Dá um Gosto ao ADN

Nossa Senhora da Oliveira leva festa a Canha até domingo

Vila mais antiga do concelho do Montijo está em festa

A tradicional festa da mais antiga localidade do concelho do Montijo, em Honra de Nossa Senhora da Oliveira, está de regresso à vila de Canha entre os dias 30 de Agosto e 1 de Setembro. O programa é diversificado e abarca bailes, tasquinhas, concertos, charanga, largadas de toiros e momentos religiosos, sendo que o destaque "sonoro" vai para a atuação de Augusto Canário, Bruna e Pedro Miguel [esta sexta, sábado e domingo respectivamente]. Na vertente religiosa, destaque para a missa e a procissão em Honra de Nossa Senhora da Oliveira que terão lugar no dia 1 de Setembro, a partir das 18 horas. A festa tem abertura oficial para esta sexta-feira às seis e meia da tarde. O programa promete três dias de muita animação, tradições e comes e bebes que vão encher de gente as ruas desta vila do concelho do Montijo.
Canha em festa a partir desta sexta-feira 

A partir do penúltimo dia de Agosto, Canha, no concelho do Montijo, está em festa por honra de Nossa Senhora da Oliveira. Entre outros eventos, bailes, largadas, charanga, espetáculos musicais e a tradicional procissão em honra de Nossa Senhora da Oliveira compõe o programa das festas.
Esta sexta-feira, as Festas em honra de Nossa Senhora da Oliveira vai contar com a presença de Augusto Canário, às 22h30, no palco principal. No dia seguinte, último de Agosto, à mesma hora, será a vez da cantora Bruna. No final do concerto, existirá ainda um bailarico, uma atuação da Charanga "O Cavalinho", uma noite de sardinhada com pão e vinho da região que promete prolongar-se até ao nascer do dia.
Para finalizar, no dia 1 de Setembro, às 18 horas realiza-se a procissão em honra de Nossa Senhora da Oliveira, pelas ruas da vila, sendo acompanhada pela Banda da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro do Montijo.
Ás oito da noite, no palco das tasquinhas, há Anau Arrufar Montijo. Às 20h30 há um festival de folclore e às 22 horas, Pedro Miguel, no palco principal, encerra os apontamentos musicais da festa, seguindo-se o fogo de artifício, à meia noite.
O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, realça o esforço e a dedicação da Comissão de Festas e de todos os envolvidos na organização. “É nestes tempos que nos temos que unir para defender a cultura, as tradições e a memória das nossas gentes. Cuidar da cultura é respeitar e valorizar a memória coletiva, o que faz parte dos nossos deveres para com o futuro da comunidade de Canha”, sublinha o autarca.
"Aproveite esta oportunidade para conhecer e visitar a mais antiga localidade do concelho do Montijo e divirta-se nas Festas de Canha", sublinha a autarquia do Montijo.

Agência de Notícias com Câmara do Montijo
Leia outras notícias do dia em 

[ + ]

Praia do Barreiro transforma-se em pista de dança

Um festival na praia com música até o sol nascer

O areal da Praia do Bico do Mexilhoeiro, no Barreiro, vai transformar-se numa arena no dia 31 de Agosto para receber o Barreiro On The Beach, que pretende ser o maior festival de música da Margem Sul e que recebe nomes tão contrastantes como Yves Larock e Clemente. Nox, Kush, Kyra, Indian Man e Db & Vill são os outros nomes confirmados. A localização estratégica foi pensada para não incomodar os moradores e preservar a zona ribeirinha. O bónus é que terá uma incrível vista sobre Lisboa, com a Ponte 25 de Abril de um lado e a Vasco da Gama do outro. 
Praia vai ter música e animação toda a noite 

Depois de oito anos de hiato, o Festival Barreiro On The Beach volta já este mês ao areal à frente da Rua do Clube Naval Barreirense, Yves Larock, Nox e Clemente fazem parte do alinhamento.
A última edição do Barreiro on the Beach aconteceu em 2011. Este ano, a promessa do regresso à cidade que dá o nome a esta festa vai finalmente concretizar-se. No dia 31 de Agosto, a Praia do Bico do Mexilhoeiro vira pista de dança.
“A localização estratégica deste dance floor de areia foi pensada ao pormenor, permitindo menos distúrbios para os moradores, os melhores acessos aos visitantes, a defesa da zona ribeirinha e, sobretudo, uma adesão ainda maior, sendo esperadas milhares de pessoas”, pode ler-se em comunicado da organização.
Para lhe dar música, pode contar com os grooves de Verão de Yves Larock e do rapper Kyra e com o soul e r&b da dupla Db & Vill. Mas também com Nox, Kuch, Indian Man e Clemente.
Os bilhetes custam 12 euros e incluem uma cerveja, água ou refrigerante. O estacionamento é gratuito. Pode consultar os pontos de venda e o cartaz completo no site do festival.

A Praia do Bico do Mexilhoeiro
No século XIX e até à primeira década do século XX, a Praia do Clube Naval, também conhecida como Praia do Bico Mexilhoeiro ou “a praia do Barreiro”, era uma das mais concorridas a sul de Lisboa. Parte do chamado Circuito Ribeirinho do Barreiro, composto mais duas praias fluviais, continua a ser um espaço de quietude e beleza que convida a apreciar a paisagem do rio, com Lisboa em “pano de fundo”, sentado no areal ou na convidativa esplanada do restaurante. Se caminhar até ao Bico do Mexilhoeiro, encontra ainda uma estrutura de futebol de praia.

Agência de Notícias
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Montijo anima Mercado Municipal este sábado

 "A praça" está em festa amanhã de manhã 

No próximo sábado, 31 de Agosto, a Câmara do Montijo dá continuidade às atividades do novo projeto de dinamização cultural “O Nosso Mercado”, que procura evidenciar o Mercado Municipal enquanto espaço aberto ao lazer e à cultura, aliando a socialização ao ato de comprar, numa relação de constante proximidade com a comunidade. Para além da atuação da Marcha Popular do Centro de Reformados do Montijo, a partir das 11 da manhã, estará também presente uma mostra de artesanato e design urbano pelo atelier Made Ká, de Alexandre Henriques, e pelo projeto Apaixonada por feltros, de Néri Crespo.
Cidade quer atrair pessoas ao mercado municipal 

Recorde-se, que até final de Setembro, o Mercado Municipal apresenta a exposição de fotografia “Montijo também é Campo - Aves”, dedicada à avifauna do concelho, assim como uma mostra etnográfica com trajes tradicionais de alguns grupos de folclore do concelho, nomeadamente do Rancho Folclórico e Etnográfico "Os Águias Negras" do Alto Estanqueiro e do Rancho Folclórico e Etnográfico de S. Sebastião Danças e Cantares da Freguesia de Canha.
O Mercado Municipal do Montijo "desempenha desde sempre um papel social, cultural e económico preponderante na vida comunitária, aglutinando vivências e modos de estar", explica a autarquia.
Com o “O Nosso Mercado”, a Câmara do Montijo procura dinamizar este espaço público através da realização de atividades diversificadas que pretendem dinamizar, agrupar e divulgar as nossas tradições, cultura e atividades económicas.
Através deste novo projeto, a autarquia associou-se, assim, à campanha internacional “Gosto do Meu Mercado”, que "pretende a dinamização dos mercados grossistas ou retalhistas, envolvendo as comunidades locais. Esta campanha está a ser desenvolvida em mais de 30 países da Europa, América e Ásia e conta com a participação de mais de três mil mercados", sublinha a Câmara do Montijo.

