Dá um Gosto ao ADN

CP confirma paragens "experimentais" já a partir de amanhã

Alfa Pendular com paragens em Grândola e Ermidas do Sado.

Os comboios intercidades deixaram de passar na capital do Distrito; Setúbal, e em Alcácer do Sal. Porém, a CP definiu que há novas paragens para o Alfa Pendular que faz viagem entre Faro/Lisboa/Coimbra/Porto. As novas paragens são em Ermidas do Sado e Alvalade (Grândola)  já a partir de amanhã.

Alfa com paragens em Grândola e Ermidas do Sado 


As novas paragens do Alfa Pendular, em Grândola e Ermidas do Sado, no concelho de Santiago do Cacém, são mais valias para a população mas não substituem o antigo percurso regional entre Setúbal e Tunes. O serviço, que terá início amanhã, 1 de fevereiro é, de acordo com a presidente da Junta de Freguesia de Grândola, “muito positivo e vai servir a população mas o facto de não parar em Setúbal “prejudica em muito os habitantes da região”, argumentou Fátima Luzia.
“As pessoas queixavam-se dos horários do Intercidades” afirma a autarca de Ermidas do Sado, que demonstra receio por este serviço, “experimental por três meses, poder terminar por o número de utilizadores não ser suficiente para a CP”. Fátima Luzia diz ser “preciso um pensamento positivo e esperar que este serviço não termine pois a população já foi extremamente prejudicada com o corte da linha regional” dando como exemplo “as consultas no Hospital em Setúbal, para onde as pessoas já têm muita dificuldade em se deslocar”.


Experiência terá um mês

A introdução das novas paragens no Alfa Pendular, que faz o trajecto Faro-Porto, com saída da cidade algarvia às sete da manhã, foi a forma encontrada pela CP para colmatar as carências horárias, “que tinham sido reclamadas pelas autarquias após a aplicação do novo modelo de exploração da linha Sul” disse fonte da CP, "pois o serviço Intercidades que faz paragem agora nas estações de Ermidas do Sado e Grândola só chegava a Lisboa as treze horas". “Este será um serviço experimental, que permitirá estudar a efetiva procura nas localidades abrangidas” diz a CP. 
A mesma fonte sublinhou que a alteração estará em vigor durante um período experimental de um mês, durante o qual a empresa vai "monitorizar a procura deste comboio nas estações abrangidas e avaliar se a manutenção das referidas paragens se justifica".

Preço dos bilhetes não é acessível  

Rui Santos, presidente da junta de Alvalade, acha que "apesar de ser um serviço bem vindo, que ainda não existia na região", a única vantagem “é mesmo o horário, porque o tempo de viagem acaba por ser semelhante e o bilhete mais caro”. O autarca, que entregou ao ministério dos transportes, conjuntamente com outros presidentes da junta da região, um plano alternativo que consiste na utilização dos comboios intercidades e regional na mesma linha, considera mesmo “que este serviço não traz grandes benefícios porque não colmata as verdadeiras necessidades da região que passam pelo serviço regional da CP”.
Nem a Câmara de Grândola nem de Santiago do Cacém se prenunciaram ainda sobre a decisão da CP. O Alfa parará ainda em Santa Clara Sabóia e Funcheira, no distrito de Beja. No distrito de Setúbal, o Alfa Pendular ainda pára na estação de Pinhal Novo.


Agência de Notícias 
[ + ]

Câmara de Sesimbra promove emprego

Feira de emprego em Sesimbra até amanhã

O Salão dos Bombeiros Voluntários de Sesimbra recebe até 1 de fevereiro, entre as 10 e as 19 horas, a III edição do Espaço Emprego e Formação. 
Sesimbra quer promover emprego no concelho 



O evento, que reúne entidades públicas e privadas que dão a conhecer o seu trabalho ao nível da integração profissional, mediação em oferta formativa, empreendedorismo e criação do próprio emprego, atrai dezenas de munícipes.
Durante os dois dias [a feira começou hoje] vão decorrer também workshops temáticos dinamizados pelas entidades presentes.
O Espaço Emprego e Formação é dirigido à população em geral, mas em especial aos grupos mais vulneráveis, como os imigrantes, desempregados e jovens à procura do primeiro emprego.
Promover as ofertas de emprego e formação profissional existentes no concelho e minimizar o distanciamento entre entidades patronais e desempregados são os principais objetivos do Espaço Emprego e Formação.


Workshops:
• 10 horas - Conquiste o seu emprego (Talenter - Empresa de recrutamento)

• 10.30 horas - Relações Laborais: Direitos e Deveres (Câmara Municipal, Autoridade para as Condições do Trabalho, Segurança Social e Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego)

• 14 horas - Como criar o seu emprego (Apresentação do Gabinete de Apoio ao Empresário de Sesimbra)

• 14.40 horas - Emprego na Europa - Sessão de esclarecimento (Rede Eures – Centro de Setúbal)

• 15.30 horas - Centro de Emprego do Seixal - Sessão de esclarecimento 

Agência de Notícias 
[ + ]

Desespero total...

Reticências da Sociedade by Ana Sofia Horta
Desespero total...

Licenciada para nada, experiência em atendimento ao público, experiência com crianças: apoio pedagógico, educadora, animação de festas – pinturas faciais, monitora, modelagem de balões. Restauradora de móveis, lojas de roupa, supermercados, doméstica e tanto mais.



