Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

PSP procura carro que atropelou jovem no Seixal

Jovem morre após atropelamento com fuga no Fogueteiro

Continua por encontrar a viatura azul escura que, no passado sábado, atropelou e matou o jovem João Gomes, de 22 anos, na Estrada Nacional 378, no Fogueteiro, concelho do Seixal. O atropelamento com fuga, por parte de uma viatura azul escura, ocorreu perto das 7h40, entre o Rio Sul Shopping e a MaxMat. O jovem, que circulava na berma da estrada, na direção do Shopping, para mais um dia de trabalho, ficou politraumatizado mas acabou por morrer ao final do dia no Hospital de São José, em Lisboa, para onde foi levado pelos Bombeiros poucos minutos após o trágico acidente. A PSP da Torre da Marinha está a tentar apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente. A família de João Gomes, que vivia em Sesimbra,  apela a quem presenciou o acidente e que tenha informações sobre a viatura envolvida para contatar as autoridades.
Jovem de Sesimbra foi atropelado junto ao Rio Sul 


A busca centra-se num carro azul-escuro que foi visto por uma testemunha a fugir a alta velocidade do local onde foi atropelado mortalmente João Gomes, de 22 anos, na Estrada Nacional 378, em direção ao Fogueteiro. O acidente brutal ocorreu ao início da manhã de sábado e ontem ao final da tarde o condutor em fuga ainda não estava identificado. 
"Apelamos a quem tenha visto algo ou tenha quaisquer informações que nos ajude e contacte a PSP, que está a investigar a morte do meu irmão. Qualquer informação pode vir a auxiliar muito para que se descubra esse condutor que atropelou e fugiu de imediato sem ajudar o João", pediu Susana Gomes, irmã da vítima mortal.
João, residente em Sesimbra, deslocava-se para o trabalho – numa pastelaria do centro comercial Rio Sul, no Fogueteiro – quando foi atropelado mortalmente numa berma. O jovem terá saído às 7h40 do autocarro, numa paragem considerada "perigosa". Foi colhido poucos metros à frente, junto ao acesso para a EN378 para quem sai da A2 no sentido Sul-Norte. O jovem foi projetado "duas dezenas de metros" para um terreno baldio. O estrondo foi de tal forma intenso que alertou um homem que estava próximo. E foi essa testemunha que viu o carro azul-escuro a fugir. João Gomes ainda foi assistido no local pelas equipas de socorro mas acabou por falecer poucas horas depois no Hospital de São José, em Lisboa.
A investigação deste caso ficou a cargo da PSP do Seixal. Segundo fonte policial, ouvida pelo jornal Correio da Manhã, ontem ao final da tarde ainda não tinha sido possível identificar o condutor em fuga. O corpo de João Gomes já foi autopsiado no Instituto Nacional de Medicina Legal. O funeral do jovem realizou-se no cemitério de Aiana depois de uma missa na a igreja da Corredoura, em Sesimbra.

Agência de Notícias

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010