Agência de Notícias com Câmara do Montijo
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Seixal quer “reforço do patrulhamento” em Paio Pires

Autarquia diz que já tinha reportado "situações de insegurança"

A Câmara do Seixal revelou esta quarta-feira que já tinha pedido em Junho um “reforço do patrulhamento de proximidade” na Aldeia de Paio Pires, onde nos últimos dias se registaram tiros e desacatos. “A autarquia já havia solicitado à Guarda Nacional Republicana o reforço do patrulhamento de proximidade no núcleo urbano antigo da Aldeia de Paio Pires, em Junho, face às situações e sentimentos de insegurança reportados”, refere a Câmara do Seixal, liderada por Joaquim Santos. Na terça-feira, vários disparos com arma de fogo foram feitos na rua, num aparente ajuste de contas, mas sem provocar feridos. No mesmo dia, um jovem de 18 anos morreu e um homem com 39 anos sofreu ferimentos após serem baleados, na Praceta do Lobito, na Quinta da Princesa. O agressor está em fuga.
Autarquia quer mais patrulhamento nas ruas

No documento, a autarquia do distrito de Setúbal salienta que no início desta semana enviou um ofício ao Destacamento Territorial de Almada-Seixal da GNR, reiterando a importância de “rondas regulares e efetivas àquela zona, como medida preventiva e dissuasora de alguns comportamentos passíveis de atentar contra a segurança da população”.
“Em acréscimo, dirigimos um ofício aos ministros com tutela sobre as forças de segurança, reiterando a necessidade de investimento e reforço da dotação e contingentes da GNR e da PSP, com o aumento de efetivos, aproximando os rácios à média nacional, privilegiando o policiamento de proximidade e as estratégias de prevenção”, acrescenta.
Disparos com arma de fogo foram efetuados na terça-feira na via pública na Aldeia de Paio Pires, concelho do Seixal, disse à Lusa fonte da GNR, referindo que não existem vítimas a registar. A GNR admitiu a possibilidade de a ocorrência estar relacionada com os desacatos que ocorreram na sexta-feira num estabelecimento comercial na Aldeia de Paio Pires, mas adianta que este dado só pode ser confirmado com a investigação que está a decorrer.

Jovem assassinado na Quinta da Princesa
Também na terça-feira, um jovem de 18 anos morreu após disparos na Quinta da Princesa, no Seixal, um incidente que também causou ferimentos a um homem de 39 anos, informou fonte da PSP.
A fonte disse à Lusa que a ocorrência fez “dois feridos com recurso a arma de fogo”, um jovem de 18 anos e um homem de 39 anos, os quais foram transportados para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. No entanto, segundo aquela força de segurança, o jovem acabou por não resistir aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar.
A PSP esclareceu que esta situação não está relacionada com os casos em Paio Pires, tratando-se de “uma coincidência”. A PSP acorreu ao local e acabou por passar o caso para a Polícia Judiciária de Setúbal, que está investigar o crime. O atirador ainda não foi detido.

Agência de Notícias com Lusa 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Aeroporto quer comprar ou alugar salinas do Samouco

ANA quer criação de novas salinas que possam acolher aves

A autoridade dos aeroportos ANA - Aeroportos de Portugal quer alugar ou comprar salinas para compensar as aves afetadas pelo aeroporto do Montijo, cujo estudo de impacto ambiental está em consulta pública. De acordo com a TSF , a carta enviada pela ANA aos proprietários das salinas diz que "perante as conclusões do estudo do impacto ambiental do aeroporto do Montijo é preciso realizar medidas de compensação para travar os impactos significativos para as aves do estuário".  Os contactos com vários proprietários de "salinas foram feitos em Julho, depois dos pedidos de esclarecimento da Agência Portuguesa do Ambiente, enviados no início de Junho, em resposta à primeira versão do estudo de impacto ambiental e pouco antes da entrega da sua versão final", referiu a rádio. A criação de novas salinas que possam acolher aves está assim "em avaliação". 
Aves ameaçadas com novo aeroporto 

Um estudo da Agência Portuguesa do Ambiente calcula que 246,4 hectares de áreas de refúgio das aves serão perturbadas com a chegada do aeroporto, teme-se o abandono da avifauna da zona. A meta é compensar com, pelo menos, 370 hectares de novas áreas de refúgio.
Segundo a rádio TSF, as salinas deverão ser ecologicamente idênticas às áreas afetadas, ter zonas de alimentação e devem ficar longe das rotas aéreas. A Santa Casa da Misericórdia de Alcochete e pelo menos duas entidades privadas já demonstraram estar disponíveis para discutir a venda ou aluguer das salinas de que são proprietárias.
O ministro do Ambiente considerou esta quarta-feira "absolutamente normal" a proposta da ANA - Aeroportos de Portugal de "tomar conta" de salinas degradadas para compensar a avifauna que pode ser prejudicada pela construção do Aeroporto do Montijo. "É uma proposta absolutamente normal, do próprio promotor [da obra do aeroporto] e que consta do estudo [de impacto ambiental - EIA]", afirmou João Pedro Matos Fernandes aos jornalistas no Porto.
O ministro notou que "consta do Estudo de Impacto Ambiental" a possibilidade de a ANA "tomar conta de um conjunto de salinas que estão degradadas e que podem ser um novo habitat para a avifauna" da zona para onde se prevê a construção do aeroporto, numa iniciativa também seguida aquando da construção da ponte Vasco da Gama ou da variante à EN 10. "Isto já aconteceu em dois momentos.
Com a construção da ponte Vasco Gama, as salinas de Samouco foram área de compensação. Também quando foi feita a variante à EN10, em que é mordida numa curva do concelho de Loures uma parte estuário do Tejo, as salinas de Alverca foram usadas como espaço de compensação para avifauna", disse Matos Fernandes.

Impacte "muito significativo" para uma espécie de ave
Quanto ao aeroporto do Montijo, o ministro notou que "a avaliação de impacto ambiental está a correr dentro da comissão de avaliação e está neste momento em discussão pública". "Portanto, esta [a criação de novas salinas que possam acolher aves] é uma decisão técnica que vai ser tomada sobre o aeroporto", disse.
O ministro notou que "os impactos ambientais de uma obra ou são insuportáveis ou minimizáveis e compensáveis" e, no caso de impactos sobre a avifauna, "é desejável que seja compensável". 
O Estudo de Impacto Ambiental do futuro aeroporto do Montijo, que entrou em consulta pública no fim de Julho, aponta diversas ameaças para a avifauna e efeitos negativos sobre a saúde da população por causa do ruído.
Do conjunto da documentação disponibilizada no 'site' da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) consta um aditamento entregue este mês em que se reconhece um impacte "muito significativo" para uma espécie de ave (fuselo - 'Limosa lapponica'), "moderadamente significativo" para nove espécies e "pouco significativo" para 18 outras.
Contudo, do ponto de vista do impacto global previsto para a avifauna, os responsáveis pelo documento consideram que "é, em geral, pouco significativo a moderado para a comunidade estudada, e não 'muito significativo', como mencionado no Parecer ao Estudo de Impacto Ambiental".
A caracterização efetuada para a fauna permitiu elencar 260 espécies para a área abrangida pelo estudo. Das espécies identificadas, 45 aves apresentam estatuto de proteção.

