ao PS as câmaras de Alcácer do Sal, com maioria absoluta de 53,5 por cento (com quatro eleitos contra apenas três do PS), e de Grândola, com uma maioria relativa de 34,56 por cento (três eleitos), tendo o PS sido relegado para a segunda posição, com 23,62 por cento dos votos (dois eleitos).
No concelho de Grândola foram ainda eleitos dois vereadores de dois movimentos independentes que também concorreram à presidência do município.

Surpresa de Sines
Em Santiago do Cacém, a CDU manteve a maioria absoluta (45,53), mas em Sines foi o PS a conquistar aquele município pela primeira vez, e logo com maioria absoluta (51,97 por cento).
A autarquia de Sines era governada há 16 anos por Manuel Coelho, autarca eleito como independente em 2009, mas que já tinha três mandatos realizados pela CDU, em 1997, 2001 e 2005, o que o impediu de apresentar nova recandidatura ao cargo. Marisa Santos, a escolhida para a substituição, não conseguiu a vitória.
Em Palmela, apesar da saída de Ana Teresa Vicente, a CDU obteve mais uma maioria absoluta (46,7 por cento), com a candidatura de Álvaro Amaro a alcançar um total de cinco eleitos. O PS ficou com três lugares e a coligação PSD/CDS-PP elegeu Paulo Ribeiro. Em 2009 os dois partidos, em separado, anularam-se.
O ex vice presidente da Câmara Municipal da Moita foi eleito para o mais alto cargo na autarquia liderada pela CDU, que conquistou a maioria absoluta em todos os órgãos do poder local, assembleia e freguesias. O PS elegeu três vereadores e o Bloco de Esquerda mantêm o único vereador que já tinha.

Tudo na mesma...
Em Sesimbra foi mais uma vitória tranquila da CDU (41,93), que renovou a maioria absoluta (quatro eleitos), enquanto o PS garantia o segundo lugar (dois eleitos). A coligação PSD/CDS-PP ficou em terceiro (apenas um eleito). Com alguma surpresa, o movimento independente liderado pelo sesimbrense Carlos Sargedas obteve mais votos (8,64) do que o BE (5,51), mas não conseguiu a eleição de nenhum vereador.
A CDU também renovou as maiorias absolutas nos concelhos do Barreiro (44,89) e do Seixal (43,42), onde ficou, praticamente, tudo na mesma, dado que CDU, PS e PSD mantiveram o número de eleitos que tinham anteriormente.

BE a perder vereador em Almada 
Em Alcochete, a CDU venceu com maioria absoluta (53,45). Mal ficou o PS, que perdeu um dos dois vereadores que tinha anteriormente para o CDS-PP.
No concelho de Almada, o último a apurar os resultados finais, a saída de Maria Emília de Sousa (CDU) abriu uma janela de esperança aos partidos da oposição para estas eleições autárquicas, mas o candidato indicado pelo PCP, Joaquim Judas, não só venceu como reconquistou a maioria absoluta para a CDU.
A CDU obteve 38,73 por cento dos votos, aumentando de cinco para seis o número de eleitos da CDU, enquanto o BE averbava mais uma derrota eleitoral ao perder o único vereador que tinha conseguido eleger há quatro anos.
O PS, que alimentava a expectativa de ganhar as eleições tirando partido da saída forçada de Maria Emília de Sousa, não fez melhor do que manter os três vereadores que tinha, tal com o PSD, que também mantém dois eleitos na Câmara de Almada.

Montijo “quase” comunista
PS consegue manter Montijo "à tangente" 
E no Montijo, já um bastião antigo socialista, o PS esteve em suspenso à espera dos resultados da freguesia de Pegões que, já a madrugada ia alta, garantiu que a autarquia continuava em mãos “rosa”. Ainda assim Nuno Canta perdeu a maioria e a CDU ficou a pouco mais de 400 votos de diferença e elegeu 2 vereadores. Tal como o PSD que, no Montijo concorreu sozinho, e garantiu dois vereadores.

CDU mantêm capital do distrito
Na capital do distrito, Setúbal, a CDU continua à frente da autarquia. É agora a única mulher presidente à frente de uma autarquia do distrito. João Ribeiro, grande aposta socialista, manteve o partido como principal força de oposição. Mas esteve longe da vitória. O PSD elegeu Luís Rodrigues e o Bloco de Esquerda que lançou Mariana Aiveca, um peso pesado do partido, não consegui a eleição.


Paulo Jorge Oliveira 
[ + ]

Eleições Autárquicas 2013

Acompanhe os resultados do distrito de Setúbal 



Os eleitores foram este domingo chamados às urnas para eleger os seus representantes nos órgãos administrativos locais.
Milhões de portugueses exerceram o seu direito de voto para escolher os presidentes de Câmaras e de Assembleias Municipais de 308 autarquias e os presidentes de Junta de 3 090 freguesias.
Acompanhe no ADN os resultados provisórios do escrutínio.

Agência de Notícias 
[ + ]

Tróia em destaque na imprensa inglesa

Daily Mail apresenta "o novo Algarve" em Portugal

Portugal volta a estar em destaque na imprensa britânica, desta vez representado por Tróia, "o novo Algarve", segundo o Daily Mail. Num artigo sobre esta península portuguesa, o jornal conta que aquele que é um dos "segredos mais bem guardados pelos portugueses" está entre as primeiras escolhas do 'special one', José Mourinho.
Península de Tróia em destaque em jornal inglês de grande tiragem 

Apenas a uma hora de Lisboa e a 15 minutos de Setúbal, Tróia está a levar "os mais abastados da classe média da capital a vender as suas casas no Algarve e a comprar um apartamento novo neste paraíso, ainda em crescimento, com areia dourada, golfinhos a nadar no oceano, cegonhas de longos pescoços a olhar-nos do alto das chaminés das típicas casas de pescadores nas proximidades".
Jon Craig, autor do texto, reforça o quão especial é este recanto português com uma entrevista a José Mourinho, [natural de Setúbal], o treinador português que está novamente à frente do Chelsea, e que também fez questão de comprar casa em Tróia.
 
