Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Desejos & Pensamentos por Cátia Neves

Primavera com paixão


Sempre que o Inverno se prepara para repousar e saem à rua os primeiros raios de sol, desperta-me os sentidos, abro as janelas, ligo uma boa música e lavo a alma. A realidade é que a Primavera trás consigo uma nova esperança, um "je ne sais quoi" que me faz querer viajar para lá dos meus horizontes. 


Um fim de semana em Paris, uma semana no Mediterrânio, uma escapadinha de três dias que aumentam para três semanas porque férias são férias e lá acabamos por vencer o cansaço que também está farto de ser o actor principal da nossa vida. Li uma vez algures que "o amor com hora marcada é demasiado maçador" e concordo mas digamos que os reencontros amorosos sem hora marcada são demasiado revitalizantes. 
Foi num longo fim de semana que viajei a Madrid, enquanto vagueava pelas ruas, passeando, sentindo o cheiro da primavera e enchendo a câmara de fotografias que reencontrei o Pedro, estava igual, talvez ainda mais bonito. O mesmo olhar rasgado, o mesmo jeito, a mesma boca delineada, o mesmo "sex appel"... por momentos passou-me a nossa historia na cabeça, como achei que seria o tal, como passamos bons momentos, como sorri tanto e como chorei tanto, como sofri e deprimi, mas já passou tanto tempo que não há mais ódio ou rancor... e como cada vez que olhamos um para o outro soltamos faísca... malditos encontros do destino, malditas recordações, maldito sentimento que envolve duas pessoas, demasiado carnal, demasiado forte e que nos deixa demasiado asnos para conseguir pensar... então só soletro, só espero que me queiras do jeito que te quero... 
Beija-mo-nos loucamente, toquei novamente a tua pele, ali em plena capital espanhola, entrega-mo-nos ao desejo, forte, louco, impossível de resistir. Um fim de semana que se arrastou para uma semana em que não chamamos o passado, não planeamos o futuro, apenas vivemos o presente, forte, ardente, enlouquecedor. Juntos espalhamos magia, uma magia que se funde da união dos nossos corpos e que o olhar não consegue captar...
E ao fim de uma semana louca e demasiado boa para repetir, porque repetir pode estraga recordações demasiado estrondosas, assimilo que uma amizade é uma amizade, um namorado é um namorado, uma aventura é uma aventura e tu.... que já foste tudo isso e talvez ainda mais, agora... foste a minha primavera com paixão!
Porque seguir os sentidos nos faz sentir vivos, em qualquer estação, em qualquer lugar, porque podemos quebrar as regras sempre! Que a força seja maior que o medo, que a vontade seja maior que o ego e que arriscar seja a palavra de ordem porque uma loucura não dura para sempre mas enquanto dura...



Cátia Neves 
Lisboa 

Outros textos da autora: 
Pilhas de Amor
Oh tempo... que jamais voltarás
Sai de mim
Páginas de mim



0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010