Agência de Notícias com Lusa 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Formações em turismo e aeronáutica em Grândola

Instituto Politécnico de Setúbal aposta na qualificação de jovens do concelho


O Instituto Politécnico de Setúbal tem a decorrer, até dia 18 de Setembro, as candidaturas para dois novos cursos técnicos superiores profissionais, nas áreas de Gestão de Turismo e de Produção Aeronáutica, que serão lecionados em Grândola já a partir do próximo mês de Novembro. Recorde-se que, para além da criação destes novos cursos superiores, o protocolo estabelecido prevê ainda a organização de cursos de formação não formal, tais como colóquios, conferências e seminários, bem como o desenvolvimento de projetos de investigação aplicada nas áreas de interesse para a região.
Aulas vão começar em Novembro 

Passado um ano sobre a assinatura de um protocolo de colaboração entre o Instituto Politécnico de Setúbal e a Câmara de Grândola, as duas formações estão já prontas a arrancar no terreno, visando reforçar a qualificação dos recursos humanos locais para o aproveitamento das possibilidades abertas nestes setores de atividade onde o concelho do distrito de Setúbal é já referência e apresenta fortes indícios de crescimento.
"Com a duração de dois anos, ambos os cursos conferem diploma de Técnico Superior Profissional e garantem a frequência de um estágio, em articulação com as entidades parceiras, nomeadamente as empresas turísticas da região e a multinacional francesa Lauak, cuja unidade de Grândola, que produzirá vários tipos de componentes para a indústria aeronáutica, está prestes a operar", refere o Politécnico de Setúbal em comunicado.

Autarquia quer dar preferência aos jovens do concelho 
Segundo palavras de António Figueira Mendes, presidente da Câmara de Grândola, durante assinatura do protocolo com Instituto Politécnico de Setúbal assinado no verão passado, a autarquia irá "garantir o espaço físico onde vão decorrer os cursos e contribuir com algum equipamento informático", enquanto o Politécnico de Setúbal ficará responsável por fornecer os professores.
Os cursos de Técnico Superior Profissional nas áreas da gestão turística e da produção aeronáutica vão ser ministrados no Centro de Empresas de Grândola.
"Estamos a estudar ainda formas de criar incentivos para os alunos com o 12.º ano de escolaridade puderem candidatar-se, porque nem todas as famílias têm condições financeiras para fazer face às propinas para que os filhos possam frequentar estes cursos" sublinhou.
Apesar de a oferta formativa se dirigir, preferencialmente, aos jovens de Grândola, o autarca admitiu a possibilidade de alargar as candidaturas a outros concelhos do litoral alentejano.
"Uma das questões que se coloca, neste momento, é saber se temos mesmo em Grândola alunos suficientes para estes dois cursos", frisou António Figueira Mendes, em Julho do ano passado.
De acordo com o autarca, serão criadas duas turmas num total de 40 alunos e os cursos terão a duração de dois anos letivos.
A Lauak, empresa multinacional francesa, está a desenvolver em Grândola um projeto para produzir, a partir de 2019, componentes para a indústria aeronáutica, estando prevista a criação de cerca de 250 postos de trabalho nos primeiros dois anos de laboração.
A fábrica tem três linhas autónomas de produção e vai produzir peças do avião A320 da Airbus.

Agência de Notícias
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Gastronomia levou milhares à beira-rio na Mourisca

Os melhores sabores do Sado regados com alegria e apimentados com música 

Trinta mil pessoas passaram nos dias 23, 24 e 25 de Agosto pela Festa do Moinho de Maré da Mourisca, realizada no Faralhão, concelho de Setúbal, que proporcionou animação com gastronomia, artesanato, música, dança e atividades desportivas. Ostras, mariscos, choco frito, feijoada de choco, arroz de lingueirão, pipis e pica-pau foram alguns dos petiscos servidos com vista para o rio Sado nas tasquinhas de gastronomia, um dos principais pontos de interesses do certame, realizado na Herdade da Mourisca. Um momento alto da 20.ª edição da Festa do Moinho de Maré da Mourisca foi o 19.º Concurso Gastronómico, em que as diversas tasquinhas dinamizadas pelo movimento associativo das freguesias do Sado e de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra disputaram a eleição do melhor prato.
Gastronomia do Sado uniu setubalenses na Mourisca 

O Estrelas do Faralhão Futebol Clube venceu com “Feijoada do Rio” e em segundo lugar ficou o “Bacalhau à Moinho”, confecionado pela União Desportiva e Recreativa das Pontes.
O “Segrego do Rio”, do Agrupamento 1359 – Sado, do Corpo Nacional de Escutas, além de conquistar o terceiro lugar, foi considerado o prato com melhor apresentação.
Já os melhores doces e licores apresentados nos stands de produtos regionais concorreram ao 14.º Concurso de Doçaria e ao 14.º Concurso de Licores.
Na doçaria, ganhou a União Desportiva e Recreativa das Pontes, com “Delícia Laranja com Moscatel”, que conquistou, igualmente, o prémio de doce com melhor apresentação.
A “Tarte de Amêndoa”, do Estrelas do Faralhão Futebol Clube, e o “Crumble de Maçã Riscadinha”, da Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, conquistaram o segundo e terceiro postos, respetivamente, na eleição dos melhores doces.
O licor de figo, produzido pela União Desportiva e Recreativa das Pontes, venceu o Concurso de Licores que atribuiu os segundo e terceiros prémios, respetivamente, ao licor de chá príncipe, do Estrelas do Faralhão Futebol Clube, e ao licor de ginja, da Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra.
A Festa do Moinho de Maré da Mourisca, organizada pela Comissão de Festas do Moinho de Maré da Mourisca, Câmara Municipal de Setúbal e juntas de freguesia do Sado e de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, com diversos apoios, contou com um leque diversificado de atividades.

Noites de música e alegria junto ao Sado 

A noite de abertura, a 23, contou com atuações do conjunto Os Marafados e do cantor Jorge Nice e terminou com um baile conduzido por Nicole Viviane.
No dia 24, a tarde foi animada por jogos de malha corrida e um torneio de chinquilho.
A música esteve a cargo de Carina Martins e do conjunto típico Os Alcorrazes. A fechar a noite, houve baile com Fátima Dias.
O último dia das festas, 25, começou com um passeio pedestre, a partir da sede da Junta de Freguesia do Sado, e um passeio de BTT, com saída do recinto. Às 11 horas foi celebrada uma missa campal.
Na parte da tarde, houve uma aula de zumba e dança com os ranchos folclóricos da Arrentela e do Forninho e as sevilhanas da União Desportiva e Recreativa das Pontes. A partir das 21 horas, o recinto recebeu o grupo de música Banza.
Na cerimónia oficial de encerramento da 20.ª Festa do Moinho de Maré da Mourisca foram entregues os prémios aos vencedores dos concursos de gastronomia, doçaria e licores.
A noite terminou com a atuação da fadista Susana Martins e com um baile conduzido por André Patrão.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

ZimbraMel voltou a ser um sucesso em Sesimbra

 Meia centena de expositores e milhares de visitantes na feira do mel 

A XXI edição da ZimbraMel – Feira do Mel da Península de Setúbal, que decorreu entre 23 e 25 de Agosto, no Parque Augusto Pólvora, na Maçã, concelho de Sesimbra, voltou a ser um sucesso e contou com um número recorde de expositores, cerca de meia centena. Tal como em edições anteriores, marcaram presença apicultores do concelho e da região, produtores locais de pão, doçaria, queijo da Azoia, Figo-da-Índia, ou artesanato, sem esquecer a Oficina das Abelhas, um espaço dedicado às crianças, que ofereceu várias atividades para os mais novos. 
Feira do Mel voltou a atrair milhares de visitantes 

Para além dos stands, a feira contou com várias unidades de restauração e bebidas, igualmente muito concorridas, até pelas propostas originais que apresentaram. Merece ainda destaque o concurso de mel, ao qual foram apresentadas 13 amostras de vários apicultores.
Outros dos atrativos desta edição foram os espetáculos musicais que animaram as tardes e noites. Aliás, na sexta e no sábado, a feira encerrou para lá do horário previsto devido à grande afluência de público, o que também se refletiu positivamente, tanto nas vendas dos expositores, como nos produtos patentes no stand YES Sesimbra que despertou enorme curiosidade junto dos visitantes, e registou uma enorme afluência ao longo dos três dias.
Em termos globais, "o balanço é muito positivo", como aliás, foi sublinhado pelo vereador Sérgio Marcelino, após a cerimónia de entrega dos prémios dos concursos de mel e de desenho infantil. O autarca agradeceu ainda a todos os que contribuíram para o sucesso da feira.
A ZimbraMel 2019 foi organizada pela Câmara de Sesimbra, Junta de Freguesia do Castelo e Associação de Apicultores da Península de Setúbal.