Com uma depressão mais ou menos controlada devido a outras situações, bato com a cabeça em todo o lado para tentar arranjar alguma independência financeira, as lojas estão a fechar e Cascais apoia tanto a abertura de negócios que não apoia o projecto dos dedos amigos – materiais em bom estado em segunda mão para todo o publico, trabalhos novos etc.
A única coisa que não sou capaz é de passar um dia fechado num centro comercial com ar artificial.
Faço humor, apresento, sou fotogénica, sei que tenho várias aptidões e nenhuma está a ser aproveitada, resultado enxaquecas, noites mal dormidas, porque tenho 25 e continuo a depender da minha mãe financeiramente e por este andar assim continuarei, mas existe um pequeno problema. As pessoas empregadas queixam-se das horas, do ordenado, mas existe muito mais gente a ver isso a passar ao lado completamente. É que nem para doméstica...
Eu já não sei o que fazer, e acredito que muitos de vocês também não...




Ana Sofia Silva Horta
Educadora de Infância no Desemprego
Oeiras 

[Escreve todas as terças-feiras na rubrica Reticências da Sociedade]





Outros artigos da autora

 

Dona Vitória 

[ + ]

Opções Participadas do Concelho do Barreiro esteve na Freguesia de Coina

Executivo foi a Coina discutir com a população

A sessão de Opções Participadas com a população da Freguesia de Coina realizou-se na noite de sexta-feira, 27 de janeiro, nas instalações do Grupo Desportivo Estrelas Areenses. Na sessão, moderada pelo Presidente da Junta de Coina, Juvenal Silvestre, marcaram presença o Presidente da Câmara do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho, a Vice-Presidente, responsável pelas Obras Municipais, Águas e Resíduos, e Jardins e Espaços Verdes, Sofia Martins, e os vereadores Regina Janeiro, Rui Lopo e Carlos Moreira.

Moradores ouviram propostas do executivo para a sua freguesia 


Acessibilidades, transportes públicos, segurança e otimização de recursos foram assuntos abordados neste encontro que mobilizou cerca de quatro dezenas de pessoas.
Coina está nesta altura a beneficiar de uma intervenção de vulto em matéria de acessibilidades. Em várias zonas da Freguesia são visíveis os trabalhos da CRIPS – Circular Regional Interna da Península de Setúbal (prolongamento do atual IC – Itinerário Complementar 32), que ligará Coina à Trafaria. Associadas a estes, estão, ainda, previstas as construções de um pontão – que funcionará como um desvio que ligará a Nacional 10-3 à Nacional 10, afastando o tráfego do interior da Freguesia, a renovação do Caminho Municipal 1028 (variante à M 510-1) e a construção de três rotundas.
A circulação naquela Freguesia está, nesta altura, por isso mesmo, condicionada – em alguns pontos interrompida. “Temos que fazer um bocadinho sacrifício”, afirmou o Presidente da Câmara, assegurando que o resultado valerá a pena.

Quinta da Areia mantêm carreira apesar do prejuízo

Às várias questões colocadas sobre os transportes, o Vereador Rui Lopo foi perentório: “Não passa pela cabeça de ninguém tirar uma carreira aqui da Quinta da Areia”. A carreira, admitiu, tem um prejuízo diário de 800 euros mas a ligação, terminada a obra, não está em causa, tendo em conta que a prioridade é “servir as pessoas da melhor maneira”.
Ao nível da otimização da gestão, o Vereador esclareceu, ainda, que os seis cêntimos que o gasóleo já aumentou desde o início do ano, significam no final de 2012 um aumento de despesa de 300 mil euros.
Os trabalhos no âmbito da CRIPS obrigaram a alterações temporárias do serviço dos Transportes Coletivos do Barreiro (TCB) na zona. A par destas alterações do trajeto foram colocadas algumas questões no âmbito da segurança de alguns caminhos mais ermos. Da reunião saiu o compromisso de se repensar e reanalisar o percurso alternativo traçado, de modo a poder levar os utentes a pontos mais próximos das suas residências.
O Presidente da Junta explicou alguns pormenores sobre a intervenção na Freguesia e clarificou algumas questões sobre o percurso do autocarro que serve a Quinta da Areia, apelando à compreensão e colaboração. Juvenal Silvestre informou ainda os presentes que a Junta acompanhará o processo de avaliação do trajeto alternativo.

A importância crescente de Coina
Transporte para a Quinta da Areia foi uma das maiores preocupações


O Presidente da Câmara do Barreiro salientou a “importância crescente” de Coina. Sublinhando a sua centralidade na Península de Setúbal, lembrou o interface de meios de transporte ali existente e as acessibilidades.
“Todos nós sentimos o momento que o País está a viver”, disse, no início da sessão Carlos Humberto de Carvalho. O Presidente lembrou os “cortes”, os “aumentos” “em quase tudo” e falou das “dificuldades muitíssimo grandes”.
“A nossa capacidade de resposta é menor do que aquilo que já foi há uns anos atrás”, afirmou, contrapondo: “Diria que há uns meses atrás”.
Com a “consciência que há coisas que vamos deixar de fazer”, Carlos Humberto de Carvalho avançou que o esforço de otimização de serviços passará, por exemplo, pela recolha do lixo aos domingos e feriados, e na segurança.
A revisão do número de freguesias no Concelho foi também abordada na sessão. Das atuais oito está em cima da mesa a possibilidade de redução para quatro.
Os próximos encontros com a população estão agendados para: Palhais, 9 de fevereiro, no Grupo Recreativo e Desportivo de Palhais. Alto do Seixalinho, 17 de fevereiro  no Centro Sócio Cultural (Comissão de Moradores do Bairro 3).

