Dá um Gosto ao ADN

Escolha a sua Festa de Ano Novo


3, 2, 1... 2013 está a chegar! Divirta-se 

Uma coisa é certa: não há crise no número de propostas para festejar o adeus a 2012 e o olá a 2013 - de milhares de festas, seleccionámos umas dezenas, de grátis a alguns ou muitos euros. De norte a sul, de oeste a este, esta é uma noite de muita festa apesar da crise e da falta de dinheiro. No distrito, as maiores festas acontecem em Setúbal, Tróia, Palmela e Almada. Mas há muito mais. Temos de tudo, é ao gosto do freguês. Feliz Ano Novo e boas fugas.

Setúbal recebe 2013 na Docas dos Pescadores 

Em Almada, a meia-noite será partilhada com a outra margem (em espectáculo pirotécnico), mas o resto do tempo será de Cacilhas, novamente junto à  fragata D. Fernando II e Glória. A partir das 23h, a música é com a David Antunes & Midnight Band,  a banda do programa "5 para a Meia-Noite", que já depois das  12 badaladas  terá a companhia de um dos apresentadores, Pedro Fernandes.
As autarquias de Setúbal e Grândola unem-se ao troiaresort para um programa único na península de Tróia. "Venha passar um fim de ano azul numa das mais belas baías do Mundo" é o mote. Há actividades em ambas as margens e o devido fogo de artifício à hora certa sobre o Estuário do Sado.
Em Setúbal, na Doca dos Pescadores, com entrada livre, actuarão a partir das 22h30, a banda doismileoito, o DJ Rui Estevão (Antena 3) e o Grupo Mesa. Na Av. Luísa Todi e na orla marítima de Setúbal, todos os bares terão animação até às 6 horas.
Em Tróia, há "iniciativas para toda a família, de acesso livre, e direccionadas a visitantes, moradores, proprietários, hóspedes e clientes do troiaresort" - o programa completo prolonga-se por quatro dias mas destaca-se a Passagem de Ano Azul no dia 31 a partir das 22h30 com programa de rádio, ao vivo, com a presença dos humoristas Guilherme Fonseca, Daniel Leitão e Joana Marques. No Casino de Tróia, a festa com entrada livre começa às 23 horas com Dj Nebur. 

Fim do ano inovador em Palmela
Com a instalação no coração da vila de uma tenda Hi-Tech com 25 mil watts de som e luz, climatização e instalações sanitárias, a Sociedade Filarmónica Humanitária, em Palmela, promove um Fim de Ano inovador com a realização do Réveillon 2012/2013 em pleno Largo de S. João.

Muita animação proporcionada por D.J.’s bem como a música ao vivo garantem a alegria e boa disposição numa noite que promete durar até tarde e encerrar da melhor forma o ano em que Palmela ganhou o Galardão de Cidade Europeia do Vinho.
A Sociedade Filarmónica Humanitária, coletividade palmelense referência no distrito de Setúbal enquanto promotora da cultura e ensino musical, por ver as suas instalações intervencionadas, nomeadamente o seu palco com obras de melhoramento, por forma a proporcionar aos seus sócios, amigos e restante comunidade as habituais celebrações de fim de ano, inova neste fim de ano de 2012 nessas comemorações em Palmela, promovendo um Réveillon em pleno coração da vila, mais concretamente no Largo de S. João, no centro de Palmela, onde está montada uma tenda Hi-Tech que proporcionará todas as condições necessárias, nomeadamente climatização, 25 mil watts de som por forma a facultar as melhores condições para a realização desse evento.

Do programa do evento consta música ao vivo e animação com D.J’s bem como o habitual buffet de Ano Novo, sendo que, serão ainda esperadas algumas surpresas no decorrer da noite. Com este Fim de Ano verdadeiramente inovador em Palmela, a Sociedade Filarmónica Humanitária espera contribuir da melhor forma para o encerramento de um ano em que Palmela obteve o Galardão de Cidade Europeia do Vinho.



Fábrica do Braço de Prata
Independentemente das nossas resoluções de Ano Novo, os Dead Combo vão finalmente ser coroados imperadores de Lisboa. O “ManiFESTA” industrializa o sentimento português em dança burlesca, poesia e tremoços. Entre projecções de vídeo e as guitarradas de Tó Trips e Pedro Gonçalves, ainda existem pessoas a jantar.
Rua Fábrica de Material de Guerra, 1, Lisboa.  Entrada a 25€ e 55€ com jantar

Hardclub
Sem paciência para mordomias e champanhes e com alma nas batidas mais duras? O Hardclub volta a cumprir, com “Crack This NYE”, a festa que junta 40 DJs e dissemina drum and bass, dubstep, techno e hip hop. No total são 12 horas de festa, três salas e presenças confirmadas de Black Sun Empire, Hamilton e Killsonik.
Rua Infante Dom Henrique, 95, Porto. Entrada a 23€

Casino do Estoril recebe Amor Electro 

Casino do Estoril
As passagens de ano de carteira carregada só têm um destino possível: o casino e já agora do Estoril. O bar aberto não falta, assim como o jantar de Ovelha Amanteigada e Emincé de Peru. No palco estão Amor Electro, Rui Veloso e Cais Sodré Funk Connection.
Av. Dr. Stanley Ho, Estoril. Entrada a 100€