Agência de Notícias com Câmara de Sesimbra
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Carros e casa atingidos por tiros em Paio Pires

Não há vítimas ou feridos a registar. Autoridades tentam perceber se existiu troca de tiros entre grupos rivais.

Um tiroteio teve lugar esta terça-feira ao final da tarde em Paio Pires, Seixal, num ajuste de contas na sequência, ao que tudo indica, de desacatos numa marisqueira no passado fim de semana que deixaram uma grávida ferida. Os suspeitos estão em fuga e armados. A GNR procura os atiradores envolvidos. Segundo testemunhas no local, mais de 50 tiros de caçadeira foram ouvidos. Recorde-se que dois grupos rivais envolveram-se em desacatos, na passada sexta-feira.
Autoridades investigam tiroteio 

Disparos com arma de fogo foram efetuados na noite de hoje na via pública na Aldeia de Paio Pires, concelho do Seixal, Setúbal, disse à Lusa fonte da GNR, referindo que não existem vítimas a registar.
“A informação que temos é que foram efetuados disparos com arma de fogo na Aldeia de Paio Pires. Não temos ainda a confirmação se chegou a haver uma troca de tiros entre grupos, se foram tiros efetuados para o ar ou disparos em direção a alguém”, afirmou a fonte da GNR.
Segundo a mesma fonte, os disparos não causaram qualquer vítima, existindo apenas a registar danos numa habitação.
“Estamos a tentar averiguar quem foram os autores dos disparos e que tipo de arma ou armas foram utilizadas. A Polícia Judiciária já foi chamada ao local”, acrescentou.
Ao que a comunicação social conta, tratou-se de um ajuste de contas depois de distúrbios numa cervejaria na passada sexta-feira, quando dois grupos - com cerca de dez pessoas cada - se encontravam a jantar. Na altura, um dos grupos terá mandado um piropo à mulher do proprietário da Cervejaria Ponto Verde e o outro defendeu a mulher.
Os dois grupos agrediram-se mutuamente, tendo várias pessoas sido assistidas no hospital. Apesar da polícia ter sido chamada ao local, não houve detenções.
Esta sexta-feira, os suspeitos descobriram onde mora o proprietário da cervejaria e, no local, dispararam contra a habitação com caçadeiras. Os vizinhos ouviram os tiros e chamaram a GNR, mas à chegada ao local os suspeitos já tinham fugido. A TVI diz que o proprietário da cervejaria manteve-se dentro de casa e não ficou ferido.
No local, estão militares do Destacamento Territorial de Almada, com patrulhas da Costa de Caparica, Paio Pires e Fernão Ferro. A Polícia Judiciária foi chamada ao local está a investigar e a procurar os suspeitos dos disparos.

[ + ]

Palmela prepara-se para celebrar as Vindimas

Vila celebra tradição vitivinícola de 29 de Agosto a 3 de Setembro 

A Câmara de Palmela espera “muitos milhares de visitantes” na 57ª edição da Festa das Vindimas, que vai realizar-se entre os dias 29 de Agosto e 3 de Setembro. Expensive Soul, Ala dos Namorados, Carlão, Bárbara Bandeira e Marta Ren são alguns dos nomes que compõem o cartaz musical do certame. O evento vai contar com momentos tão marcantes e tradicionais como a eleição da Rainha das Vindimas, o Cortejo dos Camponeses, a Pisa da Uva e a Bênção do 1.º Mosto e os Cortejos alegóricos diurno e nocturno. A Festa das Vindimas aposta ainda na gastronomia e nos produtos locais, bem como no desporto, na cultura e na animação infantil. O certame é organizado pela Associação de Festas de Palmela – Festa das Vindimas, com o apoio da Câmara de Palmela, este ano dedicada aos 10 anos da Cidade do Vinho. 
Festas arrancam na quinta-feira 

Para muitos a última quarta-feira do mês de Agosto representa o início da Festa da Vindimas. Em nome da vinha, do vinho, da uva e, sobretudo, em nome, de uma Palmela com tradição e dos homens e das mulheres que fazem a vindimas por essas vinhas a perderem de vista. Hoje em dia, as Festas das Vindimas, são um evento que leva até à vila peregrinações de gente de todos os lados do País.
Este ano, a 57.ª edição está marcada entre 29 de Agosto e 3 de Setembro. Aliás, ainda no dia 28 é eleita a rainha das Vindimas. Em nome deste emaranhado de coisas e sentimentos, a eleição da Rainha das Vindimas é, desde os primeiros tempos das festas imaginadas por Álvaro Cardoso e Jacinto Pereira, o momento mais alto da “cultura palmelense”. Maria Angelina Rodrigues abriu a galeria mágica das rainhas em 1963. Depois dela a galeria foi crescendo e as meninas de Palmela e tudo há volta trazem nos sonhos e nos olhos a “secreta esperança” de serem, por um ano, a Rainha das Vindimas.
A partir daí, são seis dias de festa, 24 horas por dia. A organização espera este ano muitos milhares de visitantes, que, todos os anos animam “esta celebração da cultura da vinha e do vinho, fortemente enraizada nesta região”.
Na quarta-feira, no Cineteatro S. João, será coroada uma nova rainha que, no dia seguinte, após o corte simbólico do cacho de uvas, dará início à 57.ª edição da Festa das Vindimas.
Ao longo dos seis dias do certame, Palmela volta a viver alguns dos seus momentos mais emblemáticos, como os Cortejos dos Camponeses e das Vindimas e a Pisa da Uva e Bênção do Primeiro Mosto, com o aguardado anúncio do grau esperado para a colheita de 2019.
Destaque, também, para a Cerimónia de Entrega de Prémios do Concurso Internacional das Cidades do Vinho, no dia 1 de Setembro.
O programa musical contará com as actuações, no Palco Principal, dos Expensive Soul, Ala dos Namorados, Carlão, Bárbara Bandeira e Marta Ren, entre outros, a par da animação no Palco Adegas Wine Lounge e no Polidesportivo da Terra do Pão, estando o Cineteatro S. João, dedicado às filarmónicas.
O programa integra também iniciativas de divulgação e degustação de vinhos, fabrico de Pão Tradicional e Pão de Maçã Riscadinha, provas desportivas, como o Torneio de Xadrez, a Rampa das Vindimas ou o Troféu de Orientação, Baptismos de Mergulho, Passeios Equestres, Burricadas, entre muitas outras actividades.Nesta edição, as famílias poderão ainda usufruir de um espaço de baby sitting, a funcionar nas instalações da Biblioteca Municipal de Palmela.
A Eleição da Rainha das Vindimas, da Pisa da Uva e Bênção do 1º Mosto, do Cortejo dos Camponeses, dos Cortejos Alegóricos e do Espetáculo Pirotécnico no Castelo, são alguns dos momentos mais simbólicos desta festa, que se orgulha de conjugar "tradição e modernidade".

