Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Hospitais de Setúbal e Barreiro estão lotados

Urgências estão a ser deslocadas para Almada e para hospitais de Lisboa 

A sobrelotação das urgências dos hospitais de Setúbal e do Barreiro leva a que durante toda a tarde desta segunda-feira, os doentes transportados em ambulâncias sejam encaminhados para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. Ao que foi possível apurar junto de corpos de bombeiros da região de Setúbal, já há casos de transportes de utentes para hospitais em Lisboa. O surto gripal tem entupido as urgências dos três principais hospitais da região. O hospital de Setúbal anunciou ainda que recebeu 68 novos médicos internos ainda em período de formação - 50 de Formação Geral (antigo ano comum) e os restantes 18 de formação especifica em diversas especialidades. Em Almada o corpo clínico foi também reforçado com 81 novos médicos. 
Gripe provoca caos nos hospitais da região 

No Hospital de São Bernardo, em Setúbal, a medida foi tomada às 19h30 de domingo. Esta segunda-feira, às 13 horas, foi a vez do Hospital de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, decidir recusar a admissão de doentes em ambulâncias.
A notícia do Jornal de Notícias dizia ainda que as duas unidades hospitalares vão reavaliar a medida durante o fim da tarde e início da noite desta segunda-feira.
Em causa está um grande número de casos de doentes com sintomas gripais. A admissão de utentes é ponderada caso a caso, sendo que aqueles que inspiram maiores cuidados, como vítimas de acidentes de viação, são recebidos e atendidos nestes hospitais.

Setúbal com 68 novos médicos 
O Centro Hospitalar de Setúbal informou que recebeu 68 novos médicos internos ainda em período de formação - 50 de Formação Geral (antigo ano comum) e os restantes 18 de formação especifica em diversas especialidades.
Além dos 50 clínicos de Formação Geral, o Centro Hospitalar de Setúbal vai acolher médicos de formação específica em Cardiologia (um), Cirurgia (dois), Infecciologia (um), Gastroenterologia (um), Ginecologia (um), Medicina Interna (três), Nefrologia (um), Oncologia (um), Ortopedia (um), Patologia Clínica (um), Pediatria (dois), Pneumologia (um) e Psiquiatria (dois).
Em nota de imprensa, a diretora do Internato Médico do Centro Hospitalar de Setúbal, Susana Neves Marques, refere que "o Centro Hospitalar de Setúbal desde sempre apostou na formação médica, na pré-formação de alunos de medicina em várias valências e na formação pós-graduada na fase generalista do internato e na formação específica das várias especialidades".
A entrada de 68 novos médicos, todos ainda em formação, ocorre precisamente numa altura em que os serviços de urgência dos hospitais de Almada, do Barreiro e também do Centro Hospitalar de Setúbal se deparam com algumas dificuldades face a um aumento da procura provocado pelo tempo frio dos últimos dias.

Garcia de Orta também com novos clínicos 
O Hospital Garcia de Orta, em Almada, recebeu 81 médicos internos para formação, anunciou a unidade.
São 42 internos de formação geral e 39 de formação específica, que abrangem 25 especialidades, desde a anestesiologia e medicina nuclear até neurocirurgia, medicina interna, cardiologia, doenças infeciosas ou pediatria e reumatologia, entre outras.
"O acolhimento tem vindo a decorrer com normalidade e, nesta altura, já está feita a distribuição das rotações dos internos gerais, tendo sido também realizada a receção institucional destes jovens médicos, numa formação de integração no hospital", informa o Garcia de Orta.
O Internato Médico é composto pela formação geral (primeiro ano do internato onde o médico tem oportunidade de contactar com diversos serviços clínicos) e pela formação específica (período de especialização que poderá durar entre quatro e seis anos).

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010