Agência de Notícias 
[ + ]

Concelho de Palmela leva exposição de fotografia a Cajados

“Uma Imagem, Mil Memórias” chega a Cajados

 A exposição de fotografia antiga de Américo Ribeiro, “Uma Imagem, Mil Memórias”, estará patente entre 1 e 28 de fevereiro na sede do Grupo Desportivo e Recreativo “Leões de Cajados”, numa organização da Câmara Municipal de Palmela.

Exposição de fotografias antigas está um mês em Cajados


Esta mostra está a circular pelo concelho desde setembro, com o objetivo de divulgar e sensibilizar a população para o Projeto "Uma Imagem, Mil Memórias", uma campanha desenvolvida pela autarquia,  através do Arquivo Municipal, com vista à recolha de património fotográfico.
A população e o Movimento Associativo são convidados a participar neste projecto, através da partilha das suas fotografias para digitalização, tratamento e divulgação. Actividades culturais, desportivas, políticas e religiosas, cenas da vida familiar, património edificado e vida militar são as principais temáticas abrangidas, a que poderão juntar-se outras de particular interesse.
Para mais informações e entrega de fotografias, os interessados deverão utilizar os seguintes contactos: Arquivo Municipal de Palmela - Rua Heliodoro Salgado, n.º 82950-241 Palmela
Tel.: 212 336 613Fax: 212 336 614E-Mail: geral@cm-palmela.pt Arquivo Municipal de Palmela – Pólo de Pinhal Novo Rua Raul Brandão, Lote 8, R/c Esq.2955-216 Pinhal Novo Tel.: 212 384 171.

Agência de Notícias 
[ + ]

Justiça nunca é cega!... (pode é ter falta de visão)...

Criticas Soltas - by Joana Teófilo Oliveira
Justiça nunca é cega!... (pode é ter falta de visão)...
Finalmente! Depois de anos a ser posta em causa, a ver o seu nome vilipendiado em tudo o que eram meio de comunicação e a suportar os berros de Marinho Pinto, eis que a justiça portuguesa mostra que vai bem de saúde e cala todos os seus detractores. Como? Então não ouviram? Já está a ser julgado o perigoso criminoso que roubou um champô e uma embalagem de polvo e o ignóbil meliante que furtou uma embalagem de feijão-verde no valor de 0,77 euros também já está quase a bater com os costados na choldra! E o senhor Isaltino, coitadinho do senhor, pode respirar com tranquilidade porque já não vai ver o sol aos quadradinhos. O senhor teve de pagar [quase tudo o que desviou] para garantir a liberdade. Tenho pena dele! Deve ser mais um que não deve ganhar para pagar tanta despesa. Só em recursos, ui ui...


Isto é assim, de uma assentada, o país torna-se um lugar mais seguro, o que, além de ser óptimo para o turismo, também faz com que os funcionários da banca gozem mais tranquilamente os 25 dias de férias que conseguiram manter no acordo entre o governo e os sindicatos UGT, que eles bem merecem porque se têm portado como verdadeiros heróis neste combate à crise, que ninguém sabe bem de onde apareceu nem quem são os culpados, coitados.
Pois é, caros leitores, com isto nunca mais quero ouvir “a justiça não funciona”, acabou-se o “não confio na justiça portuguesa”, jamais voltarei a escutar “o pobre rouba pão e vai preso, o rico rouba um milhão e sai iles… Se calhar este podem dizer... Mas, apesar das boas notícias, nem tudo corre bem em Portugal. O nosso Presidente está à beira da falência. Parece que quando Cavaco subiu ao coqueiro não estava a levar a cabo uma actividade turística mas sim a lutar pela sobrevivência. Eu nem imagino o que é a angústia de viver com 10 mil euros por mês, aquela incerteza: “Será que este dinheiro chega para comer bolo-rei a todas as refeições? Terei posses para comprar um viagem para os filhos, amigos dos mesmos e para a Maria para irem todos passar um mês a Cabo Verde ou ao Brasil? Conseguirei ter bagalhoça para… Hei! Espera lá, cortei nas prendas aos filhos dos cem empregados e já poupei alguma coisa para oferecer um banquete à senhora Angela Merkel quando ela vier cá nos obrigar a ter que passar fome”.
Não é fácil ser Cavaco Silva. No meio disto tudo, o que mais temo é que, estando no limiar da pobreza, o nosso Presidente, o meu país já esteja todo a cair de fome! E com isso já não se brinca. E, infelizmente, há uma verdade em tudo isso.


Joana Teófilo Oliveira
Estudante de Ciências da Educação
Quinta do Anjo 


(Escreve todas as segundas-feiras na rubrica Criticas Soltas)




Outros artigos da autora

Os medíocres da nação 

Desapareçam daqui, não vêem que só atrapalham os charters de chineses
[ + ]

Centro Histórico de Palmela vai entrar em obra

Palmela aprova lançamento de concurso para duas novas empreitadas


No âmbito do Programa de Acção “Recuperação e Dinamização do Centro Histórico de Palmela” (operação co-financiada pelo QREN, através do PORLisboa, no âmbito do regulamento específico Política de Cidades - Parcerias para a Regeneração Urbana) a Câmara Municipal aprovou, na última reunião do Executivo, o lançamento de concursos públicos para a execução de duas novas empreitadas: a requalificação do Parque Venâncio Ribeiro da Costa e entrada Norte do Castelo e da Praça Duque de Palmela, Largo do Município e zona adjacente.