Programa das Festas das Vindimas
28 de Agosto

21h30 | Cineteatro S. João
Gala de Eleição da Rainha das Vindimas 2019
Espetáculo com Wanda Stuart
DJ Pedro Luso
Marcha das Vindimas 2019
Letra: Bruno Contente, Música: José Condinho, Intérprete: Cristina Delícias e Funparra

29 de Agosto
19h30 | Paços do Concelho, Largo do Município
Cocktail de Receção às Entidades Oficiais
Com Vinhos da Península de Setúbal
20h00 | Paços do Concelho, Largo do Município
Inauguração Oficial
Viva il Vino
Isabel Biu, Soprano, e Bruno Almeida, Tenor
21h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Os Alcorrazes
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - André Patrão
22h30 | Palco Principal
Ala dos Namorados
00h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Funkology
00h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros

30 de Agosto
9h00
Arruada - Gaiteiros do Círio dos Olhos d’Água
18h00 | Largo de S. João
Pôr do Sol N’Adega
Fabrico de Pão Tradicional e Pão de Fogaça e sua harmonização com os Vinhos da Península de Setúbal
Coorganização: Moinhos Vivos de Palmela e Quinta do Piloto
19h00 | Recinto da Festa
A Música Sai à Rua - Funparra
Animação itinerante
20h00 | Largo de S. João
Dança ao Largo
Flash Mob - Inspira Atitude & African Dance Roots
21h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Espetáculo Equestre
Centro Hípico Crinus
21h00 | Cineteatro S. João
Symphonic Youth Wind Ensemble Baden-württemberg (Alemanha)
Direção Musical: Felix Hauswirth
22h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Animação com DJ Paulo Filipe
Ritmos Latinos
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - Flávio Oliveira
23h00 | Palco Principal
Marta Ren & The Groovelvets
1h00 | Palco Principal
Brazil Dub
1h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
1h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Não Há 2 Sem 3

31 de Agosto
9h30 | Av. dos Bombeiros Voluntários de Palmela (concentração)
Passeio a Cavalo
Visitas à Quinta dos Canastras e Espaço Fortuna
Coorganização: Tertúlia Vira Copos
12h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Tarde do Garrafão
Animação com Telmo Falcão
Coorganização: Tertúlia Vira Copos
14h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Burricadas
Coorganização: Moinhos Vivos de Palmela
15h00 | Miradouro do Castelo
I Troféu Drone Racing Vindimas - Fase de Qualificação
Coorganização: APDRONE
Sujeito a inscrição prévia para geral@apdrone.pt
15h00 | Largo de S. João
Batismos de Mergulho
Coorganização: Palmela Desporto, E.M.
15h00 | Foyer do Cineteatro S. João
III Torneio de Xadrez
Coorganização: Palmela Desporto, E.M.
Sujeito a pré-inscrição
16h00 | Rua dos Aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral
IV Rampa das Vindimas
Coorganização: Ciclomania
Sujeito a inscrição prévia para ciclomaniapalmela@gmail.com
17h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Vacada
17h30 | Campo Cornélio Palma - PFC (partida)
XIV Troféu de Orientação das Vindimas
Participação gratuita
Mais informações em: oriespalmela.blogspot.pt
Coorganização: ES de Palmela e ES de Pinhal Novo
Sujeito a inscrição prévia para josep.pinho@espalmela.net
18h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Espetáculo Equestre
Centro Hípico Crinus
19h00 | Recinto da Festa
A Música Sai à Rua - Funparra
Animação itinerante
21h00 | Miradouro do Castelo
I Troféu Drone Racing Vindimas - Finais
Coorganização: APDRONE
21h00 | Cineteatro S. João
Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”
Banda de Música e Grupo Coral
Direção Musical: Maestro Pedro Ferreira e Maestrina Filipa Palhares
21h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Espetáculo Equestre
Centro Hípico Crinus
22h00 | Palco Adegas Wine Lounge
The Peakles
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - Rudi França
23h00 | Palco Principal
Bárbara Bandeira
1h00 | Palco Principal
Puro Rock & Convidados
1h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
1h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Animação com DJ Pedro Monchique

1 de Setembro
9h00
Arruada
Gaiteiros do Círio dos Olhos d’Água
9h00-20h00 | Centro Paroquial de Palmela - Igreja de S. Pedro
Colheita de Sangue
Coorganização: Núcleo de Dadores de Sangue dos Bombeiros de Palmela e Instituto Português do Sangue
10h00 | Largo do Chafariz D. Maria I (partida)
Cortejo dos Camponeses
Rancho Folclórico de Rio Frio
Rancho Folclórico do Forninho
Cavalinho da Sociedade Filarmónica Humanitária
10h00 | Largo de S. João (partida)
19.º Passeio Motard das Vindimas
Pelo Concelho de Palmela e visita às caves da Adega Cooperativa de Palmela
Coorganização: Moto Clube de Palmela
11h00 | Igreja Matriz de S. Pedro
Pisa da Uva e Bênção do 1.º Mosto
Participação da Confraria do Moscatel de Setúbal
12h00 | Igreja Matriz de S. Pedro
Missa de Ação de Graças
Transmissão em direto no som de linha da Festa para a Vila de Palmela
16h00 | Biblioteca Municipal de Palmela
Cerimónia de Entrega de Prémios do Concurso Internacional das Cidades do Vinho
Aos produtores de Palmela vencedores da edição de 2019
16h00 | Largo de S. João
Dança ao Largo - Festival de Folclore
Rancho Folclórico de Rio Frio e Rancho Folclórico do Forninho
17h00
Cortejo das Vindimas 2019
Palmela 10 Anos Cidade do Vinho
Criatividade/Projeto: José Condença
Carpintaria: Rogério Afonso e Francisco Cavaco; Figurinos: Amílcar Caetano e Júlia Bronze; Pintura e Decoração: José Alberto Reis, Rafael Afonso e Acácio Silva; Eletricidade: José Dias
18h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Batismos Equestres
18h30 | Biblioteca Municipal de Palmela
Pôr-do-sol N’Adega
Moscatel Tasting Experience (2.ª Edição)
Tributo à enologia e prova comentada - trilogia
Coorganização: Nature-Affairs
Sujeito a inscrição prévia para info@nature-affairs.com
19h00 | Recinto da Festa
A Música Sai à Rua - Funparra
Animação itinerante
19h30 | Largo de S. João
Jogo do Pau
21h00 | Largo de S. João
Sons do Douro
Com o apoio de Peso da Régua - Cidade do Vinho 2019
21h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Demonstração Equestre
22h30 | Palco Principal
Expensive Soul & The Jaguar Band
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - Baile a Baile
23h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Carapaus, Azeite & Alho
00h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
1h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Animação com DJ Martek

2 de Setembro
9h00
Arruada
Gaiteiros do Círio dos Olhos d’Água
10h30 | Largo de S. João
Demonstração Equestre e dos Meios Cinotécnicos da GNR
17h00 | Largo de S. João
Batismos de Voo Drone
Coorganização: APDRONE
17h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
18h00 | Espaço Adegas Wine Lounge
Entrega de Prémios do Concurso “A Melhor Vinha 2019”
19h00 | Recinto da Festa
A Música Sai à Rua - Funparra
Animação itinerante
20h00 | Largo de S. João
Dança ao Largo
Escola de Sevilhanas & Flamenco SFH
21h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Demonstração Equestre
Centro Hípico Crinus
21h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Animação com DJ George Dee
21h00 | Cineteatro S. João
Sociedade Filarmónica Humanitária
Banda de Música
Direção Musical: Délio Gonçalves
21h30 | Palco Principal
Chá do Chile
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - Irmãos Cabanas
22h30 | Palco Principal
Carlão
00h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Funil & Abelhinha
00h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros

