Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 20 de abril de 2020

Covid-19 atinge 628 pessoas no distrito de Setúbal

Novo coronavírus "está controlado" no distrito... mas a precaução tem ser ativa 

Os números apontam para uma relativa estabilização da pandemia no distrito de Setúbal, mas as restrições e precauções são para manter "até final deste mês", disse primeiro-ministro António Costa. Tudo para evitar que os números de novas contaminações, que agora aparentam estar a estabilizar ou mesmo a reduzir em alguns casos, voltem a disparar e se percam as possibilidades de identificar os focos de contágio. No distrito de Setúbal a doença parece controlada, com o número de doentes a cifrar-se agora nos 628, mais três do que ontem. Almada, Seixal, Barreiro, Setúbal e Moita são os concelhos mais atingidos pelo novo coronavirus. Em Portugal, segundo os dados da Direção-Geral de Saúde, contabilizaram-se nas ultimas 24 horas 735 mortos e 20.863 doentes. Destes, 1208 estão internados, sendo que 215 encontram-se distribuídos por unidades de cuidados intensivos. A nível nacional registam-se esta segunda-feira, 610 casos de sucesso, ou seja: pessoas que "venceram o vírus". 
Quarentena não serve para banhos de sol 

Tal como se tem verificado desde que a Direção-Geral de Saúde começou a divulgar relatórios diários de situação, são os concelhos de Almada, Seixal e Barreiro (aqueles que registam maior movimentação diária de população de e ara Lisboa) os que registam maior número de infetados. Almada tem 164 doentes, o Seixal tem 139 e o Barreiro 81. Muitos destes contágios poderão ter ocorrido na utilização dos transportes públicos, cujo número diário de circulação decresceu nas últimas semanas o que, em muitos casos, contribuiu para a sua sobrelotação e consequente diminuição das regras preventivas.
Setúbal e Moita têm agora 61 doentes confirmados em cada município. Seguem-se depois os concelhos do Montijo (41 casos), Sesimbra (20), Palmela (19) e Alcochete (13).
A sul do distrito de Setúbal, nos quatro concelhos do Litoral Alentejano, há uma ligeira diminuição de casos. Santiago do Cacém é o mais afetado, com 13 pessoas doentes mas também já existem quatro recuperados. Grândola vem a seguir com 11 doentes. Alcácer do Sal tem cinco pessoas com o novo coronavírus. Por fim, em Sines, os dados do Estado apontam para quatro doentes efetivos. Mas em todos os concelhos do litoral alentejano, autoridades de saúde e as autarquias divergem em relação às pessoas doentes.  
Em Portugal, segundo os dados da Direção-Geral de Saúde, contabilizaram-se até às 24 horas de domingo, 735 mortos e 20.863 doentes. Entre os casos positivos, encontram-se hospitalizadas 1 208 pessoas (menos 35), dos quais 215 estão em unidades de cuidados intensivos. Em vigilância médica estão 30 805 pessoas, sendo que 4 739 esperam o resultado do teste.
No total existem 198 353 (mais 10 752) casos suspeitos de infectados com Covid-19 e 172 751 não confirmados.

Agência de Notícias
Foto: Câmara do Barreiro

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010