Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Setúbal aprova projeto de reabilitação urbana em Azeitão

Autarquia quer  preservar a identidade e as memórias de Azeitão e Aldeia Rica 

O Projeto de Operação de Reabilitação Urbana de Azeitão, instrumento estratégico que aponta o modelo de regeneração do centro histórico local, foi aprovado pela Câmara de Setúbal, em reunião pública. Com o projeto, que contém uma proposta de Programa Estratégico da Operação de Reabilitação Urbana dos Cascos Históricos de Vila Nogueira de Azeitão e Aldeia Rica, a autarquia, como entidade gestora, "pretende "que a sustentabilidade das intervenções privadas se complemente com a exequibilidade da ação prevista, com o intuito de revitalizar todo o núcleo envolvente à Rua José Augusto Coelho, largos e praças adjacentes", diz a autarquia sadina em comunicado. 

Câmara quer regeneração do centro histórico em Azeitão 

O instrumento de orientação da prática urbanística, resultante do trabalho prévio de diagnóstico proporcionado pelo programa da Área de Reabilitação Urbana (ARU) de Azeitão, determina quatro eixos de intervenção, cujos objetivos, medidas e ações se interligam, relacionados com a qualificação do ambiente urbano e da reabilitação do edificado, a revitalização económica e social, a valorização da função habitacional e o modelo de governação, gestão e marketing urbano.
Das ações consideradas estruturantes, a desenvolver com a preocupação de preservar a identidade e as memórias de Azeitão, constam a requalificação do espaço público e infraestruturas urbanas, bem como a reabilitação do património classificado, incluindo o Palácio dos Duques de Aveiro.
Operações urbanísticas de adaptação ao uso de equipamento e turismo do edificado, valências de desenvolvimento do turismo, diversidade da oferta, promoção das atividades económicas, cultura e lazer são outras iniciativas identificadas pela autarquia.
O texto sublinha ainda que “a atual realidade do centro histórico da Área de Reabilitação Urbana exige ainda que se equacione a dimensão turística associada à Serra da Arrábida, tanto na vertente ligada ao turismo de natureza como na vertente de enologia”.
Incentivos fiscais, como isenções e minorações específicas relacionadas com as taxas de IMT e de IMI e reduções de taxas administrativas municipais, são algumas das medidas proporcionadas aos proprietários de imóveis localizados na zona histórica de Azeitão que promovam ações de reabilitação urbana.
O Projeto de Operação de Reabilitação Urbana de Azeitão vai ser submetido a discussão pública.

Agência de Notícias


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010