Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Novo conceito Vilamarché inaugurado em Setúbal


“Responder às necessidades diárias dos nossos clientes e estimular a economia local”

O Grupo Mosqueteiros abriu em Setúbal um "novo conceito comercial", o Vilamarché. O novo espaço reúne sob o mesmo tecto as diversas insígnias do Grupo Mosqueteiros – Bricomarché, Intermarché e Roady –, às quais se juntam um conjunto de lojas como papelarias, lavandaria, cabeleireiro, sapateiro, restauração, entre outros.  O Grupo explica que o investimento não tem como objetivo a criação de postos de trabalho mas antes da “manutenção dos existentes através duma maior atração de consumidores”.

Primeiro Vilamarché nasce em Setúbal 

O primeiro Vilamarché abriu em Setúbal (além das insígnias o espaço acolhe mais 11 lojas), mas até ao final do ano está prevista a abertura de dois novos em Porto Salvo e em Portimão. Numa fase inicial, a implementação deste projeto implica um investimento direto a rondar um milhão de euros.
“Com o Vilamarché, queremos dar continuidade à constante preocupação do Grupo Os Mosqueteiros em responder às necessidades diárias dos clientes, mas também em estimular a economia local”, diz Tomé Lopes, representante do Grupo Os Mosqueteiros, citado em nota enviada às redações.
Assim, diz o responsável do grupo, “o consumidor passa a reconhecer na marca Vilamarché tudo aquilo que necessita para o dia a dia, sem ter de se deslocar a várias superfícies comerciais”.
“O grupo Os Mosqueteiros sempre procurou ser um elemento ativo em todas as regiões em que se insere”, prossegue o responsável, acrescentando a intenção de “reforçar o papel do espaço comercial dentro da comunidade setubalense”.

Vilamarché solidário
Os primeiros clientes do Vilamarché em Setúbal

Celeste Paulino, da Câmara de Setúbal, entende que o novo conceito de Vilamarché “enquadra-se perfeitamente no contexto social do concelho através do equipamento que se encontra à disposição dos setubalenses”. Numa fase inicial, a implementação deste novo conceito comercial representa um investimento direto que ronda um milhão de euros.
 Tomé Lopes explica que o investimento não tem como objetivo a criação de postos de trabalho mas antes da “manutenção dos existentes através duma maior atração de consumidores”. Sem adiantar expetativas de aumento de clientes na superfície comercial de Setúbal porque “os estudos feitos podem sempre ficar aquém ou superar as mesmas”, o representante do Grupo Os Mosqueteiros aponta para a abertura de novas superfícies comerciais em 2013 um pouco por todo o país.
No dia de apresentação do Vilamarché Setúbal, o Grupo Os Mosqueteiros entregou um donativo de bens de primeira necessidade à Casa do Gaiato de Setúbal.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010