Dois hotéis, praias e os golfinhos do Sado
Até agora, há apenas dois hotéis no local, o Troia Design Hotel, de cinco estrelas, e o Aqualuz, de quatro. Os 12 quilómetros de areal estão divididos em diferentes praias, cada uma delas com calçadões que vão desde os hotéis e apartamentos até à areia.
Destaque ainda para os passeios de barco que se podem fazer a partir da marina, incluindo pequenas excursões pelo estuário do Sado, onde é possível ver golfinhos a salpicar a água praticamente durante toda a viagem.

Há mais para descobrir além dos 'resorts'
Ingleses "apaixonados" pela mar e tradições de Tróia 
No entanto, "há mais em Tróia do que o moderno 'resort' na ponta daquela península". Basta "seguir em direção ao sul, passar as ruínas romanas do lado esquerdo e o clube de golfe do lado direito, passar alguns quilómetros e chegar às aldeias típicas e antigas de pescadores", numa autêntica viagem no tempo.
 A primeira aldeia é a da Comporta, "onde uma cegonha nos olha do alto de todas as chaminés" e se pode comer um "fantástico risoto de lagosta", servido no tradicional restaurante português 'O Zé'.
"Entre comer e beber nestas típicas aldeias, anda-se sempre sobre frágeis passadiços que servem de portos primitivos aos pescadores", conta o jornalista, para quem, tanto as novas como as velhas atrações de Tróia são "uma delícia" incapaz de esconder por mais tempo este segredo à beira-mar de Portugal.
Leia o artigo completo (em inglês) AQUI.


Agência de Notícias 
[ + ]

Hospital do Barreiro não corta salários e viola lei

Centro Hospitalar do Barreiro viola lei ao não cortar salários dos administradores 

O Centro Hospitalar do Barreiro não cortou salários nem reduziu despesas de representação de dois administradores como exige a nova lei. O hospital que tem um resultado operacional negativo de 7,8 milhões de euros ainda permitiu, segundo escreve o jornal I, que os profissionais de saúde fizessem escalas de 36 horas consecutivas de trabalho. O que não é permitido por lei.

Auditoria revela que Centro Hospitalar do Barreiro/Montijo viola lei   

O Centro Hospitalar do Barreiro/Montijo (CHBM) não reduziu a remuneração de dois administradores do hospital do Montijo tal como ficou estipulado na lei, aprovada em Junho de 2010, que estabeleceu um conjunto de medidas adicionais ao Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC).
Esta é uma das principais conclusões de uma auditoria da Inspecção-Geral de Finanças (IGF) realizada em 2012 "com o objectivo de avaliar as circunstâncias descritas no relatório do fiscal único do exercício de 2010, em particular as relativas ao plano de redução de custos".
De acordo com a síntese do relatório, este centro hospitalar violou a Lei nº12-A/2010, de 30 de Junho, no artigo que estabelecia que "a remuneração fixa mensal ilíquida dos gestores públicos executivos e não executivos, incluindo os pertencentes ao sector público local e regional, e dos equiparados a gestores públicos, é reduzida a título excepcional em cinco por cento".
A auditoria detectou ainda que também "não foi efectuada a redução de cinco por cento no valor das despesas de representação do conselho de administração que exerceu funções entre Junho de 2010 e Março de 2012".
Depois de referir que, entre 2009 e 2011, os proveitos operacionais caíram 25 por cento, enquanto os custos operacionais "apenas diminuíram 6,2 por cento, os responsáveis da auditoria concluem que "carecem de implementação as medidas estruturais que permitam inverter a tendência de desequilíbrio financeiro" do centro hospitalar.

Hospital não cumpre lei das escalas de trabalho
Outra das conclusões da auditoria prende-se com as escalas de trabalho que "permitiram a realização de 36 horas consecutivas, o que pode colocar em causa a segurança e a qualidade da prestação de serviço". A IGF recomendou por isso à administração do centro "para reorganizar as escalas de modo a impedir a existência de trabalho prestado consecutivamente por períodos tão longos".
A auditoria concluiu ainda que o registo biométrico de controlo de assiduidade não estava "plenamente integrado com o sistema de processamento de remunerações, reduzindo a fiabilidade dos pagamentos", não incorporava "as escalas de urgência" e não era "utilizado na íntegra por todos os funcionários" da unidade hospitalar.

Administradores em silêncio
O jornal I, que divulgou a notícia, tentou obter uma reacção da administração do CHBM às conclusões desta auditoria e saber se já tinham acatado as recomendações contidas no relatório, mas não obteve resposta dos responsáveis do hospital.
De acordo os dados mais recentes da monitorização mensal dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde, este centro hospitalar tinha um resultado operacional negativo de 7,8 milhões de euros no final de Julho, o que representa um desagravamento de 3,2 milhões em relação a igual período do ano passado. O CHBM foi, aliás, uma das seis unidades hospitalares que conseguiu reduzir o seu resultado operacional negativo no período em análise. Os custos operacionais estavam a subir 1,1 por cento (para 43 milhões) e os proveitos 11,8 por cento.

Agência de Notícias 

[ + ]

Alcochete apresenta Plano Municipal Sénior

Semana Sénior do concelho marcado por apresentação do plano sénior   

No próximo dia 1 de Outubro, a Câmara de Alcochete inicia as comemorações da Semana Sénior, às 15 horas, no Fórum Cultural da vila, com a apresentação do Plano Municipal Sénior de Alcochete. 
Alcochete lança Plano Municipal Sénior em Outubro 

