Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Percursos pedonais avançam em Sesimbra

Plano de Ação de Mobilidade Sustentável avança em todo o concelho 

Prossegue, em vários pontos do concelho de Sesimbra, a construção de percursos pedonais, no âmbito do Plano de Ação de Mobilidade Sustentável. Estas intervenções, diz a autarquia em comunicado, "têm em vista a criação de uma rede entre os principais aglomerados urbanos, pontos de interesse e paragens de transportes públicos". Simultaneamente, são um contributo para o "reforço da segurança de peões. A prioridade tem sido dada às zonas junto a estabelecimentos de ensino", realça a Câmara de Sesimbra. 
Autarquia aposta na mobilidade sustentada 

Neste momento as obras decorrem nas ligações Sampaio - Cotovia, Maçã – Santana, Alfarim-Caixas e Santana – Almoinha, e vão prolongar-se depois para Santana – Cotovia, Corredoura – Zambujal e Azoia – Aldeia Nova da Azoia, ao longo da Estrada Municipal 569. Neste último caso, apenas após a conclusão da instalação do saneamento e da nova conduta de abastecimento de água, em curso.
Das obras no terreno, a de maior dimensão e complexidade é a que liga a Maçã a Santana, "não só pela sua extensão, mas porque no troço Moagem de Sampaio – Parque Augusto Pólvora, os trabalhos desenvolvem-se ao longo de uma Estrada Nacional estreita, o que obrigou ao desbaste de um talude e à construção de um muro de sustentação de terras", explica a Câmara de Sesimbra.
Este troço encontra-se muito próximo do parque escolar de Sampaio, pelo que a autarquia está a fazer todos os esforços para que esteja concluído no início do ano letivo.
Quanto às intervenções Alfarim - Caixas e Santana - Almoinha, os trabalhos encontram-se também em fase adiantada, prevendo-se que terminem em Setembro.
Para além deste conjunto de obras na freguesia do Castelo, o este plano engloba acessos pedonais na vila de Sesimbra, em concreto, entre as ruas da Juventude e José Pinto Braz, que já se encontra concluído, ou o acesso à Mata da Vila Amália, que será concretizado posteriormente. 
Na Quinta do Conde, está integrado no projeto intermunicipal HUB 10, e prevê a criação de um corredor que se desenvolve desde o Cabeço do Melão até ao concelho do Barreiro, que fará a ligação a vários equipamentos, como o espaço de fitness, o Parque da Vila, o Skate Park, o Parque da Várzea ou o Jardim do Pinheiro e a rede de transportes públicos.
"De referir que, nalgumas situações, para além da construção de passeios, o plano contempla a instalação de passadeiras em pedra, ao nível da via, uma opção mais duradoura que a pintura, criação e reorganização de bolsas de estacionamento e acessos a moradias, remodelação de paragens de autocarros e alteração de sentidos de trânsito. As soluções arquitetónicas variam de acordo com as caraterísticas de cada local", conclui a nota da Câmara de Sesimbra.

Agência de Notícias com Câmara de Sesimbra
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010