3 de Setembro9h00
Arruada
Gaiteiros do Círio dos Olhos d’Água
18h00 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
19h00
Revelação dos Prémios do Concurso Melhor Castelão - Escolha do Consumidor
Coorganização: AVIPE
19h30
Dueto - Moscatel de Setúbal & Moscatel do Douro
Harmonização gastronómica com dueto de Moscatéis
21h00 | Palco Adegas Wine Lounge
X-acto
22h00 | Palco Principal
Supa Squad
22h00 | Polidesportivo da Terra do Pão
Baile da Uva “Mijona” - Eurico André
23h00
Cortejo Noturno das Vindimas 2019
Palmela 10 Anos Cidade do Vinho
Criatividade/Projeto: José Condença
Carpintaria: Rogério Afonso e Francisco Cavaco; Figurinos: Amílcar Caetano e Júlia Bronze; Pintura e Decoração: José Alberto Reis, Rafael Afonso e Acácio Silva; Eletricidade: José Dias
00h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Jorge Nice
00h30 | Av. Rainha D.ª Leonor
Largada de Touros
1h00
Simulacro de Incêndio do Castelo de Palmela
1h30 | Palco Principal
Miguel Azevedo e Sua Banda
2h00 | Palco Adegas Wine Lounge
Animação com DJ Pedro Luso



[ + ]

Recolha porta a porta avança em Almada, Seixal e Sesimbra

Amarsul investe 10 milhões na recolha selectiva de resíduos recicláveis

A Amarsul vai investir 10 milhões de euros em novos projectos de recolha de resíduos recicláveis em Setúbal, no âmbito do projecto “Reciclar Doce Reciclar”, que deverá aumentar em 15 por cento a recolha selectiva até final deste ano, foi anunciado. A Amarsul é responsável pela valorização e tratamento de resíduos sólidos em nove municípios da península de Setúbal, sendo detida pela Empresa Geral de Fomento (51 por cento) e por estas autarquias. O projecto “Reciclar Doce Reciclar”, cofinanciado pelo  Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, visa aumentar e optimizar as quantidades de recicláveis separados na origem, designadamente nas áreas já servidas pela recolha porta a porta de resíduos indiferenciados nos municípios de Almada, Seixal e Sesimbra.
Recolha porta a porta decorre em três municípios 

Para facilitar a separação de resíduos nos lares abrangidos, a Amarsul disponibiliza gratuitamente dois contentores, um para deposição de papel e outro para embalagens metálicas e plástico, de modo a que o processo de separação de resíduos seja mais simples e confortável para os cidadãos.
Segundo o comunicado da empresa, está prevista a disponibilização de um total de 51.300 contentores nas zonas onde a recolha de resíduos indiferenciados também seja feita em regime porta a porta nos três municípios, Almada, Seixal e Sesimbra, iniciativa que será posteriormente alargada aos restantes municípios da península.
A Amarsul salienta ainda que, desde o final de 2018, tem vindo a reforçar a sua rede de ecopontos, aproximando os contentores para recicláveis da população, de modo a tornar mais cómoda a separação e deposição destes resíduos.
Até ao final de 2019, a Amarsul prevê que sejam distribuídos mais 8.320 contentores de recolha de resíduos, incluindo 1.560 ecopontos e 1.582 vidrões, o que obrigou à aquisição de três viaturas para a recolha de resíduos do comércio e serviços e 15 para recolha doméstica, além da admissão de novos trabalhadores.
A empresa está ainda a promover acções de sensibilização das populações para a importância da separação de resíduos recicláveis na origem, que permite encaminhar menos resíduos para aterro e, consequentemente, ter menos taxas pagas pela deposição de resíduos por parte dos municípios.

Agência de Notícias com Lusa
Leia outras notícias do dia em 

[ + ]

Teatro invade cidade de Setúbal até 1 de Setembro

A Festa do Teatro “é um sonho que se está a cumprir”

O Festival Internacional de Teatro de Setúbal – XXI Festa do Teatro começou no dia 22 de Agosto no Convento de Alferrara, na Quinta de São Paulo, numa cerimónia que contou com um apontamento musical por Martim Lota & Micaela Castanheira. Até 1 de Setembro, o teatro invade vários equipamentos e espaços públicos da cidade, com “propostas artísticas inovadoras” que apostam na “variedade de estéticas e abordagens” e que fazem deste certame “um dos principais acontecimentos culturais em Setúbal”, destacou o vereador Ricardo Oliveira.
Música abriu festival de Teatro 

O autarca sublinhou, igualmente, o esforço e a dedicação do Teatro Estúdio Fontenova para “comemorar condignamente” a 21.ª edição da Festa do Teatro com um programa eclético, que inclui espetáculos cénicos de sala e de rua, cinema, atuações musicais, encontros, um seminário intensivo sobre expressão dramática e exposições.
Ao todo, são quatro dezenas de atividades, com propostas de companhias de Portugal, Brasil, Chile, República Checa, França e Espanha, que vão percorrer a cidade com espetáculos em salas e noutros recintos e espaços ao ar livre.
A itinerância, uma das imagens de marca do evento, “é um aspeto que a Câmara Municipal considera muito importante, por facilitar o acesso à cultura e à fruição”, frisou Ricardo Oliveira.
Por todos estes motivos, o vereador garantiu que a autarquia, que financia a Festa do Teatro com uma fatia importante do orçamento destinado à promoção de eventos culturais, vai continuar a ser parceira do Teatro Estúdio Fontenova na organização do festival.
Além do apoio concedido anualmente pela Câmara Municipal, o Teatro Estúdio Fontenova conta com um financiamento por parte da Direção-Geral das Artes, o qual Ricardo Oliveira espera que “se mantenha e alargue”.
O autarca recordou que em Setúbal o teatro dispõe de diversas companhias profissionais e amadoras, servidas de uma rede de equipamentos que a Câmara Municipal tem vindo a abrir e a remodelar, num “investimento sem precedentes feito a pensar nos setubalenses e em Setúbal”.
Passados 24 anos da realização da primeira edição, no verão de 1995, a Festa do Teatro “é um sonho que se está a cumprir”, referiu o diretor do Teatro Estúdio Fontenova, José Maria Dias.
O certame, que é “um palco aberto ao mundo das artes performativas”, tem vindo a crescer de ano para ano, com “apostas de sucesso, como a Secção Mais Festa, que abre as portas a jovens criadores e a novos projetos teatrais, que usufruem da logística e promoção do certame”.
A formação de novos públicos e o desenvolvimento da capacidade crítica são outros contributos da Festa de Teatro que “enchem de orgulho a organização”, destacou José Maria Dias.
O diretor do Teatro Estúdio Fontenova evidenciou, igualmente, a importância das parcerias, nomeadamente da Câmara Municipal, coorganizadora do evento com o Teatro Estúdio Fontenova, da Direção-Geral das Artes, da Escola Secundária Sebastião da Gama, local onde além de decorrerem vários espetáculos está instalado o refeitório e serviços de apoio ao festival, a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra e a Associação de Municípios da Região de Setúbal.