Mata do Castelo vai sofrer melhoramentos, afirma a autarquia 

A primeira empreitada tem como objectivo requalificar e animar um dos mais antigos e carismáticos espaços verdes do concelho e dotar o parque de melhores condições de circulação, em termos físicos e visuais, realçando os elementos patrimoniais existentes e criando condições para que possam ocorrer eventos dinamizadores da vivência daquele espaço. Os trabalhos englobam a regeneração da estrutura vegetal, recuperação de muros e pavimentos, construção de muros de sustentação de alvenaria e betão, revestimentos de madeira, re-estruturação da rede de pontos de rega, instalação de mobiliário urbano e rede de iluminação pública.
A empreitada de requalificação da Praça Duque de Palmela, Largo do Município e zona adjacente visa a remodelação da configuração urbana dos largos, com repavimentação e alteração da afectação do espaço, nomeadamente, no estacionamento automóvel, implantação de mobiliário urbano (bancos e papeleiras) e reformulação da rede de iluminação pública. Os trabalhos integram a requalificação das infra-estruturas de abastecimento de água, drenagem de águas residuais e re-pavimentação da Praça Duque de Palmela, Largo do Município, Alameda Nuno Álvares Pereira, Miradouro e Av. dos Cavaleiros da Ordem de Santiago.
Esta intervenção reveste-se de grande significado, na medida em que se trata de uma área de proeminente valor arquitectónico e patrimonial, onde se erguem o Pelourinho, datado de 1645, o edifício dos Paços do Concelho, a Igreja de S. Pedro e a Igreja da Misericórdia, numa zona de grande afluência de pessoas, devido à passagem obrigatória de acesso ao Castelo, à existência de diversos serviços de apoio ao munícipe e à localização da Igreja Matriz da vila.

Agência de Notícias 
[ + ]

Montijo recorda Maestro Jorge Peixinho

Dia da Escola Secundária Jorge Peixinho  

Na passada sexta-feira, comemorou-se mais um Dia da Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, por ocasião do aniversário do seu patrono, Jorge Peixinho, que nasceu em Montijo, a 20 de janeiro de 1940. 

Alunos da Jorge Peixinho recordam "patrono" da escola 


A cerimónia, que teve lugar no Cinema Teatro Joaquim D’Almeida, contou com a presença de mais de 600 alunos, pais e encarregados de educação, professores, pessoal não docente e entre outros convidados contou ainda com a presença da Presidente da Câmara do Montijo, Maria Amélia Antunes.
Foram homenageados os docentes e não docentes, aposentados no ano transato, alunos do quadro de Honra de 2011 e outros que se destacaram na participação em atividades ou projetos, como o Desporto Escolar, o Parlamento dos Jovens, o Clube de Fotografia, o Eco-Escolas, o Concurso Nacional de Leitura (ensino básico) e o Concurso de Escrita (ensino secundário).
No seu discurso, José Evangelista, director da Escola Secundária Jorge Peixinho (ESJP), referiu que “os resultados da autoavaliação da escola permitem-nos concluir que progredimos, mas temos pontos a melhorar e, ainda, um longo caminho a percorrer” confessou o director acrescentando que conta “bons profissionais” e que “as novas instalações aumentam a nossa responsabilidade de fazer melhor”. Para José Evangelista o desafio está em “criar valor, fazer a diferença, gerar a confiança”.
Uma noite memorável, para mais tarde recordar, onde os alunos foram os principais atores. Malabarismo, teatro, declamação, invenção, criatividade, inovação, profissionalismo, dedicação, esforço, audácia: todos se conjuraram e a noite fluiu, brilhou, e retumbante acolheu,  cromática e diversa, todos os que estiveram presentes e puderam desfrutar destes momentos únicos.
A ESPJ fundada em 1957, como Escola Industrial e Comercial, acolheu a atual designação em 1998 pretendendo homenagear Jorge Peixinho (1940-1995) um dos mais importantes compositores portugueses do século XX.

Quem foi o maestro

Escola é uma das duas secundárias da cidade 

Jorge Manuel Rosado Marques Peixinho nasceu no Montijo, no dia 20 de janeiro de 1940. Em 1947, inicia os estudos de piano na coletividade montijense Musical Clube Alfredo Keil. O seu interesse musical, leva-o a matricular-se, em 1951, no Conservatório Nacional de Lisboa, onde concluiu, em 1956, o Curso Superior de Composição e, em 1958, o Curso Superior de Piano. Estudou ainda na Academia de Santa Cecília, em Roma, e frequentou vários cursos internacionais de Darmstadt, entre 1960 e 1970.
Em 1970, juntamente com alguns músicos portugueses, fundou o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, com o objetivo de divulgar a música portuguesa contemporânea. Participou em inúmeros festivais internacionais de música contemporânea e foi júri de vários concursos internacionais de composição.
A sua música valeu-lhe o reconhecimento nacional e internacional, tendo sido eleito membro do Conselho Presidencial da Sociedade Internacional de Música Contemporânea, foi convidado para realizar várias obras no Estúdio de Música Eletrónica de Bourges em França e colaborou regularmente nos Encontros Gulbenkian de Música Contemporânea.
Entre as muitas distinções com que Jorge Peixinho foi agraciado, contam-se o Prémio de Composição Gulbenkian, Prémios de Música Orquestral e de Música de Câmara da Sociedade Portuguesa de Autores, Prémio de Composição Musical do Conselho Português de Música e Medalha de Mérito Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, em 1988.
Na sua terra natal, recebeu a Medalha de Ouro da Cidade do Montijo, em 14 de Agosto de 1991, na sessão solene comemorativa do 6º aniversário da elevação do Montijo a cidade. 
Jorge Peixinho faleceu a 30 de Junho de 1995, vítima de uma síncope cardíaca. Em 1998, a antiga Escola Secundária nº 1 do Montijo passa a designar-se Escola Secundária Jorge Peixinho.

