Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Palmela Almenara apresentado na Noite dos Museus

“Ritual Almenara” acontece a 27 de Setembro em Palmela 

A Câmara de Palmela escolheu a Noite Europeia dos Museus para apresentar, publicamente, o projeto “Palmela Almenara”. A apresentação decorreu na Igreja de Santiago, no Castelo de Palmela, perante a comunidade e vários parceiros, que ficaram a conhecer as linhas-mestras deste projeto, que parte da cultura e da história locais para criar produtos turísticos sustentáveis e diferenciadores. O ponto fulcral deste projeto é a realização da Feira Medieval de Palmela, de 25 a 27 de Setembro. O evento crescerá além das muralhas do Castelo e abraçará parte do Centro Histórico e acolhe, no último dia, com “Ritual Almenara”, que pretende recriar o episódio em que, durante o cerco de Lisboa pelos castelhanos, o Condestável D. Nuno Álvares Pereira - após a vitória na batalha dos Atoleiros (1384) - acendeu grandes fogueiras no Castelo de Palmela para alertar o Mestre de Avis, em Lisboa, de que a ajuda estava próxima. Em cima da mesa está a formalização de uma parceria entre as Câmaras de Palmela e Lisboa para que exista comunicação entre os dois castelos.
Projeto  Almenara foi apresentado no Castelo de Palmela

"Intenção, sonho e objetivo político" foram as palavras utilizadas pelo presidente da Câmara para explicar, em traços gerais, as ideias que impulsionaram o avanço deste projeto ambicioso. Álvaro Amaro revelou que é objetivo do município "mobilizar ainda mais a população e estabelecer parcerias com os agentes locais – associações, grupos de teatro e artistas, comunidade educativa, restauração e hotelaria, entre outros - em torno deste propósito comum que é o desenvolvimento local, através da utilização dos recursos existentes para criar mais-valias".
Depois da primeira experiência em 2014, a Feira Medieval de Palmela regressa, entre 25 e 27 de Setembro, assumindo-se como um dos três pilares centrais do programa deste ano. O evento, que superou todas as expetativas, crescerá além das muralhas do Castelo e abraçará parte do Centro Histórico, acolhendo com mais animação e conforto os muitos milhares de visitantes esperados.
No último dia de feira, a organização avançará com a primeira edição do “Ritual Almenara”, que pretende recriar o episódio em que, durante o cerco de Lisboa pelos castelhanos, o Condestável D. Nuno Álvares Pereira - após a vitória na batalha dos Atoleiros (1384) - acendeu grandes fogueiras no Castelo de Palmela para alertar o Mestre de Avis, em Lisboa, de que a ajuda estava próxima. Pretende-se formalizar uma parceria com o Município da capital, que permita a comunicação entre os dois castelos, num evento de grande impacto, visível nas duas margens do Tejo.
Entretanto, o projeto “Palmela Almenara” foi, já, alvo, de uma candidatura junto da Área Metropolitana de Lisboa, para integração no plano de ação que vai operacionalizar a estratégia integrada de desenvolvimento territorial, no âmbito das ações integradas de desenvolvimento urbano sustentável, previstas no acordo de parceria Portugal 2020.

Formação valoriza história local e prepara comunidade
O plano formativo para a comunidade é o terceiro pilar do programa deste ano e tem início ainda em maio, prolongando-se até setembro. Depois do interesse despertado pelas ações de formação mais genéricas, realizadas em 2014, a organização resolveu privilegiar a componente formativa, que contribui para a qualificação dos eventos a desenvolver. 
"História Local, Expressão Corporal e Voz, e Alimentação e Vestuário são os temas a explorar em 2015, com o propósito de valorizar e dar mais instrumentos, quer à população, quer aos agentes turísticos e culturais, para que todos possamos estar melhor preparados para receber os visitantes e proporcionar-lhes um evento de grande qualidade e rigor histórico", explica a autarquia. 
É, também, objetivo da organização criar novas oportunidades de negócio no concelho e, em particular, no Centro Histórico de Palmela, que podem ir da restauração e alojamento ao vestuário de época e produtos locais.
O presente ano é considerado o "Ano 1" do “Palmela Almenara”, que se expandirá até 2020, "procurando afirmar o concelho de Palmela como destino privilegiado de turismo histórico, aos níveis nacional, mas também europeu", conclui a autarquia.

Agência de Notícias

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010