A política municipal que tem vindo a ser desenvolvida para a população sénior assenta em estratégias que estimulam o envelhecimento activo, através da dinamização de iniciativas que respeitam as capacidades psico-motoras desta faixa etária.
Todavia, diz fonte da autarquia, “a realização das acções é pouco sustentada no conhecimento real de quais as necessidades e as expectativas deste segmento da população”. Para colmatar esta falta de conhecimento prático, o executivo municipal avança para este Plano Municipal, tendo como base uma metodologia participativa. Ou seja, na elaboração deste documento de apoio estiveram envolvidos 150 seniores, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 57 e os 90 anos e residentes nas zonas rural e urbana.
Assim, com o Plano Municipal Sénior, “a Autarquia procura criar acções e projectos que fomentem o bem-estar da população sénior e a criação de condições de saúde, participação e segurança que promovam o bem-estar dos munícipes ao longo de todo o processo de envelhecimento”, diz fonte do gabinete de Luís Franco, presidente da Câmara local.
Alcochete lança Semana Sénior
No dia 1 de Outubro será apresentado o resultado do estudo referente aos indicadores de bem-estar da população sénior, bem como o plano de actividades para 2014, resultante da concertação entre as entidades públicas e privadas do Concelho e do processo de identificação das principais necessidades por parte dos destinatários.
A apresentação do Plano Municipal Sénior será ainda acompanhada de animação e de uma exposição dos trabalhos resultantes dos ateliês de artes manuais.
As comemorações da Semana Sénior vão, no dia 2 de Outubro, prosseguir na Junta de Freguesia de Alcochete com a elaboração do perfil de saúde através da realização de um conjunto de rastreios gratuitos que permitem aos utentes fazer um diagnóstico à sua saúde.
No sábado, 5 de Outubro, a partir das 15 horas, no edifício dos Bombeiros Voluntários de Alcochete, decorre um baile convívio comemorativo do Dia Internacional do Idoso, cuja animação está a cargo da artista Gisela Duarte.
Para participar nos rastreios ou no baile convívio, os interessados devem inscrever-se nas Associações de Reformados de Alcochete ou de Samouco, na Junta de Freguesia de São Francisco ou no Sector de Desenvolvimento Social da Câmara Municipal, através dos contactos 212 348 646 ou dedss.sds@cm-alcochete.pt.

Agência de Notícias
[ + ]

Leilão de beneficência ambiental em Azeitão

Dinheiro serve para pagar estudo de impacte ambiental no Portinho da Arrábida 


Quem nos roubou a areia? Dois anos após lançar este grito de alerta, o Clube da Arrábida realiza no próximo Sábado dia 28 de Setembro na Quinta Velha em Azeitão um jantar/leilão de beneficência ambiental cuja receita reverte integralmente a favor de um estudo de impacto sobre o enorme desassoreamento que já fez desaparecer grande parto do areal do Portinho da Arrábida. O leilão dirigido por Miguel Cabral Moncada, levará à praça perante uma sala completamente esgotada as fotografias da exposição “Portinho da Arrábida, 100 anos de memórias”. 

Leilão de beneficência pela Arrábida realiza-se amanhã em Azeitão 

“Este é em dúvida grande motivo de orgulho para o Clube da Arrábida (CA) e seus associados, que após o sucesso da exposição que atraiu o número record de 3500 visitantes entre a inauguração a 6 de Julho e o seu fecho a 31 de Agosto, vêem agora a possibilidade de obter uma receita considerável para financiar o tão desejado e necessário estudo de impacto ambiental sobre o desassoreamento do Portinho da Arrábida e seu enchimento com areia”, dizem os responsáveis do evento.
Ao tomar a iniciativa de organizar este leilão, “o CA mostra uma vez mais a indiscutível liderança que tem desempenhado no alerta e defesa ambiental da Arrábida, substituindo-se de forma clara ao papel que deveria ser assumido pelas entidades oficiais com tutela sobre a gestão da Arrábida assim como as associações ambientais de primeira linha”, dizem os responsáveis do CA.
Ainda de acordo com o CA, “lastimavelmente em plena candidatura da Arrábida a património da humanidade e com amplo conhecimento de causa por parte de instituições e organismos oficiais, a Arrábida continua votada ao mais profundo abandono, correndo inclusive risco de ver desaparecerem para sempre algumas das suas mais emblemáticas zonas como é o caso do Portinho da Arrábida”.

Leilão serve para pagar estudo sobre Portinho da Arrábida
A receita do leilão será entregue na totalidade a um grupo de investigadores do LNEG e do ISPA, após apresentarem o projecto do estudo de impacto ambiental que está a ser elaborado pelas duas instituições. A apresentação deste estudo é resultado das conclusões do colóquio “Desassoreamento da Arrábida causas e soluções” que o CA organizou em parceria com o Parque Natural da Arrábida e apoio da Câmara de Setúbal em Novembro de 2011, que deu origem ao livro com o mesmo nome, publicado em Março deste ano.
“Só após a apresentação das conclusões do estudo poderão ser tomadas medidas para repor a areia desaparecida do que em tempos foi a praia do Portinho da Arrábida mas que está hoje reduzida a um mar de calhaus sem que nada tenha ainda sido feito para reverter a situação”, denunciam os responsáveis do Clube da Arrábida.


Agência de Notícias 
[ + ]

Cidade de Montijo distinguida por ser “amiga das famílias”

Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis premeia cidade do Montijo

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis divulgou ontem que a autarquia do Montijo foi distinguida com o título “Autarquia +Familiarmente Responsável 2013. Ainda na cidade de Montijo, inserida nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa Idosa terá lugar no dia 2 de Outubro, uma Passagem de Modelos Intergeracional, pelas 15 horas, no Cinema Teatro Joaquim D’Almeida.

 
Município de Montijo distinguido pelas boas práticas para famílias 
Este reconhecimento resulta de um inquérito realizado a nível nacional onde foram analisadas as políticas de família dos municípios em diversas áreas de actuação: apoio à maternidade e paternidade; apoio às famílias com necessidades especiais; serviços básicos; educação e formação; habitação e urbanismo; transportes; saúde; cultura, desporto, lazer e tempo livre; cooperação, relações institucionais e participação social; e outras iniciativas. São ainda analisadas as boas práticas das autarquias para com os seus funcionários autárquicos em matéria de conciliação entre trabalho e Família.
A cada município vencedor será entregue a bandeira verde da iniciativa “Autarquia + Familiarmente Responsável 2013” numa cerimónia a ter lugar no próximo dia 6 de Novembro, pelas 17 horas no Auditório Nacional dos Municípios, em Coimbra.