Paulo Jorge Oliveira 
[ + ]

1500 milhões de euros para recuperar pequenas e médias empresas

Pequenas e médias empresas com nova linha de crédito

Uma nova linha de crédito no valor de 1500 milhões de euros destinada a apoiar a atividade de empresas nacionais, possibilitando o reforço de liquidez e de capacidade de investimento, está disponível desde 16 de janeiro.

Empresas com nova linha de crédito 

A “Linha PME Crescimento”, viabilizada através de um acordo do Governo com as instituições financeiras, pretende reforçar o acesso ao crédito a micro, pequenas e médias empresas.
O novo instrumento de apoio financeiro inclui linhas de crédito específicas, com 500 milhões de euros disponíveis para empresas exportadoras e 250 milhões de euros para micro e pequenas empresas. Os restantes 750 milhões de euros destinam-se para as empresas nacionais em geral.
A “Linha PME Crescimento” permite a realização de operações destinadas a novos investimentos em ativos fixos corpóreos ou incorpóreos, a realizar no prazo de seis meses após a data da contratação, e o reforço do fundo de maneio ou dos capitais permanentes das empresas.
A linha de crédito possibilita ainda a utilização até 30 por cento do empréstimo para liquidar dívidas contraídas junto do sistema financeiro nos três meses anteriores à contratação, para regularização de dívidas em atraso à Administração Fiscal e à Segurança Social.
As empresas interessadas em beneficiar deste instrumento devem contactar diretamente as instituições bancárias.
Mais informações sobre a “Linha PME Crescimento” através do sítio da empresa: [
http://www.pmeinvestimentos.pt/finova/linha-pme-crescimento.html].

Paulo Jorge Oliveira 
[ + ]

Atletas do Concelhos de Palmela dominam Orientação

Luís Silva representa Portugal na primeira edição da COMOF Cup

Luís Silva, atleta da Escola Secundária de Pinhal Novo que representa a ADFA nas competições federadas de Orientação, foi convocado pela Comissão Técnica da Federação Portuguesa de Orientação para representar Portugal na edição de estreia da COMOF Cup, a ter lugar em Alicante, Espanha, nos dias 11 e 12 de fevereiro.

Atleta de Pinhal Novo representa seleção de Portugal


A COMOF (Confederação das Federações Mediterrânicas de Orientação) é uma organização internacional recentemente criada, que aglutina as federações nacionais dos países localizados ou sob influência do Mediterrâneo, da qual Portugal faz parte. Esta organização apresenta, entre outros objetivos, a dinamização da modalidade entre os países membros e o estabelecimento de laços desportivos e de amizade entre países que vão desde a Europa ocidental e do sul ao norte de África, passando pelos Balcãs. Escolas do Concelho dominam primeiras etapas do Circuito Regional de Orientação. 

Atletas de Palmela brilham em Orientação 

Os atletas das escolas do concelho de Palmela que se dedicam à prática regular de orientação – Escola Secundária de Pinhal Novo, Escola Secundária de Palmela, E. B. 2, 3 Hermenegildo Capelo (Palmela) e E.B. 2, 3 José Saramago (Poceirão) obtiveram excelentes resultados nas duas primeiras etapas do Circuito Regional DRELVT em Orientação, disputadas no dia 21 de janeiro, em Torres Vedras.
Na 1ª etapa, os atletas atingiram o lugar mais alto do pódio em 5 dos 11 escalões em competição, com Leonor Ribeiro (ESP) e João Rato (ESPN) a triunfarem em juvenis, Sofia Pinto (ESPN) e Ricardo Reis (ESPN) em juniores e Carlos Silva (ESPN) no escalão aberto. Na etapa da tarde, Leonor Ribeiro, Sofia Pinto, Ricardo Reis e Carlos Silva repetiram os triunfos da manhã, acompanhados por João Parreira em juvenis masculinos e Raquel Almeida (EB23JS) em infantis B femininos. Bernardo Pereira e Miguel Ferreira da ES Palmela e Filipe Augusto, Luís Silva e Fábio Silva da ESP Novo estiveram ausentes por se encontrarem a participar num estágio das selecções jovens da Federação Portuguesa de Orientação.

Terrim (Pinhal Novo) e Quinta do Anjo recebem próximas etapas 

O Circuito Regional DRELVT é uma competição do Desporto Escolar, composta por seis etapas pontuáveis para um ranking, cuja pontuação final define o escalonamento final dos atletas em competição, bem como os apurados para o Campeonato Nacional a disputar no mês de maio. Participaram cerca de 400 atletas, em representação de muitas equipas escolares da área da DRELVT, que compreende dezenas de concelhos, de Ourém a Setúbal. As próximas etapas do circuito terão lugar no dia 3 de março, no Terrim e em Quinta do Anjo, concelho de Palmela.