Terreiro do paço
Para lisboetas sem planos já é conhecido o único destino possível: beber em casa e seguir para o Paço. Este ano a nostalgia ataca em força, com Paulo de Carvalho, João Gil e Luís Represas.  Os Azeitonas estão responsáveis pelo fecho.
 Terreiro do Paço, Lisboa. Entrada livre

Fábrica ASA
Guimarães Capital da Cultura acaba em modo dramático/bombástico na Fábrica ASA. Em vez de engendrar planos complexos, a cidade de D. Afonso Henriques optou pelo mais simples, convidar Carlos Manaça, Frank Maurel e Miss Sheila. Se três dos melhores DJs nacionais não lhe chegam, comece a pensar em Nova Iorque ou Rio de Janeiro.
Rua Estrada Nacional, 105, Guimarães.
Entrada a 15€

Praia de Monte Gordo
Existem festas de tal forma inesperadas que se tornam numa peregrinação imperdível. Em Vila Real de Santo António a celebração começa com o kizomba do Duo Reflexo e segue com Cê Barros, que temos medo de descobrir o que toca. Depois da contagem, entram em campo os míticos Íris, com os hinos pejorativos “Atira-te ao mar” e “Oh Mãe”.
Praia do Monte Gordo, Vila Real de Santo António. Entrada livre

Plano B
Mesmo que, depois da última sugestão, já esteja de malas feitas para o Algarve, dedique uns segundos a ler outra proposta. O Plano B tem preparadas as obrigatórias Go-go Dancers, para acompanhar o homem dos mil ofícios, André Tentugal. Quando o senhor We Trust se despedir, segue-se a Fabulosa Marquise, Naper e Twin Turbo.
Rua Cândido dos Reis, 30, Porto.
Entrada a 10€

Casa Comunitária da Mouraria
Uma festa de revelhão que agrade o avô e os netos não é fácil, mas na Casa Comunitária da Mouraria o certame é intemporal. O caldo verde e os petiscos são acompanhados pelos hits dos anos 50 e ainda com os Telefonia a tocar o melhor (ou nem por isso) da década de 80.
Beco do Rosendo, 8, Lisboa. Entrada a 13€

Alfândega do Porto
O teletransporte parece ser um dos poderes mais usados pelos DJs, sobretudo nas agendas carregadas de hoje. Apesar de estar em Guimarães, Miss Sheila também visita a Alfândega do Porto. Dj Vibe é mais ambicioso, toca na mesma noite na capital e na invicta. A festa no rio Douro ainda conta com Carlos Manaça, que promete limitar-se a este único evento.   
Rua Nova da Alfândega, Porto. Entrada a 15€

Clube Ferroviário
A resposta para a crise pode estar nas soluções encontradas na Grande Depressão dos anos 30. Como de economistas temos pouco, a festa “Against The Great Depression” não procura tratados, simplesmente revitalizar o vestuário e glamour dos gangsters e pin-ups. Ragtime, charleston e o swing são encabeçados na pista de dança pelo herói do mar Rui Pregal da Cunha.
Rua Santa Apolónia, 59, Lisboa. Entrada a 30€

Casino da Figueira
Roda a roleta, puxa a alavanca e mais uma passagem de ano no Casino da Figueira com Herman José. Em 2013 a televisão portuguesa está privada do senhor Krippahl, começar já a matar a saudades parece boa opção. Além de Serafim Saudade, está confirmada a presença de José Estebes.
Rua Doutor Calado, 1, Figueira da Foz. Entrada a 190€
Beja recebe 2013 em grande na Praça da República 

Santiago Alquimista
Seja de forma amadora ou profissional, muitos réveillons devem acabar em sessões de strip tease. No Santiago Alquimista, as senhoras mais despidas fazem--se acompanhar pelos Irmãos Catita. O ano novo assinala 20 anos de fraternidade e entre os convidados está o guitar hero Phil Mendrix.  
Rua de Santiago, 19, Lisboa. Entrada a 25€  



Praça da república
Aparentemente existe vida em Beja além do Praxis Club. Os bares da Praça da República convidaram DJs para a noite de hoje e no palco principal os Virgem Suta e os Xeque-Mate assinalam a passagem de ano. A melhor noite do Alentejo dizem os organizadores. Claro que se não gostarem podem sempre ir ao Praxis Club.

Agência de Notícias 
[ + ]

Perspetivas por Sandra Tez


Cinco dicas para 2013

Hoje não vos venho falar de beleza ou moda. Venho dar-vos cinco dicas para tornarem o vosso novo ano menos estressado e mais positivos. São coisas simples e pequenas mas que fazem toda a diferença.


