Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Desejos & Pensamentos por Cátia Neves

Comecei a amar-te ao contrário…

Não foram precisas mais de sete palavras para saber que eras tu… As pessoas têm a mania das regras, do seguimento das coisas, pois bem, eu tenho as minhas regras e o meu seguimento e tudo isso é seguir os meus sentimentos. Lembro-me daquela noite de domingo, chuvosa, tardia e de como me apaixonei assim que te vi.

Não foram precisas mais de sete palavras para saber que eras tu…
Que se lixe a sociedade e todos os que nos rodeiam, vamos viver o que sentimos, intensa e loucamente… que poderão os outros fazer para abalar um sentimento tão forte?!
E o que não nos cabe na alma está escrito nos nossos olhos… só os loucos o sabem ler, pois só os loucos sabem amar…
Esquece o mundo e dá-me a tua mão… olha-me como da primeira vez….
Não foram precisas mais de sete palavras para saber que eras tu…
Não há palavras como as tuas, são melodias que alegram os meus dias, não há olhares como os teus, são luz e força… A tua pele… ai a tua, toque de magia…
E a cada manhã dás-me força para lutar pois quando a noite cai, adormeço no teu peito, repleta de sorrisos e carinhos. E se isto não é amor, o que mais poderá ser?!
Fizemos tudo ao contrário, trocamos as voltas ao mundo e somos felizes como poucos…
Entre a consciência e a loucura vou preferir sempre aquela que te trouxer…
Pois…
Não foram precisas mais de sete palavras para saber que eras tu…

                                               

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010