Paulo Jorge Oliveira 
[ + ]

Sala cheia no reconhecimento público a atletas

Noite dos campeões na Moita

Foi com o auditório do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, completamente esgotado que, no dia 28 de janeiro, a Câmara Municipal da Moita reconheceu publicamente os feitos desportivos de várias dezenas de atletas, treinadores e seus clubes, com a atribuição dos Méritos Desportivos/2011. Nesta cerimónia, a autarquia entregou também os prémios da época 2010/2011 do Torneio em Atletismo das Colectividades do Município da Moita – AtletisMoita.

Moita premiou os seus campeões no sábado 


Nesta noite dedicada ao desporto, o Município da Moita atribuiu, no total, 52 Méritos Desportivos: 29 a atletas e treinadores que, no ano 2011, conquistaram um título de campeão ou vice-campeão nacional ou que tenham participado no Campeonato da Europa ou do Mundo; 18 a atletas e treinadores que tenham arrecadado mais do que um título de campeões ou vice-campeões nacionais nestas competições nacionais e internacionais; 5 aos clubes que, com a sua equipa, obtiveram um ou mais títulos naquelas provas.
Relativamente ao AtletisMoita, foram atribuídos prémios até ao terceiro classificado, nos diferentes escalões: benjamins, infantis, iniciados, juvenis, juniores, seniores, veteranos 1, 2, 3, 4, 5 e veteranas. Quanto às equipas, os prémios alargaram-se até ao quinto lugar: Centro de Atletismo da Baixa da Banheira (primeira classificada), Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho (segunda na tabela), Grupo Desportivo da Fonte da Prata (terceira posição), Clube Amigos do Atletismo da Moita (quarta classificada) e Clube Recreativo do Penteado (quinto lugar).
A cerimónia de atribuição dos Méritos Desportivos/2011 foi enriquecida com duas apresentações da Academia de Ballet do Ginásio Atlético Clube, na Baixa da Banheira.



Lista de Campeões do Desporto do Concelho da Moita



Benjamins:


BENJAMINS FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Vanessa Antunes
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Luana Silvestre
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Lígia Furtado
Grupo Desportivo Fonte da Prata



BENJAMINS MASCULINOS

Class.
Atleta
Clube
Miguel Vieira
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Hugo Vieira
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Márcio Leitão
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira



Infantis:
             

INFANTIS FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Ana Leonor
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Rita Vieira
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Rute Costa
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira



INFANTIS MASCULINOS

Class.
Atleta
Clube
Edgar Paula
Grupo Desportivo Fonte da Prata
José Marçal
Grupo Desportivo Fonte da Prata
Miguel Simões
Clube Amigos do Atletismo da Moita




Iniciados:


INICIADOS FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Carla Costa
Clube Recreativo do Penteado



INICIADOS MASCULINOS

Class.
Atleta
Clube
Cláudio Teixeira
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
André Guedelha
Grupo Desportivo Fonte da Prata
Pedro Lampreia
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira




Juvenis:

JUVENIS FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Ana Neves
Individual



JUVENIS MASCULINOS

Class.
Atleta
Cube
Maksym Buha
Grupo Desportivo Fonte da Prata
Miguel Marques
Clube Amigos do Atletismo da Moita
André Fernandes
Clube Amigos do Atletismo da Moita



Juniores:


JUNIORES FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Sónia Marques
Clube Amigos do Atletismo da Moita



JUNIORES MASCULINOS

Class.
Atleta
Clube
Marco Tavares
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Carlos Marques
Clube Amigos do Atletismo da Moita
André Pagaime
Grupo Desportivo Águias da Moita

Seniores:


SENIORES FEMININOS

Class.
Atleta
Clube
Anabela Neves
Individual
Cristina Guerreiro
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira



SENIORES MASCULINOS

Class.
Atleta
Clube
Carlos Saias
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Hugo Leal
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Bruno Bondoso
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho



Veteranos 1, 2 e 3:
                 

VETERANOS 1

Class.
Atleta
Clube
Virgílio Gonçalves
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Jorge Perfeito
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Filipe Neves
Individual




VETERANOS 2

Class.
Atleta
Clube
Joaquim Gomes
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Mário Luís
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Vitorino Anjos
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho




VETERANOS 3

Class.
Atleta
Clube
José Afonso
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
António Carvalho
Clube Amigos do Atletismo da Moita
António Estevens
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho






Veteranos 4 e 5:



VETERANOS 4

Class.
Atleta
Clube
António Saraiva
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Gil Alves
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Gabriel Horta
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho



VETERANOS 5

Class.
Atleta
Clube
Fernando Beijinha
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
José Nunes
Clube Amigos do Atletismo da Moita
José Serpa
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira



Veteranas:



VETERANAS

Class.
Atleta
Clube
Maria Costa
Grupo Desportivo Fonte da Prata
Cristina Leonor
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Ângela Alves
Clube Amigos do Atletismo da Moita


Equipas:



CLASSIFICAÇÃO COLECTIVA

Classificação
Clube
Centro de Atletismo da Baixa da Banheira
Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho
Grupo Desportivo Fonte da Prata
Clube Amigos do Atletismo da Moita
Clube Recreativo do Penteado
João Lobo abriu a noite dos campeões na Baixa da Banheira 



