Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Almada investe em novas viaturas elétricas

Autarquia melhora frota automóvel e reforça limpeza urbana da cidade 

A Câmara de Almada passou a contar com seis novas viaturas ligeiras 100 por cento elétricas, as quais vão substituir outras, de tração convencional, a gasóleo e a gasolina. Os veículos vão ser integrados nos serviços municipais de limpeza urbana e de manutenção de jardins e parques urbanos. De acordo com a autarquia, irão também dar apoio a iniciativas de educação e sensibilização ambiental. De acordo com o vereador dos Espaços Verdes da autarquia, Nuno Matias, estes seis novos veículos 100 por cento elétricos, “são novas respostas que permitem criar melhores condições para os trabalhadores e para serviço que tem de ser realizado”. A Câmara de Almada vai ainda investir mais 1,6 milhões de euros em oito novas viaturas para recolha de lixo doméstico. "Até ao final de 2019, a recolha do lixo doméstico vai contar com oito novas viaturas. O objetivo é promover um serviço de maior qualidade e renovar a frota de veículos", avança a autarquia. 
Almada quer viaturas mais saudáveis e eficazes 

A aquisição destes novos veículos foi cofinanciada pelo Fundo Ambiental, na sequência de uma candidatura apresentada, com o apoio da Agência Municipal de Energia de Almada. Só com esta medida, estima-se uma redução da fatura energética da frota automóvel municipal em mais de quatro mil euros por ano.
A Câmara de Almada disse no inicio deste ano que ia investir mais 1,6 milhões de euros em oito novas viaturas para recolha de lixo doméstico. "Até ao final de 2019, a recolha do lixo doméstico vai contar com oito novas viaturas. O objetivo é promover um serviço de maior qualidade e renovar a frota de veículos", avançou a autarquia em comunicado na altura.
"Os novos veículos, mais modernos, apresentam menores consumos de combustível. Destacam-se ainda por serem mais silenciosos e rápidos durante o processo de recolha dos resíduos urbanos", explicou a Câmara de Almada.
A autarquia referiu ainda que sete das oito viaturas têm capacidade para 26 toneladas e cinco estão equipadas com uma grua para recolha de contentores enterrados.
A limpeza urbana em Almada tem sido um dos temas quentes no concelho, o que motivou a CDU a apontar, em Novembro passado, alguns problemas "de ineficiente atuação ao nível da recolha de lixo".
Uma ideia que o município desmentiu e justificou com o "aumento populacional no verão", aliado a "uma frota completamente obsoleta".
Segundo a vereadora da Higiene Urbana, Teodolinda Silveira, a Câmara de Almada dispunha de 23 viaturas, mas apenas nove continuavam operacionais.
Nessa ocasião, o município revelou que o orçamento municipal para 2019 incluía seis milhões de euros para a limpeza urbana, com oito novas viaturas para a recolha de resíduos, sete para a limpeza urbana e a contratação de 70 funcionários para esta área.
No comunicado, a autarquia referiu ainda que o contributo dos cidadãos também é essencial para manter o concelho limpo, alertando para que "mantenham a tampa fechada" e "não depositem lixo fora do contentor, caso esteja cheio".

Agência de Notícias 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010