Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

APPACDM inaugura lar e cresce em Setúbal

Creche e lar reforçam apoio social na capital do distrito
 
A Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) aumentou a capacidade de resposta dos serviços sociais e concretizou “um sonho com muitos anos” com a inauguração da creche Golfinho Azul e do centro Álvaro Dias, em Setúbal, que vão auxiliar cerca de 86 utentes. José Salazar, diretor da instituição de solidariedade social, acredita que “este projeto contribui para uma maior intervenção social na região e garante uma maior capacidade de resposta e mais qualidade de serviços para os utentes da APPACDM”.

Cresce Golfinho Azul tem lugar para 33 crianças 

José Salazar destaca “o contributo que este projeto trouxe, não só em termos de apoio social mas também com a criação de vinte novos postos de trabalho graças à necessidade de criar um novo quadro técnico”. As novas estruturas da APPACDM contam com a acção de educadoras de infância, psicólogos, fisioterapeutas, técnicos da terapia da fala e de reabilitação. O director explica que a instituição “vai atuar neste projeto com a sua experiência e conhecimento para melhorar os seus serviços”. 
O centro Álvaro Dias, que homenageia o antigo dirigente da APPACDM com o seu nome, oferece serviços de lar, residência autónoma e apoio domiciliário, “valências pensadas para o apoio a pessoas com deficiência mental”. José Salazar justifica que “com este projecto são criados mais lugares para acolher mais pessoas que necessitam do apoio da APPACDM, que vão poder contar com o apoio de funcionários qualificados”. O lar do centro disponibiliza dezoito novos lugares, a residência acolhe cinco pessoas e o apoio domiciliário assiste cerca de trinta pessoas.

Cresce para 33 crianças
José Salazar, ao centro, inaugurou Centro Álvaro Dias, em Setúbal

A nova creche da associação tem a capacidade de acolher 33 crianças nas suas instalações e está “acessível a todas as famílias de Setúbal, de uma forma aberta e sem exceções”. As mensalidades dos agregados familiares que se candidatam aos serviços são definidas por escalões, no âmbito de um acordo feito com a Segurança Social “que relaciona as necessidades e os rendimentos de cada um”. José Salazar aponta que “as pessoas vão pagar mensalidades muito baixas tendo em conta que estas instalações vêm beneficiar quem tem mais dificuldades”.
“As novas instalações cumprem as mais recentes exigências em termos técnicos” com os equipamentos a terem “a sua lista lotada”, sublinha José Salazar, acrescentando que “o acesso poderá ser feito através da inscrição direta nos serviços da APPACDM que define à partida uma lista de espera para todas as crianças inscritas”.
A creche Golfinho Azul e o centro Álvaro Dias compreenderam um investimento total de cerca de um milhão e 500 mil euros que contou com o apoio do programa PARES, de algumas empresas e dos próprios cidadãos que contribuíram para a edificação deste projeto.

“Estado Social, que continua vivo”
Para a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, a abertura dos equipamentos constitui um motivo de celebração do “Estado Social, que continua vivo” e “sabe reconhecer a capacidade de associações como a APPACDM para criar as melhores condições para acolher, acarinhar e capacitar todos os cidadãos, particularmente os com necessidades especiais”.
Ana Clara Birrento, diretora do Centro Distrital de Setúbal de Segurança Social, que teceu largos elogios ao trabalho social desenvolvido pela APPACDM local, sublinhou igualmente a importância das instituições de solidariedade social, responsáveis, só no distrito de Setúbal, por 6 por cento da empregabilidade.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010