Méritos Desportivos 2011

Mérito Desportivo para atletas e treinadores que tenham conquistado individualmente um (1) título de Campeão ou Vice-Campeão Nacional e/ou participado individualmente em campeonato da Europa e/ou Mundo


VERÓNICA LOPES (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Campeã Nacional de Cadetes – Luta Feminina – 70 Kg

VANESSA PEREIRA (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Campeã Nacional de Absolutos – Luta Feminina – 67 Kg

INÊS MARQUES (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Campeã Nacional de Cadetes – Luta Feminina – 52 Kg

DIOGO GLÓRIA (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Campeão Nacional de Juniores – Luta Greco-Romana – 50 Kg

FÁBIO PAIS (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Campeão Nacional de Seniores – Luta Livre Olímpica – 55 Kg

JOÃO COSTA (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra) – Vice-Campeão Nacional de Seniores – Luta Greco-Romana – 96 Kg

EDIVALDO MONTEIRO (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) – Medalha de Prata nos Campeonatos de Portugal de Atletismo – 4 x 400 mts

MARCO TAVARES (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) Medalha de Prata nos Campeonatos de Portugal de Atletismo – 4 x 400 mts)

HÉLDER LEITÃO (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) – Campeão Nacional do Torneio Marchador Jovem “Raquel Carvalho”

JOÃO SANTOS (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) – Medalha de Prata nos Campeonatos de Portugal de Atletismo – 4 x 400 mts

PAULO GOMES (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) – Vice-Campeão Nacional de Esperanças (Sub-23) – 4 x 100 mts

WILSON VIEIRA (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira) – Vice-Campeão Nacional de Esperanças (Sub-23) – 4 x 100 mts

JORGINA COSTA (Atleta do Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, com títulos em representação do Sport Lisboa e Benfica) – Vice-Campeã Ncional de Juniores (Inverno)

INÊS BOTELHO (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense) – Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011, em Birmingham

BERNARDO SANTOS (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense) – Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011, em Birmingham

ANTÓNIO DUARTE (Ginásio Atlético Clube) – Campeão Nacional Individual de Halterofilismo – categoria 62 Kg

FILIPE GOMES (Ginásio Atlético Clube) – Campeão Nacional Individual de Halterofilismo – categoria 85 Kg

PEDRO GOMES (Ginásio Atlético Clube) – Campeão Nacional Individual de Halterofilismo – categoria 77 Kg

PAULO DUARTE (Ginásio Atlético Clube) – Medalha de Prata nos Campeonatos  da Europa de Halterofilismo, em Badde Rappenau , na Alemanha (Escalão 40/44 anos)

ANTÓNIO FRADE (Ginásio Atlético Clube) – Medalha de Prata nos Campeonatos da Europa de Halterofilismo, em Badde Rappenau , na Alemanha (Escalão 45/49 anos)

SILVESTRE FONSECA (Ginásio Atlético Clube) – Medalha de Bronze nos Campeonatos da Europa de Halterofilismo, em Badde Rappenau , na Alemanha (Escalão 70/74 anos)

JOÃO NOVELO (Ginásio Atlético Clube) – 4º lugar nos Campeonatos da Europa de Halterofilismo, em Badde Rappenau , na Alemanha (Escalão 50/54 anos)

JOÃO TELES (Ginásio Atlético Clube) – Participação nos Campeonatos da Europa de Halterofilismo, em Badde Rappenau , na Alemanha

CÁTIA BATISTA (Ginásio Atlético Clube) – Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup”

DANIELA GOMES (Ginásio Atlético Clube) – Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup”

MARCO LOPES (Ginásio Atlético Clube) – Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup”

DANIELA FRANCISCO (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense) – Campeã Nacional Níveis – Trampolim

INÊS MESTRE (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense) – Vice-Campeã Nacional Níveis – Trampolim

BEATRIZ RIBEIRO (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense) – Vice-Campeã Nacional Níveis - Trampolim


Mérito Desportivo para atletas e treinadores que tenham conquistado individualmente mais de um (+ 1) título de Campeão ou Vice-Campeão Nacional e/ou participado individualmente em mais de um (+ 1) campeonato da Europa e/ou Mundo

ANDREIA ELEUTÉRIO (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra)
            - Campeã Nacional de Absolutos – Luta Feminina – 72 Kg
            - Treinadora Campeã e Vice-Campeã Nacional de Lutas Amadoras

NUNO MARQUES (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra)
            - Campeão Nacional de Cadetes – Luta Greco-Romana – 58 Kg
            - Campeão Nacional de Cadetes – Luta Livre Olímpica – 58 Kg

TELMO BAETA (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra)
            - Campeã Nacional de Juniores – Luta Greco-Romana – 66 K
- Vice-Campeão Nacional de Juniores – Luta Livre Olímpica – 66 Kg

JOAQUIM GOMES (Sociedade Recreativa da Baixa da Serra)
            - Vice-Campeão Nacional de Seniores – Luta Greco-Romana – 74 Kg
            - Vice-Campeão Nacional de Seniores – Luta Livre Olímpica – 74 Kg

DAVID LIMA (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira)
            - Campeão Nacional de Esperanças (Sub-23) – 200 mts
            - Vice-Campeão Nacional de Esperanças (Sub-23) – 4 x 100 mts

EVANDRO BRANDÃO (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira)
            - Medalha de Prata nos Campeonatos de Portugal – 4 x 400 mts
            - Vice-Campeão Nacional de Esperanças (Sub-23) – 4 x 100 mts