Teatro do Brasil e do Chile chegam esta semana 
A XXI Festa do Teatro apresenta 15 espetáculos na Secção Oficial e outros 15 na Secção Off Mais Festa, dos quais oito a concurso e sete extraconcurso.
Dois concertos, uma mostra de curtas-metragens, conversas de teatro, duas exposições e um seminário intensivo marcam, igualmente, o programa do certame.
Além da cerimónia de abertura, o primeiro dia do festival contou com a apresentação do espetáculo cénico “Entremezes do Cordel”, pelo Teatro das Beiras, no Largo do Sapalinho, e um concerto pela artista brasileira Ana Maria Carvalho, que decorreu defronte da Casa da Cultura.
Quanto às companhias brasileiras, além das apresentações de hoje pelo Grupo Manuí, a Companhia Músico-Teatral Letras de Rosa leva a cena “A terceira margem do rio: a de dentro”, no dia 27. Ambos têm início às 19 horas, no auditório da Escola Secundária Sebastião da Gama.
Já o Núcleo Experimental em Movimento apresenta, a 30, às 17 horas, na Escola Secundária Sebastião da Gama, o espetáculo “O Lá – Sobre viver em quadrados” e a companhia Rosas Periféricas leva a cena, duas horas depois, no mesmo local, “Labirinto Selvático”.
No dia seguinte, 31, às 22 horas, os chilenos Escenafisica apresentam “La Metamorfosis”, no ginásio da Sebastião da Gama.
A XXI Festa do Teatro mantém a Secção Off Mais Festa, a qual abre as portas a jovens criadores e a novos projetos teatrais, que usufruem da logística e promoção do certame.
A entrada para os espetáculos da Secção Oficial tem um custo de oito euros. Os estudantes, menores de 25 e maiores de 65 anos pagam seis.
Na Secção Off “Mais Festa”, os bilhetes não têm preço definido, embora se peça aos espetadores convidados que façam uma contribuição solidária para os artistas intervenientes.
Os restantes eventos são de entrada gratuita.
Mais informações podem ser consultadas no website do Teatro Estúdio Fontenova, acessível em www.teatroestudiofontenova.com.
As reservas para as apresentações no Fórum Municipal Luísa Todi são efetuadas na bilheteira e para os restantes espetáculos através dos contactos telefónicos 265 233 299 e 927 718 386.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Charneca de Caparica vai ter Ensino Secundário

Avança expansão da Escola Básica Carlos Gargaté

A Câmara de Almada e o Ministério da Educação assinaram um Acordo de Colaboração para a realização de obras de requalificação e modernização da Escola Básica Carlos Gargaté, na Charneca de Caparica. Com esta intervenção os jovens desta freguesia passam a ter resposta ao nível do Ensino Secundário. O plano prevê que as obras decorram em 2020 vindo assim a o encontro do desejo da população da Charneca de Caparica, uma das localidades do concelho de Almada que regista maior taxa de natalidade. Para a diretora deste estabelecimento de ensino, Graça Carvalha, este entendimento entre a autarquia e o Ministério da Educação é mais do que bem-vindo, porque “há quatro legislaturas que esperávamos que este dia chegasse”.

Ensino Secundário chega à Charneca em 2020 

Está assinado o Acordo de Colaboração entre a Câmara de Almada e o Ministério da Educação que vai garantir uma resposta ao nível do Ensino Secundário na Charneca de Caparica. As obras de requalificação e modernização da Escola Básica Carlos Gargaté vão ser executadas em 2020.
O objetivo é garantir uma resposta ao nível do Ensino Secundário na Charneca de Caparica, um anseio antigo dos charnequenses, nomeadamente dos jovens em idade escolar, e proporcionar melhores condições para a comunidade escolar local.
Com a assinatura do Acordo de Colaboração, Administrações Local e Central, num esforço conjunto, garantem uma oferta de instalações de Ensino Secundário nesta freguesia do concelho de Almada, uma das maiores do País e que se apresenta em pleno crescimento populacional, com uma das maiores taxas de natalidade.
Durante a cerimónia, a diretora do Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté, Graça Carvalha, aproveitou para "agradecer ao Ministério da Educação e à Câmara de Almada", porque "há quatro legislaturas que esperávamos que este dia chegasse".
Já o secretário de Estado da Educação, João Costa, destacou a "grande persistência que houve da parte da Câmara de Almada para que esta escola fosse uma das que estava no mapa das intervenções a fazer".
O governante afirmou ainda que "este é um momento duplamente importante, porque é uma requalificação, necessária e há muito pedida, mas é sobretudo, uma expansão para que o Ensino Secundário aqui possa, finalmente, ser uma realidade".
O vice-presidente da Câmara de Almada, João Couvaneiro, realçou que "só congregando esforços, com a Direção Regional da Educação, o Ministério da Educação, o Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté, a União de Freguesias da Charneca de Caparica e Sobreda e a Câmara Municipal, seria possível concretizar um objetivo partilhado por todos". 
"Quando nós criamos aqui, na freguesia da Charneca de Caparica, uma resposta de Ensino Secundário estamos a dar, a cada um destes jovens, qualidade vida e oportunidades para que eles se desenvolvam", concluiu o autarca almadense.

Agência de Notícias com Câmara de Almada 
Leia outras notícias do dia em 

[ + ]

Alteração no trânsito promete melhor circulação em Setúbal

Circulação otimizada nos Ciprestes alivia bairros circundantes

A envolvente à Avenida dos Ciprestes, o mais castigado acesso rodoviário a Setúbal, que junta parte do trânsito que chega da auto-estrada ao que entra pela Estrada Nacional (EN) 252 do lado de Palmela, tem um novo esquema de circulação que pretende melhorar as acessibilidades àquela zona da cidade. O novo modelo de trânsito inclui uma nova via, que abre um novo acesso ao populoso Bairro do Liceu, e redirecciona a circulação numa lógica giratória com uma redefinição de sentidos que transforma quatro quarteirões num complexo de outras tantas rotundas. Com esta alteração, a Câmara de Setúbal pretende melhorar a circulação na zona da cidade que tem sido mais afectada por congestionamentos nos últimos anos. As filas às horas de ponta, sobretudo na Avenida da Europa, foram um martírio para os moradores de alguns bairros próximos da Avenida Rodrigues Manito.
Nova reorganização do trânsito entrou em funcionamento 

O novo esquema de circulação implementado na entrada norte da Avenida dos Ciprestes, com o objetivo de otimizar o fluxo e as acessibilidades rodoviárias naquela área da cidade, está em funcionamento desde a manhã de dia 22 de Agosto.
A abertura do prolongamento da Avenida de Moçambique é uma das novidades deste novo esquema de circulação rodoviária, desenvolvido e executado pela Câmara de Setúbal no âmbito do estudo urbanístico do futuro Parque Urbano da Várzea e Zona Envolvente.
"Este novo troço de via, localizado a norte do futuro equipamento de lazer da cidade, que agora permite a ligação rodoviária e pedonal à Avenida dos Ciprestes, foi criado ao abrigo de um protocolo de colaboração celebrado entre a autarquia e a Lidl", diz a Câmara sadina em comunicado.
Outra das novidades desta reformulação viária que melhora a fluidez do tráfego automóvel naquela zona, incluindo "as acessibilidades ao Bairro do Liceu, diz respeito à alteração do esquema de circulação na Avenida dos Ciprestes, no troço compreendido entre a Avenida Avelar Brotero e a interseção com a Avenida de Moçambique", refere o mesmo comunicado.
Neste troço da Avenida dos Ciprestes, o trânsito automóvel tem agora um único sentido na circulação, concretamente sul/norte (em direção a Palmela), garantindo um maior fluxo para os automobilistas provenientes da Avenida dos Ciprestes e também da Avenida Avelar Brotero.
"Esta alteração implica que o trânsito proveniente do sentido norte/sul (em direção a Setúbal) circule pelo prolongamento da Avenida de Moçambique e também por um novo troço da via da Várzea, paralelo ao futuro Parque Urbano da Várzea, e que também tem ligação à Avenida dos Ciprestes", diz a autarquia.
Esta nova ligação da via da Várzea à Avenida dos Ciprestes "permitiu a criação de um quarteirão giratório, solução que garante aos automobilistas que circulem pelo prolongamento da Avenida de Moçambique, no sentido poente/nascente, o acesso à Avenida dos Ciprestes no sentido de circulação sul/norte", sublinha a autarquia sadina.
No primeiro dia de funcionamento do novo modelo não houve congestionamentos, mas ainda é cedo para perceber a eficiência porque em período de férias, incluindo lectivas, o volume de trânsito naquela zona da cidade, em que existem muitas escolas, ainda é relativamente reduzido.
“Correu bem, este primeiro dia, tivemos acompanhamento da PSP e não houve reclamações dos moradores”, diz  fonte do gabinete da presidência da autarquia,  acrescentando que o novo modelo melhora a situação de “várias zonas e bairros que não estavam devidamente conectados”.
Esta zona de Setúbal que tem agora novo sistema rodoviário integra o projeto Urbanístico e Ambiental da Várzea, cuja primeira fase está quase concluída, e que vai fazer nascer o maior parque público da cidade.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Passe único chega ao Litoral Alentejano