Poupem a vossa cabecinha:
Hoje em dia os telemóveis têm imensas aplicações, desde agendas a post-its virtuais, calculadoras e conversores de tudo possível e imaginário. Existem ainda auxiliares de planos alimentares com conta calorias, gestores de poupança financeira pessoal. Procure e encontrará tudo que possa imaginar. Facilita-lhe a vida e desocupa a sua cabeça de demasiada informação



Pensamento positivo pela manhã:
Está mais que provado que os nossos sentimentos e reacções são reflexo dos nossos pensamentos. Então, se é assim tão claro, porque insistem em pensar em coisas negativas e problemas? Maior parte da população sofre por antecipação em relação a problemas que se acabam por resolver sozinhos com o tempo, por isso não vale a pena criar mais cabelos brancos e rugas. Todas as manhãs leia uma frase inspiradora, tenha um pensamento agradável, lembre-se de alguém que ama...obrigue-se a ficar alegre e criar uma "autodefesa" (uma barreira emocional) que impeçam os problemas desse dia de o/a incomodarem tanto 

Um orgasmo por dia:
SIM, peço desculpa a frontalidade mas está provado clinicamente que pessoas com média de 3 a 4 orgasmos semanais, são menos susceptíveis a depressões nervosas, ataques cardíacos e têm uma melhor integração social. Prometo que não estou a mentir e aprofundarei em breve este tema mas por agora, acreditem um orgasmo por dia liberta o stress e pode até reduzir medicações que necessite de tomar.

Adira ao cigarro electrónico:
Eu já aderi e sinto a diferença. Para quem quer deixar de fumar, ou simplesmente quer recuperar alguma saúde, opte por fumar os famosos, cigarros a vapor de água. Os líquidos utilizados têm sabores, desde sabor de algumas marcas de tabaco conhecidas a sabores de frutas, doces e bebidas, passando por sabor a charuto e até Marijuana. É uma alternativa mais saudável ao cigarro convencional que existe.
Não tem todos os componente maléficos e contem uma percentagem de nicotina para ajudar a ultrapassar a ansiedade inicial de deixar de fumar. Poderá sempre, futuramente optar por fumar líquidos sem nicotina ou deixar por completo de fumar. A nível económico também é muito vantajoso, os líquidos custam entre 3,50eur ou 8eur os maiores e duram imenso tempo. Poderá fumar um mês inteiro por cerca de 16euros

Saia:
Costumo ouvir imensas pessoas se queixarem que não podem viajar porque não têm dinheiro. E qual a alternativa que arranjam? Trancarem-se em casa e ver novelas e casa dos segredos. Nada contra mas existe imenso para fazer hoje em dia no nosso país. Procurem conhecer lugares novos. Pesquisem agendas culturais online. Façam uma visita às piscinas locais p uma tarde diferente... Saiam e divirtam-se.
Tenham um excelente 2013, positivo, próspero e saudável 



Sandra Tez
Lisboa

Podem encontrar-me em:
http://sandratez.blogspot.com
http://www.youtube.com/xanails
http://www.facebook.com/sandratez
http://www.twitter.com/sandratezz
[ + ]

Ano Novo sem comboios


Maquinistas iniciam ano em... greve

A CP alertou que não haverá serviços mínimos a 1 de Janeiro, ao contrário do que tinha informado anteriormente, devido à desconvocação da greve do Sindicato Independente Nacional dos Ferroviários.
2013 começa sem comboios. Maquinistas estarão em greve

Apesar de este sindicato ter desconvocado a paralisação, a CP adianta que “manter-se-ão as diversas greves convocadas por outras organizações sindicais, para as quais não foram decretados serviços mínimos, pelo que se prevê a não realização da maioria dos comboios neste dia, bem como perturbações na circulação durante todo o dia 31 de Dezembro e na manhã de 2 de Janeiro”.
A CP acrescenta, em comunicado, que poderão realizar-se alguns comboios “graças à compreensão de colaboradores que decidam ir trabalhar”, por isso recomenda “a consulta dos canais de informação da empresa, na proximidade da viagem”, quer através do endereço www.cp.pt, quer pelo serviço de atendimento telefónico 808 208 208.
Os trabalhadores da CP, da CP Carga e da Rede Ferroviária Nacional contestam a alteração do Código de Trabalho que reduz para metade o valor pago pelo trabalho em dias feriado e reclamam ainda a actualização dos salários.

Agência de Notícias 
[ + ]

Histórias do Mundo: O peixeiro cantor

Nazir, o peixeiro mais famoso do mundo...


Um peixeiro paquistanês que vive em Londres, tornou-se uma vedeta internacional graças ao pregão que criou para vender o seu peixe. A música "One Pound Fish" acabou por se tornar viral no Youtube. O sucesso foi tal que Nazir assinou contrato com a Warner e gravou o tema que ficou em 29º lugar nos tops britânicos.
Nazir recebido como estrela pop no seu país 


O peixeiro Muhammad Shahid Nazir já era conhecido no mercado onde vendia peixe, em Londres, mas foi depois de alguém filmar a sua 'performance' e colocar o vídeo no Youtube que a fama do paquistanês alcançou proporções internacionais.
Nazir criou a música de forma espontânea, depois do seu patrão lhe ter pedido que arranjasse uma maneira de atrair mais clientes para a banca. O paquistanês, pai de quatro crianças, acabou por atrair a atenção do mundo inteiro. No Youtube, o vídeo original conta já com mais de 7 milhões de visualizações.