PEDRO CAPELA (Atleta do Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, com títulos em representação do Sport Lisboa e Benfica)
            - Campeão Nacional de Sub-23 (Inverno e Ar Livre)
            - Vice-Campeão Nacional de Absolutos (Inverno)
            - Participação na Equipa Campeã Nacional da I Divisão

ADRIANO ENCARNAÇÃO (Centro de Atletismo da Baixa da Banheira)
            - Treinador Campeão e Vice-Campeão Nacional

BEATRIZ NUNES (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense)
            - Campeã Nacional de Tumbling
            - Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011 (Birmingham)
            - 14º Lugar no Campeonato Mundial de Ginástica – Trampolins (Metz)

JOANA ANASTÁCIO (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense)
            - Vice-Campeã Nacional de Tumbling
            - Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011 (Birmingham)
            - 14º lugar no Campeonato Mundial de Ginástica – Trampolins (Metz)

RAQUEL PINTO (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense)
            - Campeã Nacional de Tumbling
            - Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011 (Birmingham)
            - 11º lugar no Campeonato Mundial de Ginástica – Trampolins (Metz)

FREDERICO RODRIGUES (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense)
            - Campeão Nacional de Tumbling
            - Participação no Campeonato Mundial de Tumbling 2011 (Birmingham)
            - 7º lugar no Campeonato Mundial de Ginástica – Trampolins (Metz)

LUÍS NUNES (Sociedade Filarmónica Estrela Moitense)
            - Treinador Campeão e Vice-Campeão Nacional
            - Treinador da Equipa Técnica Nacional de Trampolins – Tumbling
            - Treinador no Campeonato Mundial de Ginástica – Trampolins (Metz)

JOÃO CAEIRO (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense e Ginásio Atlético Clube)
- Campeão Nacional Júnior – Minitrampolim (pela SFRUA)
- Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup” (pelo GAC)

MARISA OLIVEIRA (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense e Ginásio Atlético Clube)
- Vice-Campeã Nacional Júnior – Minitrampolim (pela SFRUA)
- Vice-Campeã Nacional Júnior – Trampolim Sincronizado (pela SFRUA)
- Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup” (pelo GAC)

ANN-CATHERINE BORREGO (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense e Ginásio Atlético Clube)
- Vice-Campeã Nacional Júnior – Trampolim Sincronizado (pela SFRUA)
- Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup” (pelo GAC)

RITA REIS (Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense e Ginásio Atlético Clube)
- Treinadora Campeã e Vice-Campeã Nacional de Trampolins (pela SFRUA)
- Participação no Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup” (pelo GAC)



        Mérito Desportivo para clube e atletas que tenham conquistado um ou mais que um título de Campeão ou Vice-Campeão Nacional por equipas e/ou participado colectivamente em campeonato da Europa e/ou Mundo

Centro de Atletismo da Baixa da Banheira – Equipa Campeã Nacional de Atletismo (III Divisão):
            - Edivaldo Monteiro
            - Paulo Gomes
            - Wilson Vieira
            - Marco Tavares
            - David Lima
            - Evandro Brandão
            - Iuri Santos
            - João Santos
            - Ivan Martins
            - Ângelo Guerra
            - Peribaldo Martins
            - Ivo Mota
            - Reginaldo Cruz
            - João Fernandes
            - Renato Gomes
            - José Correia
            - Adriano Encarnação (Treinador)
- Membro da direção ou representante do CABB – Mérito Desportivo do Clube


Sociedade Filarmónica Estrela Moitense – Campeões Nacionais por Equipas - Tumbling
            - Inês Botelho
            - Joana Anastácio
            - Raquel Pinto
            - Luís Nunes (Treinador)
- Membro da direção ou representante da SFEM – Mérito Desportivo da Sociedade

Ginásio Atlético Clube – Equipa Campeã Nacional de Halterofilismo:,
Equipa Campeã Nacional de Halterofilismo
            - João Novelo
            - António Duarte
            - Paulo Duarte
            - Filipe Lopes
            - António Novelo
            - João Teles
            - Hélder Castro
            - António Frade
            - Pedro Capela
            - Silvestre Fonseca (Treinador)

Equipa Vice-Campeã do Torneio Internacional de Trampolins “Loulé Cup”(Sub 13)
            - Ana Margarida Natário
            - Ana Rita Fangueiro
- Isabel Roseiro
            - Vítor Duarte (Treinador)
- Cátia Alves (Treinadora)
- Membro da direção ou representante do GAC – Mérito Desportivo do Clube

Sociedade Recreativa da Baixa da Serra – Vice-campeã Nacional de Lutas Amadoras
            - Fábio Paias
            - Telmo Baeta
            - Paulo Ferreira
            - António Ramos
            - João Gastão
            - Nilton Lopes
            - Andreia Eleutério (Treinadora)
            - Lídio Alecrim (Treinador)
- Membro da direção ou representante da SRBS – Mérito Desportivo da Sociedade

Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense:
Equipa Campeã Nacional Júnior – Duplo Minitrampolim
            - Ann-Catherine Borrego
            - Marisa Oliveira
            - Melissa Coelho
            - Rita Reis (Treinadora)

Equipa Campeã Nacional Júnior – Minitrampolim
            - Beatriz Ribeiro
            - Vanessa Hipólito
            - Marisa Oliveira
            - Melissa Coelho
            - Rita Reis (Treinadora)

Agência de Notícias 
[ + ]

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010