Passagem de Modelos Intergerac​ional marca dia Internacio​nal da Pessoa Idosa
Ainda na cidade de Montijo, inserida nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa Idosa terá lugar no dia 2 de Outubro, quarta-feira, uma Passagem de Modelos Intergeracional, pelas 15 horas, no Cinema Teatro Joaquim D’Almeida. A entrada é gratuita. Uma iniciativa do Gabinete Sénior da Divisão de Desenvolvimento Social e de Saúde que conta com o apoio do Banco Local de Voluntariado.
Em palco vão estar participantes do Gabinete Sénior, do projecto Junto de Si, bem como e crianças de Infantários com valência de creche e de pré-escolar, da cidade do Montijo.
Sob o lema “Do Velho faz-se novo” serão apresentadas criações produzidas, nos Ateliers Séniores e no Projecto Junto de Si, a partir de roupas usadas e acessórios elaborados pelas crianças, também, com materiais reciclados.

Agência de Notícias 
[ + ]

Crato vaiado em Setúbal por dezenas de professores

Ministro ignora manifesto de professores na Sebastião da Gama

O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, foi vaiado na passada terça-feira por dezenas de professores concentrados junto à Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, que protestaram contra a instabilidade e precariedade na carreira docente. O ministro ignorou os protestos dos professores que pediam a sua demissão, mas, no interior da escola, falou aos jornalistas sobre a falta de professores que se mantém em diversas escolas e sobre a polémica em torno das aulas de inglês.

Professores de Setúbal protestaram com políticas de Nuno Crato  

O Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, foi esta semana vaiado por dezenas de professores concentrados junto à Escola Secundária Sebastião da Gama, na cidade de Setúbal, que protestaram contra a instabilidade e precariedade na carreira docente.
"Estamos aqui em protesto contra a precariedade e instabilidade no emprego. Há milhares de professores provisórios que, devido à reorganização curricular e a outras alterações nos currículos, ficaram sem emprego", disse à Lusa João Trigo, professor do Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama.
"Também temos um problema grave com cerca de dois mil professores do quadro que ainda estão com horário zero, o que significa que poderão ser requalificados, a designação utilizada pelo Governo mas que na prática significa o despedimento puro e simples", acrescentou o professor de Setúbal.

Ministro sem reacção à manifestação
Nuno Crato ignorou os protestos dos professores que pediam a sua demissão, mas, no interior da escola, falou aos jornalistas sobre a falta de professores que se mantém em diversas escolas.
"Este ano teve vários concursos: tivemos o concurso quadrienal de professores, em que todos os professores participam, que levou à recolocação de muitos professores", disse Nuno Crato.
De acordo com o ministro, este concurso, com regras novas e que levou à recolocação de muitos professores, "só podia ser feito depois de haver estimativas muito precisas sobre as turmas".

Inglês continua a ser “facultativo”
Sobre a polémica em torno da introdução das aulas de inglês no 1º ciclo do ensino básico, Nuno Crato garantiu que não há contradição nenhuma por ter acabado com a obrigatoriedade da oferta do inglês nas Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) no 1.º ciclo e agora propor que seja uma disciplina obrigatória.
"O inglês que se ensina nas AEC (Atividades de Ensino Curricular) é sempre facultativo, porque há alunos que participam e outros que não participam. Há regiões, como o Algarve, em que um quarto dos alunos não está nessas atividades.
"O enriquecimento curricular, que é positivo e importante, não se pode comparar com aquilo que se passa no currículo obrigatório. É algo sempre facultativo e que tem padrões de qualidade diversos", disse
Nuno Crato lembrou que Governo já instituiu o ensino do inglês em cinco anos de escolaridade, já instituiu uma prova final de inglês, de nível internacional, para os alunos do 9º ano de escolaridade, e que já solicitou a ajuda do Conselho Nacional de Educação para reforçar ainda mais o ensino do inglês.


Agência de Notícias 
[ + ]

Judiciária resolve caso de criança raptada no Seixal

Senhorio rapta criança porque mãe deve cinco meses de renda

A Polícia Judiciária resolveu um caso de rapto de uma criança de 13 anos. O crime foi cometido no Seixal por um homem que alega ser senhorio da família da criança. O atraso de cinco meses no pagamento da renda, num valor global de três mil euros, esteve na origem deste crime que chocou o concelho do Seixal. A criança passou trinta horas trancado no WC de um apartamento, em Oeiras.

Polícia Judiciária prende senhorio que raptou criança no Seixal 

Raptado a poucos metros de casa, no Seixal, a criança de 13 anos, viveu mais de 30 horas de terror. O menino, a quem o agressor torceu um braço para o enfiar dentro do seu carro, foi depois mantido em cativeiro, de sábado até segunda-feira, trancado na casa de banho de um apartamento em Carnaxide, Oeiras. 
O raptor [primo da mãe e dono da moradia onde a família vive] acabou por libertá-lo na segunda-feira e horas mais tarde foi preso pela Unidade Nacional de Contraterrorismo da PJ. Já está em prisão preventiva.
Na origem do conflito está a falta de pagamento, por parte da família do menino, de três mil euros referentes a cinco meses de rendas de casa ao raptor, João Batista, de 41 anos. A mãe do menino alega que ficou desempregada e a moradia onde vivem tem duas penhoras.

Ameaças duram à muito tempo
"Pagas ou nunca mais vais ver o teu filho", foi a ameaça dita ao telefone por João Batista, empresário da construção civil falido, aos pais do menino e que os levou a alertarem a judiciária.

"Foi horrível para os pais, o menino foi raptado quando ia fazer um recado à mãe. O João Batista disse que foi para assustar. As ameaças duram há muito, ele quer tirar-nos de casa para poder enganar outras pessoas. No dia antes do rapto bateu no meu marido", diz a vizinha do lado, cuja moradia também é de João Batista e que está na mesma situação: arrendou a casa ao empresário e só depois percebeu que a mesma tem quatro penhoras. A mulher também não paga a renda desde que descobriu e teme ser a próxima vítima.
O suspeito já foi ouvido por um juiz, que lhe decretou a prisão preventiva.