A letra é muito simples e talvez resida aí o segredo do sucesso desta melodia que, sem dúvida, fica no ouvido: "Venham senhoras, venham senhoras, peixe a uma libra. Muito, muito bom. Peixe a uma libra. Muito, muito barato".
Entretanto, Nazir assinou um contrato com a mega produtora musical Warner e gravou um vídeo intitulado "O-fish-al", com a mesma letra e melodia mas cheio de arranjos eletrónicos e uma coreografia marcada por raparigas jovens e muitos peixes, que em poucas semanas alcançou o 29º lugar nos tops britânicos. E pronto, o novo peixeiro cantor tem, certamente, a banca lotada e ainda faz sucesso nos tops.
Depois deste sucesso, o paquistanês regressou, esta semana, ao seu país de origem onde foi recebido por uma multidão eufórica que cantava em uníssono "One Pound Fish". Em declarações à BBC, Nazir anunciou que dentro de duas semanas vai estar em França para lançar o seu êxito comercial e depois deverá regressar a Londres, tendo ainda intenção de passar pelos EUA.


Agência de Notícias 


[ + ]

Aumenta consumo de drogas legais em jovens


Mais de 30 casos de complicações por consumo chegam aos hospitais


Mais de 30 casos de complicações por consumo das chamadas drogas legais foram registados nos hospitais portugueses em dois meses, segundo dados do Ministério da Saúde, que apontam para 16 internamentos e duas situações de coma.


Drogas legais provocam cada vez mais problemas 

"Isto só vem demonstrar o elevado grau de perigosidade destas substâncias e justificar a nossa preocupação em, tão cedo quanto possível, criar um quadro legislativo que torne impossível a venda destes produtos”, afirmou o secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa.
Os hospitais públicos começaram a registar em meados de Outubro casos de complicações em doentes por consumo destas novas substâncias psicoativas que geralmente são vendidas em lojas conhecidas como smartshops.
Dos 34 casos registados, há uma taxa elevada de complicações a nível psiquiátrico, com metade dos doentes a apresentar alterações de comportamento consideradas muito graves.
A maioria das ocorrências são registados na zona de Lisboa e Vale do Tejo e na zona Centro, onde há maior concentração das lojas que vendem estes produtos. Há cerca de 40 locais que comercializam estas substâncias, vendidas ainda legalmente como fertilizantes de plantas.
Apesar de ainda estar em curso a investigação de dois casos de morte, o secretário de
Estado disse que não há ainda registo de óbitos directamente atribuídos às substâncias compradas nas smartshops.

Jovens até aos 17 anos consumem mais
Aliás, o Instituto de Medicina Legal passou a incluir estas substâncias nos seus exames toxicológicos como perfil de exclusão de causas de morte tóxica em doentes sem outra razão aparente para óbito.
Mesmo sem registo de óbitos, o secretário de Estado considerou “preocupante” que mais de 30 por cento das ocorrências indiquem sequelas neurológicas ou mentais.
Além disso, dos 34 casos, nove deles eram reincidências, ou seja, pessoas que já tinham dado entrada nas urgências dos hospitais com complicações por consumo destas drogas.
Outra questão que preocupa as autoridades é a baixa média de idades que mostra o perfil dos consumidores atendidos nos hospitais: 40 por cento das ocorrências dizem respeito a jovens até aos 17 anos. “O perfil a que estamos a assistir, em particular nos jovens, deixa-nos muito alarmados”, afirmou Leal da Costa, apontando para uma tendência de casos em que são consumidas, ao mesmo tempo, várias substâncias: novas drogas, álcool e também cannabis.
Por estarem na fronteira de legalidade e serem vendidas em lojas de porta aberta, estas substâncias são de fácil acesso e não é até agora possível proibir a sua venda.
Segundo o secretário de Estado, a Autoridade do Medicamento e Produtos de Saúde(Infarmed) está a terminar a lista de substâncias que vai permitir criar uma portaria para suspender a venda destes produtos, “por razões de saúde pública”, por um período até 18 meses.
Durante esse tempo, estas novas drogas irão ser incluídas na lei que proíbe já a venda de estupefacientes, um processo legislativo demorado e que justifica, assim, a criação prévia da portaria.
“Vamos fazer a proibição de grandes grupos químicos. Estão identificados três grupos de substâncias que são as principais drogas de síntese usadas nestes produtos: os derivados das catinonas, os canabinoides sintéticos e as anfetaminas”, explicou o secretário de Estado da Saúde. Esta portaria vai permitir dar às autoridades fiscalizadoras, como a ASAE, o enquadramento legal necessário para actuar sobre as smartshops.
“O que queremos é pegar nestas substâncias e equipará-las aos estupefacientes que estão proibidos e, a partir daí, estas lojas terão de mudar de rumo”, concluiu o governante.     


Agência de Notícias

[ + ]

Novos preços dos transportes em vigor dia 1 de Janeiro


Carris mais barata 25 cêntimos e Metro aumenta 15 cêntimos

O novo título de transporte único para Metro de Lisboa e Carris encarece 15 cêntimos a viagem de metro, mas torna a viagem de autocarro 25 cêntimos mais barata, de acordo com as novas tarifas para 2013, publicadas esta semana.

