Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Formações em turismo e aeronáutica em Grândola

Instituto Politécnico de Setúbal aposta na qualificação de jovens do concelho


O Instituto Politécnico de Setúbal tem a decorrer, até dia 18 de Setembro, as candidaturas para dois novos cursos técnicos superiores profissionais, nas áreas de Gestão de Turismo e de Produção Aeronáutica, que serão lecionados em Grândola já a partir do próximo mês de Novembro. Recorde-se que, para além da criação destes novos cursos superiores, o protocolo estabelecido prevê ainda a organização de cursos de formação não formal, tais como colóquios, conferências e seminários, bem como o desenvolvimento de projetos de investigação aplicada nas áreas de interesse para a região.
Aulas vão começar em Novembro 

Passado um ano sobre a assinatura de um protocolo de colaboração entre o Instituto Politécnico de Setúbal e a Câmara de Grândola, as duas formações estão já prontas a arrancar no terreno, visando reforçar a qualificação dos recursos humanos locais para o aproveitamento das possibilidades abertas nestes setores de atividade onde o concelho do distrito de Setúbal é já referência e apresenta fortes indícios de crescimento.
"Com a duração de dois anos, ambos os cursos conferem diploma de Técnico Superior Profissional e garantem a frequência de um estágio, em articulação com as entidades parceiras, nomeadamente as empresas turísticas da região e a multinacional francesa Lauak, cuja unidade de Grândola, que produzirá vários tipos de componentes para a indústria aeronáutica, está prestes a operar", refere o Politécnico de Setúbal em comunicado.

Autarquia quer dar preferência aos jovens do concelho 
Segundo palavras de António Figueira Mendes, presidente da Câmara de Grândola, durante assinatura do protocolo com Instituto Politécnico de Setúbal assinado no verão passado, a autarquia irá "garantir o espaço físico onde vão decorrer os cursos e contribuir com algum equipamento informático", enquanto o Politécnico de Setúbal ficará responsável por fornecer os professores.
Os cursos de Técnico Superior Profissional nas áreas da gestão turística e da produção aeronáutica vão ser ministrados no Centro de Empresas de Grândola.
"Estamos a estudar ainda formas de criar incentivos para os alunos com o 12.º ano de escolaridade puderem candidatar-se, porque nem todas as famílias têm condições financeiras para fazer face às propinas para que os filhos possam frequentar estes cursos" sublinhou.
Apesar de a oferta formativa se dirigir, preferencialmente, aos jovens de Grândola, o autarca admitiu a possibilidade de alargar as candidaturas a outros concelhos do litoral alentejano.
"Uma das questões que se coloca, neste momento, é saber se temos mesmo em Grândola alunos suficientes para estes dois cursos", frisou António Figueira Mendes, em Julho do ano passado.
De acordo com o autarca, serão criadas duas turmas num total de 40 alunos e os cursos terão a duração de dois anos letivos.
A Lauak, empresa multinacional francesa, está a desenvolver em Grândola um projeto para produzir, a partir de 2019, componentes para a indústria aeronáutica, estando prevista a criação de cerca de 250 postos de trabalho nos primeiros dois anos de laboração.
A fábrica tem três linhas autónomas de produção e vai produzir peças do avião A320 da Airbus.

Agência de Notícias
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010