Agência de Notícias 
[ + ]

Tribunal obriga Estado a pagar um milhão à CM Almada

Estado nunca cumpriu aquilo que assinou com município


A Câmara de Almada recebeu 1,371 milhões de euros, provenientes da execução de uma sentença contra o Estado Português. Tudo porque o Governo não respeitou um contrato-programa, assinado com o Município em 1999, para a sua comparticipação na construção do Teatro Municipal de Almada (atualmente Teatro Municipal Joaquim Benite).


Estado obrigado a pagar mais de um milhão de euros à CM Almada

Este é um processo que chega agora ao fim, catorze anos depois de assinado o contrato e nove anos depois da obra concluída. “Um período em que o Estado nunca reconheceu as suas responsabilidades, mesmo após as sucessivas decisões judiciais, favoráveis à autarquia”, diz fonte da autarquia almadense ao ADN.
Em causa está o cumprimento do contrato-programa, assinado em Julho de 1999, entre o Município de Almada e o Ministério da Cultura, em que este último assumiu uma comparticipação financeira de um milhão de euros para a construção do Teatro Municipal de Almada (hoje Teatro Municipal Joaquim Benite), num investimento total de 12,5 milhões de euros.
A obra do teatro foi terminada em 2004. A partir dessa data, e até 2008, a Câmara de Almada procurou, através do diálogo, que fosse feito pagamento da verba. “Foram realizadas inúmeras diligências junto do Estado, atravessando Governos do PS e PSD e tendo o assunto sido exposto a vários ministros da Cultura e secretários de Estado da Cultura”, diz a mesma fonte.

Estado paga à terceira...
Perante a ausência de resposta do Governo, a Câmara de Almada interpôs, em 2008, uma ação judicial para o pagamento do valor em dívida.
A sentença foi proferida em maio de 2012, tendo sido favorável ao Município.
No entanto, o Estado recorreu da sentença. Em Maio deste ano (2013) a sentença do Tribunal voltou a ser favorável à autarquia.
Apesar disso, o Estado não cumpriu voluntariamente a decisão, forçando a Câmara Municipal a interpor uma ação de execução da sentença contra o Estado Português.
A sentença do processo de execução foi proferida a 16 de Setembro e a 24 de Setembro, foi depositada na conta da Câmara Municipal de Almada a verba de 1 milhão e 371 mil euros, com juros que remontam a 2004.

Agência de Notícias


[ + ]

Cinemas no RioSul Shopping reabrem hoje

Grupo brasileiro faz voltar o cinema ao concelho do Seixal

 

As sete salas de cinema do RioSul Shopping, no Seixal, reabrem hoje, 26 de Setembro, com a marca CINEPLACE. Além do RioSul Shopping, a marca CINEPLACE estará presente também em mais 9 centros comerciais da Sonae Sierra, marcando assim a entrada em Portugal de um novo operador de cinema, o Grupo Orient.

Salas de cinema do Rio Sul Shopping voltam a  reabrir 
A Sonae Sierra e o Grupo Orient anunciaram o acordo para a exploração das salas de cinema de dez centros comerciais no passado dia 6 de Agosto. A abertura dos complexos nos dez centros comerciais irá ser faseada na medida em que os diferentes processos necessários para a abertura estejam concluídos, sendo objetivo das duas empresas ter todas as salas a operar até ao final de 2013.
Além do RioSul Shopping, no Seixal, o Grupo Orient vai reabrir as salas de cinema do Centro Comercial Continente de Portimão, Estação Viana, Serra Shopping e 8ª Avenida. Recorde-se que as salas de cinemas do AlgarveShopping, LeiriaShopping e LoureShopping reabriram no passado dia 22 de agosto. As do Parque Atlântico reabriram no dia 5 de Setembro e no MadeiraShopping no dia 12 de Setembro.

Empresa contrata 15 pessoas
O Grupo Orient prevê contratar 15 colaboradores para os cinemas do RioSul Shopping. Está previsto o mesmo número de sessões que anteriormente, sendo que a primeira arranca às 13h20. Haverá sessão da meia-noite à 6ª feira, sábado e vésperas de feriado.
Para Luís Pinto Soares, Diretor do RioSul Shopping “é com grande satisfação que anunciamos a reabertura das salas de cinema, proporcionando uma oferta comercial e de lazer diversificada no RioSul Shopping, além de constituir uma importante mais valia para a região do Seixal”.

Empresa líder do nordeste brasileiro
Empresa contratou 15 funcionários para as salas agora  reabertas  
O Grupo Orient é um importante operador com presença no mercado Brasileiro há mais de 20 anos e no mercado Angolano há 6 anos, sendo uma referência em qualidade, tecnologia e sinónimo de programação inteligente e bem elaborada. O Grupo é líder no mercado de exibição de filmes no nordeste do Brasil, e está entre as 20 maiores empresas do ramo no Brasil com uma presença constante no Box office das 5 maiores bilheteiras. 
Em 2012 a empresa teve uma faturação global de cerca de €30 milhões, e mais de 4,5 milhões de espetadores nas suas salas. O Grupo Orient inclui as empresas UCI ORIENTE, ORIENTE CINEMAS e CINEPLACE tendo iniciado em 2007 um processo de internacionalização em África, tendo já uma interessante posição em Angola, e aposta agora na entrada em Portugal através dos centros comerciais da Sonae Sierra.

Agência de Notícias


[ + ]

Alunos requalificam Alameda das Palmeiras em Setúbal

Formandos do Centro de Formação Profissional de Setúbal requalificam bairro

 

As condições de habitabilidade da Alameda das Palmeiras saem melhoradas com um conjunto de ações de requalificação e beneficiação, iniciados esta semana, nas áreas comuns de edifícios daquele bairro da zona da Bela Vista, em Setúbal.