Metro mais caro a partir do primeiro dia de Janeiro 

A partir de 2013, os utentes do Metro de Lisboa e da Carris vão deixar de poder comprar apenas uma passagem para cada um dos serviços. O preço único harmonizado para o título representa um aumento de 0,9 por cento no total da rede de transportes de Lisboa, segundo a TSF. No metro a tarifa passa de 1.25 euros para 1.40 e na Carris, dos atuais 1.65 para os 1.40 euros por viagem.
No caso dos carregamentos zapping, a nova modalidade vai trazer custos acrescidos. Cada carregamento passa a custar 1,25 euros, mais cinco cêntimos do que o tarifário de 2012. 
O bilhete diário vai encarecer ainda um euro. Segundo o tarifário para 2012, um bilhete único para os dois serviços custa cinco euros, enquanto um bilhete diário em 2013 passa a custar seis. 

Travessias no Tejo encarecem
A factura dos transportes vai também encarecer para as viagens na Transtejo e Soflusa. Ainda de acordo com a TSF, na Transtejo, a travessia entre Cacilhas e Cais do Sodré vai ficar cinco cêntimos mais cara, embora os valores para as restantes passagens na transportadora fiquem iguais. 
No caso da Soflusa, as passagens para o Barreiro vão ficar cinco cêntimos mais caras.  

Agência de Notícias 
[ + ]

Europe Direct abre espaço em Palmela


Trabalhar a comunicação entre as várias intuições

A Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal (Adrepes) vai assegurar a gestão do Centro de Informação Europe Direct na Península de Setúbal durante os próximos cinco anos de forma a promover uma melhor comunicação entre os agentes de desenvolvimento local. O novo espaço abre no início de 2013 e vai ficar instalado no Espaço Fortuna - Artes e Ofícios, na Quinta do Anjo, no concelho de  Palmela.

Novo espaço na Europe Direct abre na Quinta do Anjo no inicio do ano 

António Pombinho, presidente da Adrepes, entende que muitas instituições da região funcionam duma forma vertical e espera que “a partir da reunião e consenso entre todas, haja um melhor funcionamento em prol do futuro da região”.
“Algumas instituições locais conhecem-se pouco”, afirma António Pombinho, que aponta para uma maior aproximação destas como o principal objetivo do centro de informação Europe Direct. A Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo detinha a gestão deste órgão mas devido à falta de recursos humanos para assegurar o bom funcionamento do Europe Direct, decidiu não apresentar nova candidatura para continuar com o trabalho efetuado.

Europe Direct na Quinta do Anjo
António Pombinho frisa que o trabalho da DRAP-LVT na gestão da Europe Direct não pode ser descontinuado, razão que levou a Adrepes a efetuar a candidatura à gestão do órgão de informação europeu. “É preciso continuar o trabalho de informação sobre a estratégia europeia para o crescimento e dinamização a partir das políticas europeias para o período 2014-2020”, afirma o presidente da Adrepes, acrescentando que a sensibilização para o emprego, o empreendorismo e a preservação do ambiente vão ser fatores em evidência no novo local.
 O trabalho em rede entre todas as instituições e agentes de desenvolvimento local da Península de Setúbal, ou a promoção da organização dos produtores regionais dos mais variados setores da agricultura, para uma melhor atribuição de fundos comunitários, serão os objetivos para os próximos cinco anos da Europe Direct. O espaço abre no início de 2013 e vai ficar instalado no Espaço Fortuna - Artes e Ofícios, na Quinta do Anjo, no concelho de Palmela.


Agência de Notícias 
[ + ]

Homem tentou matar ex-namorada no Montijo


Preventiva para homem que tentou matar a ‘ex’

Um homem ficou em prisão preventiva, depois de ser ouvido no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.  O homem é acusado de tentar matar a ex-namorada na casa que ambos dividiram no Bairro do Barrão, Montijo. A ex-namorada já tinha apresentado queixa contra o homem por violência doméstica. 
Homem entregou-se à GNR de Poceirão 

