Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Lar sem licença continua aberto na Quinta do Conde


“Há mais lares em situação ilegal na Quinta do Conde”

Um lar ilegal na avenida do Emigrante, na Quinta do Conde, em Sesimbra, com nove idosos, continua de portas abertas. Guida Pinto, proprietária do lar de idosos, confirmou a irregularidade. "O lar existe há 14 anos, mas só desde Junho é que está ilegal. Cessei a actividade porque vou emigrar em Janeiro", disse Guida Pinto ao Correio da Manhã, acrescentando que os idosos, que pagam entre 300 e 400 euros, "são bem tratados. Nunca passaram fome. É um lugar decente".

Várias pessoas foram retiradas na terça-feira de um lar, em Azeitão

O presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro (concelho do Seixal), Carlos Pereira, que denunciou o caso, tem outra opinião: "O cheiro é nauseabundo. Há oito dias fomos ao lar buscar uma cama articulada que tinha sido emprestada a uma idosa quando estava em casa. Estavam sete idosos num quarto. Deitámos o colchão fora porque estava imundo. A casa não tem condições nenhumas. Alertar para esta situação é um dever". 
Também a Junta de Freguesia de Quinta do Conde diz que "há mais lares em situação ilegal na Quinta do Conde. Muitos estão identificados pela Segurança Social. Isso incomoda-nos e preocupa-nos bastante", reconheceu Vítor Antunes, presidente da Junta de Freguesia. A Segurança Social não se prenunciou até ao momento.
A denúncia do autarca de Fernão Ferro surge um dia depois de 29 idosos, que estavam em dois lares ilegais em Vila Nogueira de Azeitão (Setúbal) e Quinta do Conde, terem sido retirados pela Segurança Social e encaminhados para as famílias e outros lares. "Os familiares de três idosos solicitaram a ajuda da Segurança Social, que assumiu o compromisso de apoiar as famílias para encontrarem uma solução de acolhimento", referiu ao o Instituto da Segurança Social, que está a analisar toda a informação para enviar ao Ministério Público. O Governo já disse que vai agir criminalmente contra o proprietário dos lares, Carlos Prado.

73 595 vagas em 1912 lares
De acordo com a Carta Social, em Dezembro de 2011 existiam 1912 lares, com uma capacidade total de 73 595 lugares. Recorde-se que o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social anunciou este ano um aumento de dez mil vagas nos lares, o que representa mais sete vagas por instituição. Ainda assim, não serão suficientes para pôr fim às listas de espera. A última estimativa da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade apontava para 15 mil idosos à espera de um lugar.


Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010