Formandos do Centro de Formação requalificam bairro em Setúbal 

Os trabalhos, executados no âmbito de uma colaboração entre a Câmara de Setúbal e o Centro de Formação Profissional de Setúbal, começaram no edifício número 1 da Alameda das Palmeiras com a construção de um novo corrimão na totalidade da zona de escadas e a colocação de um novo portão com gradeamento.
Esta operação, dinamizada por cerca de dez alunos do curso de Serralharia Civil e Carpintaria, com idades compreendidas entre os 20 e os 50 anos, permite aos formandos aplicar num contexto real de trabalho os conhecimentos técnicos adquiridos no período de formação.
A ação, sem qualquer custo para a Autarquia ou para os moradores do Bairro da Alameda das Palmeiras, inclui a realização de um trabalho preparatório no terreno, com a observação do tipo de materiais existentes, a execução de medições e a conceção de peças em oficina.
Posteriormente, outras equipas de alunos realizam ações semelhantes noutros edifícios do bairro, incluindo a pintura dos novos materiais que hoje começaram a ser instalados, assim como a colocação de novas portas nos espaços destinados aos contadores de água e luz.

Proposta surgiu do Centro de Formação
A oportunidade de intervencionar alguns dos edifícios daquele bairro surgiu no seguimento de uma proposta apresentada pelo Centro de Formação Profissional de Setúbal, a qual alia a praticabilidade de um curso de formação à melhoria da qualidade de vida dos moradores.
Em paralelo, no âmbito no programa municipal “Nosso Bairro, Nossa Cidade”, decorre uma operação de pintura do bloco que engloba os edifícios números 1 e 7 da Alameda das Palmeiras, ação dinamizada por moradores com o apoio logístico e técnico da Câmara Municipal de Setúbal.
O “Nosso Bairro, Nossa Cidade”, que promove um conjunto de atividades culturais e ações de melhoria das condições de vida dos moradores, incide numa área que engloba o território da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Forte da Bela Vista, Manteigadas e Quinta de Santo António.
O programa municipal, no terreno há cerca de dois anos, assenta na premissa de que todas as ações devem ser protagonizadas pelas próprias pessoas, promovendo a autonomia, a responsabilidade e o crescimento coletivo.


Agência de Notícias 
[ + ]

Alvalade Medieval atraiu milhares de pessoas

Vila mergulhou na sua própria história

 

Entre 20 e 23 de Setembro, Alvalade, em Santiago do Cacém, distinguiu-se pela animação, com arraiais e arruadas pelas ruas do burgo, numa recriação histórica da entrega do Foral Manuelino a Alvalade.

Milhares de pessoas visitaram Feira Medieval de Alvalade  

O evento Alvalade Medieval constitui uma das maiores iniciativas do género realizadas no Alentejo Litoral, trazendo, ano apos ano, milhares de visitantes à Vila, que num clima amistoso vivem momentos de convívio únicos. Esta iniciativa é organizada pelas várias instituições da freguesia e pela população em geral, que se une em jornadas de trabalho para dias antes do evento tudo estar de acordo com a época quinhentista.
Os três dias de festa incluíram, entre outras iniciativas, o cortejo régio, arraias e torneios a cavalo. Este ano, o evento deu especial atenção à comunidade judaica: durante os festejos, houve orações e observaram-se os rituais alimentares koshers.
O rabi menor julgou um diferendo entre dois judeus por causa de um contencioso de terras. Aplicada a justiça, segundo a lei mosaica, pelo rabi, os judeus cantaram e dançaram, segundo as tradições sefarditas da península hispânica. Os visitantes assistiram também à encenação de um casamento judaico.
A Igreja da Misericórdia recebeu uma exposição dos alunos do Agrupamento de Escolas de Alvalade Arménio Lança sobre a época retratada e também está patente ao público, durante o ano, a exposição renovada sobre o Posto de Culturas Regadas D. Manuel de Castello Branco – Aprender primeiro, para ensinar depois.


Agência de Notícias 
[ + ]

Almada distingue Jovens Talentos

Jovens talentos reconhecidos pelo município de Almada

Os vencedores da 5.ª edição do “Concurso Jovens Talentos 2013 – Almada Cidade Educadora”, são conhecidos esta quinta-feira, 26 de Setembro, a partir das 21h30 horas, no Auditório Fernando Lopes-Graça do Fórum Municipal Romeu Correia. A entrada é livre.

Município de Almada distingue esta noite jovens talentos  

A cerimónia inicia-se com a abertura da exposição dos jovens premiados, no átrio do Fórum Municipal Romeu Correia, e com uma apresentação do “Mysterious Dancers”, grupo de StreetDance, composto por 24 elementos, do Clube de Instrução e Recreio do Laranjeiro (CIRL), coordenado pelo coreógrafo André Paulo.
Em 2013, foram recebidas 32 candidaturas, que correspondem a 27 jovens, para as 6 categorias a concurso.
Dirigido a jovens com idades entre os 12 e os 35 anos, estudantes, residentes ou que desenvolvem atividade relevante no concelho de Almada, o “Concurso Jovens Talentos” tem como objetivo premiar os jovens do concelho que se distinguem nas mais diversas áreas pelo seu envolvimento na comunidade.

Os prémios
“Almada, Cidade Educadora”, “Almada, terra do conhecimento”, “Almada, terra das artes e da criatividade”, “Almada, terra do empreendedorismo”, “Almada, terra do bem-estar e do desporto” e “Almada, terra solidária e das oportunidades”, são as seis categorias onde serão distinguidos os jovens talentos almadenses.
Serão atribuídos prémios no valor de 1000 euros para o Prémio Almada Cidade Educadora e de 500 euros para as restantes categorias.
Estes prémios pretendem contribuir para que os jovens possam continuar a investir na sua formação pessoal e tenham um estímulo para gerar mais e melhores ideias.


Agência de Notícias 
[ + ]

A chuva vem aí e vai cair até ao fim do mês

Setúbal em aviso por causa de chuva forte


O Verão terminou oficialmente na segunda-feira e a partir de amanhã o Outono começa a marcar presença, garantem os “senhores do tempo”. Em Setúbal, na sexta-feira, há previsão de chuva intensa e cheias rápidas.