Bruno foi ouvido durante algumas horas e saiu do TIC acompanhado por dois inspectores da Polícia Judiciária.
Sem aceitar o final da relação com Vera Dalotte, 24 anos, Bruno,  com cerca de 30 anos, estava corroído pelo ciúme, com medo de que a ex-companheira refizesse a sua vida. No noite de sábado, foi até à casa que ambos dividiram no bairro do Barrão, no Montijo. Discutiram, mas ela virou-lhe as costas. Foi a oportunidade que Bruno esperava. Atingiu-a duas vezes e fugiu. Deambulou várias horas durante a madrugada de ontem e entregou-se no posto da GNR do Poceirão, já no concelho de Palmela, que já tinha sido alertada pela PJ.
Bruno – natural do Algarve – esperou que anoitecesse para invadir a casa da ex-companheira. Entrou por uma janela, mas Vera apercebeu-se do barulho. Ao mesmo tempo que discutia com o suspeito, a vítima saiu de casa, com receio de que algo acontecesse. Já na rua, foi atingida com um primeiro disparo. Aos gritos, desesperada por ajuda, correu vários metros e acabou atingida uma segunda vez. Foi junto a uma casa – que ontem ainda tinha marcas de sangue – que conseguiu pedir auxílio. Foi levada ao Hospital do Barreiro pelos Bombeiros do Montijo. Encontra-se estável mas cravejada de chumbos, nos pulmões e no fígado.
Bruno terá deambulado pela estrada de Rio Frio, que liga o Montijo ao Poceirão. Percorreu mais de 22 quilómetros para se entregar. Foi chamado à PJ e informou os inspectores sobre o local onde abandonou a arma usada no crime.
Vera já tinha apresentado queixa por violência doméstica. Da relação que manteve com Bruno, nasceu uma menina, com um ano. Agora sob a alçada da Polícia Judiciária de Setúbal.

Agência de Notícias 


[ + ]

Ladrões levaram cofre da Docapesca


Cofre de cem quilos foi roubado com elevada quantia em dinheiro

Um cofre com mais de cem quilos “desapareceu”, quarta-feira, do escritório da Docapesca, em Setúbal. Desconhece-se o valor roubado mas dizem os responsáveis “será uma elevada quantia em dinheiro vivo”. Esta é a segunda vez que tentam roubar o cofre. Da primeira vez o assalto falhou, à segunda o cofre despareceu mesmo.

Ladrões levam cofre de cem quilos da Docapesca 

As instalações da Docapesca de Setúbal,  na Lota da cidade, foram assaltadas na madrugada de quarta-feira. De acordo com uma notícia do O Setubalense, os assaltantes entraram por uma janela do rés-do-chão, cujo vidro foi quebrado, acedendo depois ao primeiro piso, do topo norte do edifício, onde se localiza o escritório da Docapesca.
Do interior do escritório, os ladrões conseguiram arrastar o cofre, com o peso calculado em cerca de cem quilos, para o exterior das instalações. Aí, terá entrado na bagageira de uma viatura e fugido para parte incerta. A investigação deste crime está a cargo da Polícia Marítima.
Desconhece-se oficialmente o montante de dinheiro que o cofre continha mas, fonte  do O Setubalense, diz tratar-se de uma “considerável quantia em dinheiro vivo”.
Já há cerca de duas semanas, registou-se uma tentativa de assalto a estas mesmas instalações da Docapesca, já com a ideia de levar o dinheiro guardado no cofre. Na altura, os assaltantes procederam ao corte das dobradiças, com recurso a uma rebarbadora com disco, mas a tentativa saiu gorada. Desta feita, o cofre foi levado ao colo para parte incerteza.

Agência de Notícias 
[ + ]

CDS-PP querem saber sobre afectação de poupanças em Setúbal


Deputados centristas apresentaram requerimento  na Assembleia da República 

Os deputados do CDS-PP apresentaram um requerimento na Assembleia da República sobre a afectação das poupanças feitas com o não pagamento de subsídios, por parte da Câmara Municipal de Setúbal.

CDS-PP quer saber o valor das poupanças da Câmara de Setúbal

Na missiva, Nuno Magalhães, João Viegas e Altino Bessa solicitam o município sadino a informar o parlamento “acerca do cumprimento do artigo 65.º do Orçamento de Estado de 2012, nomeadamente o disposto em matéria de afectação das poupanças feitas com o não pagamento de subsídios”.
Os deputados centristas solicitam igualmente que a Câmara de Setúbal “quantifique o montante poupado com esta medida, e o montante aplicado na redução da dívida, discriminando esta redução nas suas três possibilidades, pagamentos em atraso com mais de 90 dias, valor médio dos encargos assumidos e não pagos e endividamento de médio e longo prazo”.
No requerimento, os deputados do CDS-PP fazem recordar que o Orçamento do Estado para 2012 “determina que o montante poupado pela Administração Local com o não pagamento destes subsídios seja afecto à redução dos pagamentos em atraso com mais de 90 dias, valor médio dos encargos assumidos e não pagos e endividamento de médio e longo prazo (artigo 65.º)”.
Faltará agora à autarquia presidida pela comunista Maria das Dores Meira dar resposta aos deputados do CDS-PP na Assembleia da República.

Agência de Notícias
[ + ]

“Educação pela arte” apoiada pela Câmara da Moita


33 mil euros para financiar projecto educativo

 

A Câmara da Moita vai apoiar o projecto educativo “Educação pela arte” com uma verba superior a 33 mil euros, dividida por dois anos lectivos. Este projecto tem como finalidade avaliar o impacto de metodologias pedagógicas criativas e inovadoras, que permitam aos alunos explorar plenamente as suas capacidades. 