Passes mais baratos para quem viaja do Alentejo Litoral para Lisboa, Algarve e Évora

Os utentes dos transportes públicos rodoviários no litoral alentejano vão poder viajar, a partir de Setembro, para a Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo Central e Algarve por um valor máximo de 40 euros, foi anunciado na semana passada. De acordo com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral,  a medida abrange os utentes dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines, no distrito de Setúbal, e Odemira (Beja), com assinaturas de linha da Rodoviária do Alentejo. Passes que custam 150 euros vão, a partir de 1 de Setembro, custar 40 euros.
Medida entra em vigor já em Setembro 

“As pessoas que hoje pagam 150 euros de passe vão passar a pagar 40 euros, traduzindo-se numa redução com algum significado para o rendimento dos utentes que, por razões de emprego, têm de se deslocar para a Área Metropolitana de Lisboa”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, Vítor Proença.
No caso dos utentes do litoral alentejano que se deslocam para o Algarve, a redução “abrange, sobretudo, o município de Odemira, tendo em conta que há pessoas que se deslocam para Aljezur, Lagos e Portimão”.
“No Alentejo Central abrange as deslocações para Montemor-o-Novo e Évora para quem eventualmente tenha passe”, acrescentou o autarca.
A redução tarifária entra em vigor em Setembro e contempla os utentes que se inscreverem na plataforma 'online' da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, onde se podem registar ou ter acesso imediato à renovação do passe com os novos valores a partir de setembro, explicou o também presidente da Câmara de Alcácer do Sal.
A cerimónia de assinatura dos contratos para a redução dos tarifários nos transportes entre a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, a AML, que abrange 18 municípios dos distritos de Setúbal e Lisboa, Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, que contempla o distrito de Évora, e a Área Metropolitana do Algarve realizou-se no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Alcácer do Sal.
De acordo com Vítor Proença, a redução tarifária representa "um passo importante no plano da descarbonização e no combate às alterações climáticas”.
“Há pessoas que utilizam o seu automóvel para estes movimentos pendulares e podem passar a utilizar o transporte público, contribuindo para o combate às alterações climáticas, além da comodidade”, salientou.
Apesar de considerar que se trata de uma “boa medida” para os utentes do litoral alentejano, o autarca insistiu na necessidade de aplicar a redução tarifária ao comboio, além do “reforço das verbas” no próximo Orçamento do Estado.
“Vamos persistir nas questões relacionadas com a extensão ao comboio, nomeadamente as viagens de longo curso, no reforço das verbas no próximo OE, não só para manter este programa de redução tarifária como ampliá-lo, e na renovação das frotas para que as pessoas sejam transportadas com maior conforto”, concluiu.

Agência de Notícias com Lusa 
Leia outras notícias do dia em 
[ + ]

Detido no Seixal suspeito de raptar portuguesa

Homem está indiciado de agredir violentamente a antiga namorada

O homem suspeito de sequestrar a ex-namorada, que tinha desaparecido na segunda-feira quando passava férias em Saint Pere de Ribes, nos arredores de Barcelona, já foi detido. A informação foi avançada pela Polícia Judiciária através de um comunicado. O indivíduo, de 30 anos, foi detido no Seixal "pela presumível autoria de um crime de sequestro agravado, ofensas à integridade física e violência doméstica", lê-se no documento. Recorde-se que ex-namorado de Margarida Simões, de 24 anos, deslocou-se até Barcelona onde "agrediu e coagiu a vítima", tendo forçado o seu regresso a Portugal "onde continuou a ser agredida violentamente".
PJ prendeu suspeito de rapto de ex-namorada 


A Polícia Judiciária respondeu a um pedido de colaboração das autoridades espanholas e deteve um homem de 30 anos suspeito do sequestro de uma portuguesa de 34 anos em Barcelona. Margarida Simões, de 24 anos, foi dada como desaparecida em Espanha e encontrada na quarta-feira à tarde no Seixal, depois de ter estado três dias em cativeiro em casa do ex-namorado.
Em comunicado, a PJ diz que procedeu à detenção de um homem de 30 anos de idade, pela presumível autoria de um crime de sequestro agravado, ofensas à integridade física e violência doméstica. O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou em prisão preventiva.
Já existiam suspeitas de que a portuguesa tinha sido alvo de violência machista. Rapto terá sido protagonizado pelo ex-namorado, que já tinha sido alvo de uma queixa por violência doméstica.
Segundo uma nota divulgada pela Unidade Nacional Contra Terrorismo, os crimes ocorreram entre segunda e quarta-feira, “tendo o autor se deslocado à zona de Barcelona – Espanha, onde agrediu e coagiu a vítima, uma mulher com 25 anos de idade com quem tivera um relacionamento, obrigando-o a regressar consigo para Portugal, onde continuou a ser agredida violentamente”.
A PJ começou a investigar o caso apenas na quarta-feira à tarde na sequência de um pedido de colaboração por parte das autoridades espanholas, que já apontavam para a suspeita de rapto. Testemunhas tinham relatado à polícia catalã (Mossos d'Esquadra) terem visto um indivíduo a obrigar uma jovem a entrar à força num carro. Com a queixa do desaparecimento da jovem, feita por familiares, as autoridades espanholas relacionaram as duas situações, já que a portuguesa teria ido para casa de parentes em Barcelona exactamente para se afastar do seu ex-namorado, de quem já apresentara várias queixas-crime por violência doméstica. 
Agressões, ameaças de morte e injúrias eram frequentes numa relação intermitente que perdurava há cerca de três anos. 
Face ao perigo que existia para a vítima, a PJ foi rapidamente para o terreno, tendo encontrado o suspeito perto de casa, no Seixal. O mesmo disse que a jovem se encontrava numa garagem ali perto onde costumavam estar, mas quando a polícia lá chegou não a encontrou. Foi já mais tarde, através da Polícia de Segurança Pública, que a PJ descobriu que a vítima tinha “fugido”, ao fim de três dias em cativeiro, da garagem e procurado o apoio da mãe, que vive ali perto e alertou a PSP. Tinha sido, entretanto, reencaminhada para o hospital de Almada, tendo já tido alta.
O detido, um toxicodependente que já é visado em três processos de violência doméstica em que a vítima é a ex-namorada. O suspeito é descrito pela PJ como extremamente agressivo e tendo episódios frequentes de descontrolo.


[ + ]

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010