O mau tempo regressa amanhã a Portugal e trás muita chuva 

O Outono teve início na segunda-feira e vai começar a dar os primeiros sinais já a partir de amanhã. Até quinta-feira, a precipitação vai ser fraca mas no fim-de-semana vai ganhar intensidade, principalmente nas regiões Norte e Centro, alerta o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
O IPMA explica que “devido a uma depressão centrada a Norte” dos Açores, em “deslocamento na direcção do Golfo da Biscaia”, e às previsões meteorológicas associadas a esta depressão, as nuvens vão intensificar-se e a chuva vai estar presente até ao dia 30.
Entre esta quarta-feira e a próxima segunda-feira, está prevista a ocorrência de chuva em geral fraca até quinta, sendo forte nos dias 27 e 28 (sexta-feira e sábado), em especial nas regiões Norte, Centro e em Setúbal. Na entrada para o fim-de-semana, o IPMA alerta para a “possibilidade de ocorrência de trovoada” e de vento “temporariamente forte no litoral e forte a muito forte, com rajadas da ordem dos 80 km/h, nas terras altas”. 

Possibilidade de inundações em Setúbal
O Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal aconselha a adoção de medidas de prevenção para fazer face à previsão de chuva intensa na sexta-feira e até cerca das oito da manhã de sábado.
Como sucede nestes quadros meteorológicos, é recomendável a verificação de algerozes, telhados e chaminés, a colocação de um anteparo de madeira ou metal para a porta da rua e a limpeza de ralos e sumidouros.
É ainda aconselhável que as viaturas não sejam estacionadas na via pública e garagens dos locais onde habitualmente ocorrem inundações.

Temperaturas também descem
As temperaturas máximas também vão diminuir nos próximos dias. Na região de Lisboa vão descer progressivamente até aos 21º graus Celsius esperados para sábado, subindo ligeiramente até aos 23º a partir de segunda-feira, o máximo que os termómetros vão alcançar até ao final de Setembro.
No Porto, as temperaturas máximas vão cair até ao 19º graus, valor que se começa a registar no sábado. As temperaturas vão oscilar depois entre os 20º e os 22º, o máximo esperado já no início de Outubro.
No Sul do país, e até dia 30, as temperaturas máximas vão manter-se nos 23º até segunda, prevendo-se oscilações até aos 26º nos primeiros dias do próximo mês.


Agência de Notícias 
[ + ]

Clube da Arrábida lança alerta sobre a Serra

Leilão de fotografias para pagar estudo de impacto ambiental

O Clube da Arrábida (CA) realiza no próximo Sábado dia 28 de Setembro em Azeitão um jantar/leilão de beneficência ambiental cuja receita reverte integralmente a favor de um estudo de impacto sobre o enorme desassoreamento que afecta o Portinho da Arrábida. O leilão dirigido por Miguel Cabral Moncada, levará à praça as fotografias da exposição “Portinho da Arrábida, 100 anos de memórias”.

Clube da Arrábida preocupado com o futuro do Portinho da Arrábida

A exposição de fotografia que esteve patente ao público no Museu Oceanográfico do Portinho da Arrábida, atraiu o número record de 3500 visitantes entre a inauguração a 6 de Julho e o seu fecho a 31 de Agosto. Através de 226 fotografias oriundas de colecções privadas de sócios e amigos do CA a exposição retratou a dramática erosão costeira que atingiu o Portinho da Arrábida nos últimos 100 anos e transformou os seus intermináveis areais num mar de calhaus.
Este leilão é um passo imprescindível para o CA mostrar o seu verdadeiro empenho na defesa ambiental da Arrábida e um seguimento lógico às diversas acções de alerta que tem organizado sobre o desassoreamento do Portinho da Arrábida. Em Agosto de 2010 o CA juntou no Portinho da Arrábida cerca de 400 pessoas que protestaram contra o abandono generalizado de toda a zona e a falta de planeamento para travar o enorme processo de desassoreamento em curso.
Em Agosto do ano seguinte, o CA voltou a organizar novo protesto com todos os seus sócios posando para uma fotografia em cima do mar de calhaus em que o Portinho se transformou, envergando um cartaz com o slogan “Quem nos roubou a areia?”. Indo além dos protestos e passando a acções concretas para resolver o problema do desassoreamento, em Novembro de 2011 o CA em parceria com o Parque Natural da Arrábida e apoio da Câmara Municipal de Setúbal organizou um colóquio que juntou os melhores investigadores Portugueses na área de erosão costeira e que viria a resultar na publicação em Março deste ano do livro “Desassoreamento da Arrábida causas e soluções”.

Falta de investimento no Portinho da Arrábida
Lastimavelmente nenhuma das entidades que elaboraram a candidatura da Arrábida a património da humanidade da Unesco teve em linha de conta a recuperação do Portinho da Arrábida. O CA irá entregar a receita deste leilão a um grupo de investigadores do LNEG e do ISPA, após apresentarem o projecto de estudo que está a ser elaborado. Além de mais um passo para voltar a ter de novo areia no Portinho da Arrábida, este é também um alerta sério de que a sociedade civil está pronta a assumir um papel activo perante a inércia das autoridades face a um fenómeno que ameaça fazer desaparecer para sempre o Portinho da Arrábida.


Agência de Notícias 
[ + ]

Escola Técnica Profissional da Moita “praxa” caloiros

Moita recebe novos alunos para cursos profissionais

O grito de eleição – “…ETPM…alé…alé!” – foi pronunciado vezes sem conta nas tradicionais praxes que decorreram até final da semana passada, no campus da Escola Técnica Profissional da Moita, e que todos os anos se realizam como forma de integração dos novos alunos nesta instituição escolar. Este ano letivo, as Praxes de 2013-2014 tiveram a participação de cerca de 400 alunos.

