Palmela recebe a primeira edição do festival MicroSons em Janeiro

2023 abre com festival intimista no Cine-Teatro São João a 13 e 14 de Janeiro 

A 13 e 14 de Janeiro nasce um novo Festival – o MicroSons – que vai estrear no Cine-Teatro São João em Palmela e que vai apostar em concertos intimistas e em partilhas entre os artistas em palco e o público. Kiko & The Blues Refugees, Maria João com Ogre Electric, Pedro e os Lobos e Viviane, são os nomes confirmados da primeira edição do festival que arranca na sala principal de Palmela mas que quer ir por outras estradas.  O MicroSons pretende tornar-se também um Festival Itinerante que passará por outras localidades nas próximas edições.
Viviane fecha festival a 14 de Janeiro 

No dia 13 de Janeiro o MicroSons começa com Kiko & The Blues Refugees, um supergrupo formado por músicos experientes e conceituados do panorama nacional: o músico, compositor e produtor Kiko Pereira, luso-americano que o crítico José Duarte elegeu como a melhor voz masculina do jazz em Portugal, junta uma equipa de excelência como António Mão de Ferro (guitarras), Jorge Filipe Santos (teclados), Carl Minnemann (baixo) e João Cunha (bateria).
No mesmo dia sobe ao palco Maria João com Ogre Electric: projeto da cantora que dispensa apresentações, e o seu produtor e músico João Farinha. Centrado nos pianos elétricos, sintetizadores e eletrónica, esta aventura, que teve início em 2009 e tem passado por diversas identidades e formações, não deixa, por vezes, de incluir piano acústico e bateria, dando origem a um híbrido musical entre o jazz e a eletrónica. 
Uma banda com instrumentação invulgar e uma abordagem artística singular, que leva o público numa travessia pelo mundo dos sons, saltando fronteiras entre o digital e o analógico, com a voz de Maria João a indicar o caminho.
No dia 14 de Janeiro é a vez de Pedro e os Lobos, a banda de Pedro Galhoz, Nelson Correia e Rui Freire, que celebra já uma década de carreira e apresenta influências que vão do indie folk ao folk rock mais psicadélico, cantado em português. Pedro e os Lobos preparam-se para lançar o novo álbum em 2023.
A cantora e compositora Viviane encerra a primeira edição do MicroSons: a ex-vocalista dos Entre Aspas, uma das bandas mais emblemáticas dos anos 90 em Portugal, vai apresentar o seu novo disco “Quando Tiveres Tempo”. Uma viagem através do universo musical inconfundível de Viviane, ao qual dá o nome de Fado Mediterrânico, em que se sente e respira a liberdade anglo-saxónica, a melancolia do fado, a elegância da “Chanson”, os géneros da brisa mediterrânica, a memória da música rural e as especiarias de África. 
Em palco Viviane será acompanhada por Tó Viegas na guitarra portuguesa e samples, Filipe Valentim nos teclados e melódica e ainda por João Vitorino na guitarra acústica.
O MicroSons pretende tornar-se também um Festival Itinerante que passará por outras localidades nas próximas edições.

Comentários