Câmara da Moita financia educação 

Este projecto decorre da aprovação da candidatura apresentada pela autarquia ao programa europeu Comenius Régio “Descobrir e Construir o Património Local e Europeu Através da Criação Audiovisual – Um modelo de cooperação, para a cultura, o conhecimento e a coesão social, entre a escola e município”, e foi desenvolvido em parceria com Ajuntamento de Bordils, o Agrupamento de Escolas José Afonso, a Escola de Bordils e as associações “Os Filhos de Lumiére” e “A Bao A Qu”, financiado pela Agência Nacional para a Gestão do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida.
Este projecto tem como finalidade avaliar o impacto de metodologias pedagógicas criativas e inovadoras, que permitam aos alunos explorar plenamente as suas capacidades, inscrevendo-se no âmbito da dinamização de actividades de educação pela arte na escola, e será desenvolvido nos anos lectivos 2012/2013 e 2013/2014, em seis turmas do Agrupamento José Afonso, abrangendo três turmas de 1º ciclo (dos 6 aos 10 anos) e três turmas do 2º e 3º ciclos (dos 11 aos 15 anos).
Os professores envolvidos irão, com o apoio da Associação “Filhos de Lumière”, desenvolver actividades próprias, estabelecendo ligações com o programa curricular, tendo em vista a produção de trabalhos em áreas como a imagem, fotografia e som, a exploração do património local e das competências adquiridas.
De salientar que este foi um dos nove projectos nacionais aprovados, entre os 21 (maioritariamente de câmaras municipais) que concorreram ao programa Comenius.

Agência de Notícias 
[ + ]

Ladrão baleado em fuga à polícia em Almada


Gang furtou em café e pôs-se em fuga


Um grupo de quatro assaltantes roubou um café, na Cova da Piedade, na madrugada de ontem. A PSP ocorreu ao local e conseguiu descobrir o grupo de assaltantes. Durante cinco quilómetros, noite dentro, os polícias perseguiram os ladrões pelas ruas de Almada. Entre trocas de tiros, um dos assaltantes foi atingido num joelho, dois foram detidos e o quarto elemento fugiu a pé para parte incerta.  


PSP de Almada fere assaltante de café com um tiro e prende outros dois

 Pouco passava das três da madrugada de ontem quando a PSP de Almada  recebeu o alerta para furto no café do Clube Recreativo União Romeirense, na Cova da Piedade. Quatro assaltantes foram vistos a entrar no estabelecimento, de onde roubaram uma máquina de tabaco, a caixa registadora e um LCD. Uma patrulha da PSP conseguiu interceptá-los na rotunda Centro-Sul. Seguiu-se uma perseguição de cerca de cinco quilómetros, que acabou com um dos assaltantes baleados.
O assalto ao café – localizado no largo da Romeira – durou vários minutos. Com luvas e pés-de-cabra, três dos assaltantes arrombaram a porta da colectividade, enquanto um ficou na carrinha – que depois usaram para fugir. Arrancaram o LCD, a caixa registadora e carregaram a máquina de tabaco para uma carrinha.
Foram, porém, traídos por moradores, que se aperceberam do furto e de imediato avisaram as autoridades. Quando seguiam na zona da rotunda Centro-Sul, a polícia avistou-os e identificou a carrinha dada como referência pelas testemunhas. Começou aí uma perseguição a alta velocidade que só viria a terminar na localidade de Lazarim – entre o Monte de Caparica e a Charneca.
Nos últimos metros da perseguição – que se prolongou por cerca de cinco quilómetros – os assaltantes atiraram contra o carro-patrulha da PSP, o LCD e ainda máquinas de brindes. Foi nesse momento que a polícia disparou e acabou por acertar no joelho de um dos suspeitos, de 18 anos – depois atirado da carrinha pelos restantes – através do vidro traseiro da carrinha. Assim que conseguiram imobilizar a viatura, os agentes da PSP detiveram dois deles – o ferido foi detido no hospital. Um dos elementos conseguiu pôr-se em fuga para parte incerta.


Agência de Notícias 
[ + ]

Acção de formação sobre VIH/Sida em Setúbal

Voluntários promovem comportamentos responsáveis junto dos jovens

O projecto de prevenção contra a Sida vai arrancar já em Janeiro e será desenvolvido por cinquenta voluntários que receberam formação, em escolas da cidade de Setúbal.


Voluntários vão falar dos perigos da Sida nas escolas de Setúbal 

A Fundação “A Comunidade Contra a Sida” realizou este mês duas acções de formação para estudantes da Escola Superior de Educação de Setúbal que, voluntariamente, aderiram ao “Projecto Nacional de Educação pelos Pares” a desenvolver junto dos alunos do 3º ciclo das escolas do concelho de Setúbal.
Estas formações decorreram na Escola Secundária Sebastião da Gama e na Casa da Baía em Setúbal, contando com a adesão de cerca de cinquenta jovens voluntários, que irão iniciar os trabalhos junto das turmas já a partir de Janeiro.
Através deste projecto, pretende-se intervir no âmbito da Educação para a Saúde em áreas fundamentais, como a sexualidade, a prevenção da infecção VIH/Sida e o consumo de substâncias psicoactivas, tendo como denominador comum, o desenvolvimento de competências pessoais e sociais.
O objectivo da educação no que se relaciona com a Sida é promover comportamentos que previnam a transmissão de VIH e DST (doenças sexualmente transmissíveis). O conteúdo principal deste programa consiste, no desenvolvimento das competências comportamentais necessárias para a prevenção. Mais do que conhecimentos sobre a Sida, o programa incide na promoção de um comportamento responsável para prevenir a doença.
Segundo a Fundação “A Comunidade Contra a Sida” é “um facto constatado que não basta a informação sobre a doença para convencer os jovens a adoptarem comportamentos responsáveis que a previna”. “O que é necessário é ter conhecimentos, e as competências para reagir adequadamente perante situações de risco” acrescenta.
De salientar que no ano lectivo 2011/2012, num total de oitenta turmas, foram abrangidos pelo projecto cerca de dois mil alunos com idades compreendidas entre os doze e os dezoito anos.

