Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Assembleia Municipal de Jovens reúne em Sesimbra

"Um bom exemplo de promoção da cidadania para os mais jovens" 

Dezenas de jovens e professores de várias escolas do concelho vão estar envolvidos na Assembleia Municipal de Jovens, a 9 de Maio, na Escola Básica de Sampaio, em Sesimbra, que este ano tem como tema 'o Mar de Sesimbra na Europa e no Mundo', um assunto pleno de atualidade, não apenas pela sua influência na identidade e economia sesimbrenses, mas também pela discussão crescente em torno da economia do mar. O projeto, com 12 anos, é visto como “uma referência em todo o país, devido ao seu papel na promoção da cidadania no seio da comunidade escolar, tendo envolvido centenas de jovens e dezenas de professores de escolas de Sesimbra”, explica a autarquia. “O projeto tem contribuído igualmente para que os eleitos locais percebam as expetativas das novas gerações em relação ao futuro do concelho”, refere a organização do evento a cargo da Assembleia Municipal de Sesimbra. 

Assembleia Municipal de jovens realiza-se há 12 anos em Sesimbra

A maioria dos jovens sabe da existência de uma Câmara Municipal ou de uma junta de freguesia na sua área de residência, mas desconhece a forma como são escolhidos os dirigentes, a forma de funcionamento, os processos de tomada de decisão e, mais importante, os modelos de participação pública, disponíveis a todos os cidadãos.
"Se esta aprendizagem for feita durante o percurso escolar, os alunos transformar-se-ão em adultos esclarecidos e exercerão os seus direitos e dever cívicos na plenitude", diz a Assembleia Municipal de Sesimbra que, há 12 anos, avançou com um projeto educativo pioneiro, "que abriu as portas dos órgãos autárquicos do concelho aos alunos, mostrando-lhes o seu interior e motivando-os, desde cedo, para uma participação ativa nos destinos do concelho".
Conhecer o dia a dia dos autarcas, os diversos serviços e os processos de decisão são algumas das vertentes deste projeto que em mais de uma década já aproximou centenas de jovens do Poder Local Democrático. Este ano, a Escola Básica de Sampaio recebe a reunião da 12.ª Assembleia Municipal de Jovens que tem como tema O Mar de Sesimbra na Europa e no Mundo.
À semelhança dos anos anteriores, o projeto voltou a proporcionar aos alunos do 3.º ciclo de cinco agrupamentos de escolas do concelho diversas experiências, entre elas uma visita de estudo, e o acompanhamento do dia-a-dia dos eleitos locais, no âmbito da iniciativa Eleito Por um Dia, que lhes deu um conhecimento mais aprofundado sobre a vida e realidade do meio em que se inserem, e que os ajudou a elaborar as suas propostas, que serão apresentadas, discutidas e votadas já este sábado.
Cada escola irá ainda apresentar dois trabalhos alusivos à temática, a fim de serem expostos juntamente com os que forem elaborados no âmbito do 8.º concurso As Cores da Cidadania, numa exposição que decorre de 5 a 17 de Maio, na Sala Multiusos da Fortaleza de Santiago, em Sesimbra.
A novidade da Assembleia Municipal de Jovens deste ano é a criação de um “orçamento”, que se traduzirá na atribuição simbólica de um valor a cada bancada escolar, para que os jovens alicercem as suas propostas numa perspetiva orçamental.
"Independentemente das ideias que apresentem é fundamental que tenham uma noção mais clara do que é um orçamento e da importância de o cumprirem, seja ao nível da gestão do orçamento familiar, nas empresas ou nas instituições públicas", refere a presidente da Assembleia Municipal de Sesimbra, Odete Graça, criadora da Assembleia Municipal de Jovens.

Alunos acompanharam trabalhos do executivo 
Assembleia reúne este ano na Escola Básica de Sampaio 
Em Abril, alguns alunos assistiram pela primeira vez a uma reunião da Câmara Municipal, durante a qual o presidente do município, Augusto Pólvora, explicou como é constituído o executivo, as suas funções e como são discutidos e aprovados os vários assuntos. O Eleito Por Um Dia é mais um contributo importante para a elaboração das propostas que as várias bancadas irão apresentar na reunião da 12ª Assembleia Municipal de Jovens.
A reunião contou com a presença da presidente da Assembleia Municipal, Odete Graça, que se fez acompanhar de alguns alunos, entre os quais a presidente da 12ª Assembleia Municipal de Jovens, Inês Mendes, que se mostrou preocupada com o impasse em torno da construção de uma escola secundária na Quinta do Conde.
"Gostaria se saber qual é o ponto da situação em relação à nova escola secundária", questionou a aluna.
Em resposta à preocupação manifestada pela jovem, a vereadora do pelouro da Educação da Câmara Municipal, Felícia Costa, sublinhou que "a construção de uma nova escola secundária é há muito uma ambição da Câmara de Sesimbra e da população de Quinta do Conde, e é uma luta que todos temos de continuar a travar, para que o Governo se decida a construir este equipamento, porque esta é uma competência sua", afirmou a autarca.
Na reunião estiveram ainda três alunos da escola Básica Integrada da Quinta do Conde, que ficaram a par das funções do presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora.
"Não fazia ideia como eram tomadas as decisões e isto ajudou-me a ficar mais esclarecido acerca do trabalho da Câmara Municipal", adiantou José Basto, aluno da Escola Básica Integrada da Quinta do Conde, que afirmou ainda estar "muito satisfeito por acompanhar o trabalho do presidente da Câmara" e por participar na Assembleia Municipal de Jovens, que me tem proporcionado experiências bastante positivas".
A iniciativa também tem sido destacada como um bom exemplo de promoção da cidadania, e é uma referência nos projetos educativos das escolas do concelho.
Em 2015 participam o Agrupamento de Escolas de Sampaio – Escola Secundária de Sampaio, Agrupamento de Escolas Navegador Rodrigues Soromenho – Escola Básica 2,3 de Sesimbra Navegador Rodrigues Soromenho, Agrupamento de Escolas Michel Giacometti – Escola Básica 2,3/S da Quinta do Conde Michel Giacometti, Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde – Escola Básica Integrada da Quinta do Conde, e Agrupamento de Escolas da Boa Água – Escola Básica Integrada da Boa Água.

As Cores da Cidadania
No âmbito da AMJ realiza-se a 8.ª edição do concurso As Cores da Cidadania. A iniciativa destina-se aos alunos do 3.º e 4.º ano do 1.º ciclo do Ensino Básico de 14 escolas do concelho, e pretende promover a realização de trabalhos inéditos nas áreas da poesia, composição e desenho, alusivos à mesma temática da Assembleia Municipal de Jovens.
Os vencedores de cada uma das áreas serão conhecidos no dia 9 de Maio, em cerimónia a realizar na Sala Multiusos da Fortaleza de Santiago.
O concurso As Cores da Cidadania tem como principais objetivos aprofundar o conhecimento e o espírito crítico da vivência em sociedade, incentivar o sentido artístico e literário, e sensibilizar os mais novos para os direitos e deveres em cidadania entre povos e culturas diferentes.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010