Escola Profissional da Moita dá "praxe" a novos alunos 
Os novos alunos da Escola Técnica Profissional da Moita fizeram parte de um conjunto de atividades, organizadas pelos “veteranos”, que teve início no campus escolar e culminou com um desfile até ao centro da vila da Moita. Todos se divertiram com as pinturas de rosto e cânticos variados, dando largas à imaginação nas brincadeiras onde os novos alunos foram os protagonistas.
A caminho do centro da vila, foi notória uma manifestação de verdadeira integração dos “caloiros”, junto dos colegas mais velhos, numa espécie de cortejo que envolveu professores e alunos.
Estas iniciativas que assinalam a chegada dos “caloiros” à Escola Técnica Profissional da Moita são incentivadas pela escola, sempre valorizando os princípios da liberdade e da dignidade humana. Além de promover a integração dos alunos na escola, as praxes têm como objetivo incentivar o espírito de camaradagem entre os alunos e, também, junto dos professores.
A Escola Técnica Profissional da Moita acolheu, desta forma, os novos alunos do 10.º ano dos cursos técnicos de Produção Agrária, Organização de Eventos, Restauração|vertente Restaurante Bar, Energias Renováveis e de Restauração| vertente Cozinha Pastelaria.


Agência de Notícias 
[ + ]

Seixal comemora 30 anos da Seixalíada

Programa desportivo diversificado para toda a semana

A 30ª edição da Seixalíada oferece esta semana um vasto programa desportivo que contempla torneios, convívios, aulas abertas e demonstrações, a decorrer em vários locais do concelho do Seixal. A exposição comemorativa onde se destacam, em períodos temporais, os acontecimentos mais importantes desta iniciativa, pode ser visitada até 30 de Setembro, no RioSul Shopping.

Centenas de jovens entram em competição na 30ª Seixalíada 

A iniciativa, a decorrer até ao dia 19 de Outubro, este ano sob o lema “União e Paixão”, apresenta um calendário com cerca de 70 modalidades, que vão realizar-se em coletividades, escolas e pavilhões escolares, equipamentos e espaços públicos de todas as freguesias do concelho do Seixal. Existem modalidades individuais e coletivas, desportos radicais e náuticos, artes marciais, jogos tradicionais e de mesa.
Podem participar nas atividades praticantes populares ou federados, consoante as regras oficiais de cada modalidade, quer em representação de clube ou equipas, quer em representações individuais e/ou grupos informais.
“O objetivo essencial é promover o acesso ao Desporto para Todos, permitindo a prática de atividade física ao máximo número de pessoas”, disse fonte da Câmara do Seixal ao ADN.
As inscrições são gratuitas e feitas em impresso próprio, à disposição nas coletividades que organizam as respetivas modalidades, nas juntas de freguesia, na Divisão de Atividades Desportivas, nas Piscinas Municipais de Amora e Corroios, no Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento, no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho e no site do evento.

A origem...
A Seixalíada, que teve a sua 1.ª edição no ano 1982, tem como objetivo movimentar o maior número possível de atletas federados e não federados de todos os escalões etários, sensibilizar a generalidade da população para os benefícios da prática regular do desporto, valorizar os ideais da ética desportiva e reforçar a integração social de todos os munícipes.
A iniciativa é organizada pela Câmara do Seixal, movimento associativo, e conta com o envolvimento das escolas e autarquias do concelho.

30 anos em exposição
Para assinalar as 30 edições da Seixalíada foi criada uma exposição onde se destacam, em períodos temporais, os acontecimentos mais importantes desta iniciativa.
São 33 painéis que retratam a história deste grande evento desportivo, marco indiscutível da integração desportiva e da democratização do desporto popular. São imagens que mostram os rostos que fizeram esta iniciativa, onde os visitantes poderão recordar alguns dos principais momentos da Seixalíada.
A mostra que esteve presente nas festas populares do concelho e na Festa do Avante,  vai estar patente  até 30 de Setembro, no RioSul Shopping, e no E’Leclerc, de 1 a 7 de Outubro.


Agência de Notícias 
[ + ]

Jornadas Europeias do património no Barreiro

Visitantes conheceram património local


Uma viagem pelo rio Coina, visitas ao Museu dos Fuzileiros e ao Centro de Interpretação do Campo Arqueológico da Mata da Machada (CICAMM) atraíram a participação de dezenas de pessoas de todas as idades. Estas iniciativas decorreram no âmbito das Jornadas Europeias do Património, de 20 a 22 de Setembro, no Barreiro.

Cerca de 40 pessoas viajaram no "Pestarola" pelo rio Coina 

Cerca de 40 pessoas participaram, no passado sábado à tarde, numa viagem pelo rio Coina, até à Escola de Fuzileiros Navais, a bordo do varino Pestarola e de embarcação LARC, da Unidade de Meios de Desembarque (UMD) da Escola de Fuzileiros.
Seguiu-se uma visita guiada ao Museu dos Fuzileiros. De referir que, para o passeio pelo rio, os participantes foram divididos em dois grupos para, desta forma, terem a oportunidade de experimentarem as duas embarcações.
No passado domingo, cerca de 15 pessoas visitaram o Centro de Interpretação do Campo Arqueológico da Mata da Machada.
Os participantes, de acordo com fonte da autarquia do Barreiro, “encontraram neste Centro junto ao forno cerâmico dos séculos XV-XVI – uma exposição que os ajuda a compreender o que foi este complexo oleiro”. Nela são abordadas temáticas que se entrecruzam, como o funcionamento da olaria, o território em que se insere, bem como as características económicas e socias do seu tempo.
A próxima vista está já marcada para o dia 27 de Outubro, domingo.

Marcações e informações
Para mais informações deverá dirigir-se ao Posto de Turismo localizado no Mercado Municipal 1º de Maio, no Barreiro.
Telefone: 21 099 08 37 (de terça a sábado das 9h30 às 13 horas e das 14h30 às 18 horas).
De salientar que as Jornadas Europeias do Património promovidas, anualmente, pelo Conselho da Europa e pela União Europeia, envolvem cerca de 50 países, incluindo Portugal, tendo como objetivo a sensibilização dos cidadãos para a importância da proteção do Património. Em cada país é promovido, anualmente, um programa de atividades a nível nacional, de acesso gratuito na sua grande maioria.


Agência de Notícias 
[ + ]

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010