Agência de Notícias 
[ + ]

Moita aprovou orçamento de 2013


Câmara aprova orçamento para 2013

A Câmara Municipal da Moita aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para o ano de 2013 que aposta no programa de requalificação e modernização do parque escolar.

Câmara da Moita aprovou orçamento municipal para o próximo ano 

As Grandes Opções do Plano e Orçamento da Câmara da Moita têm em conta a “grave crise económica e social que se abate sobre o nosso país condiciona a autonomia financeira e a acção das autarquias locais” refere fonte do município ao ADN.
Apesar disso, o orçamento “assegura a prestação do serviço público e mantém os compromissos assumidos em áreas como a educação, a promoção da cultura, do livro, da leitura, o desporto para todos, o apoio à actividade autónoma juvenil e ao associativismo, o ambiente e desenvolvimento económico”.
Na área da educação, será dada continuidade ao programa de requalificação e modernização do parque escolar e à manutenção de programas de apoio aos alunos carenciados, através da comparticipação dos transportes, do apoio à aquisição de livros e material didáctico e do fornecimento de refeições.
Na cultura, prosseguem os projectos já existentes e iniciar-se-á o programa comemorativo dos 500 anos do Foral de Alhos Vedros. Nas áreas do desporto e movimento associativo, serão mantidas as actividades e programas municipais.
Na perspectiva de valorização territorial, a autarquia aprofundará estudos e projectos já iniciados como o Programa Municipal de Percursos Pedonais e Cicláveis e o Programa Municipal de Reabilitação Urbana.


Agricultura biológica continua como prioridade
No que diz respeito ao ambiente, será dada continuidade a iniciativas sobre agricultura biológica e compostagem, que abrangem cerca de 60 por cento da comunidade escolar do concelho, estando previsto o aumento da rede de oleões e a implementação das hortas urbanas.
A Câmara Municipal da Moita, em conjunto com uma plataforma de parceiros, pretende também continuar a definir e desenvolver intervenções de combate à pobreza e promoção do bem-estar das famílias no quadro das respostas sociais existentes ou criando novas que se ajustem às necessidades permanentes da população e que sejam encontradas através do desenvolvimento do trabalho comunitário e em parceria, nomeadamente através da Rede Social da Moita.
Num ano que se prevê, novamente, de forte quebra económica, a "autarquia continuará o seu papel de dinamização e promoção do tecido empresarial, através do lançamento de um directório empresarial a disponibilizar na página de internet", diz fonte da autarquia presidida por João Lobo. 
Ao nível dos mercados municipais, serão dinamizadas iniciativas como a Feira de Antiguidades e Velharias e a Feira de Artes e Talentos, estando igualmente previsto o lançamento da iniciativa “Sabores de Cá” com vista a promover a gastronomia tradicional e local, bem como as actividades económicas.

Agência de Notícias 
[ + ]

Refeitórios escolares abertos nas férias de Natal em Alcácer do Sal


Crianças com refeições escolares em tempo de férias 


A Câmara Municipal de Alcácer do Sal decidiu manter em funcionamento os refeitórios escolares do concelho durante as férias do Natal, à semelhança do ano anterior.

Crianças de Alcácer do Sal com direito a refeições em férias 

 Neste âmbito, a cantina da Escola Básica n.º1 de Alcácer servirá refeições aos alunos do Pré-Escolar e da Oficina da Criança nos dias 26, 27 e 28, retomando o serviço normal a 3 de Janeiro.
Está igualmente aberto o refeitório da Escola Básica 2,3 Pedro Nunes, que serve os alunos da Escola Básica n.º2 de Alcácer. Este funcionou até à passada sexta-feira para o pré-escolar, reabrindo posteriormente no dia 3 de Janeiro. Os mesmos termos estendem-se ao refeitório escolar da Comporta, que recebe o pré-escolar e crianças do 1º ciclo que frequentam o ATL.
Isabel Vicente, vereadora com o pelouro da Educação, explica que esta é uma medida que, além de dar resposta “aos imensos pedidos dos pais que, estando a trabalhar, não têm com quem deixar as crianças”, apoia também “as famílias em tempos complicados”.
A vereadora avançou ainda que, a partir do segundo período lectivo, a Escola Básica n.º1 de Alcácer do Sal vai oferecer o pequeno-almoço e o lanche aos casos assinalados de crianças que se encontravam em carência alimentar.

Agência de Notícias 
[ + ]

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010