Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Mau tempo suspende barcos e condiciona pontes

Barcos parados, comboios alternados, as duas pontes com trânsito condicionado e já morreu uma pessoa no Montijo 

A circulação na Ponte 25 de Abril, em Almada, e Vasco da Gama, no Montijo, estão dificultadas esta quinta-feira devido ao mau tempo. Na 25 de Abril, a circulação rodoviária está condicionada a motas e camiões com lona, e as ligações ferroviárias estão a ser alternadas. As ligações fluviais no  Rio Tejo, entre Lisboa e o Montijo, Cacilhas, Seixal e Barreiro, foram suspensas temporariamente. Os barcos só devem voltar a navegar na madrugada desta sexta-feira. Tudo o que se está a passar no país por causa do mau tempo e já há duas vítimas mortais. Uma delas no Montijo; um condutor que teve um despiste na sequência da queda de uma árvore.
Mau tempo dificulta ligações ao distrito

“Face ao agravamento das condições atmosféricas, neste momento, por motivos de segurança, estão suspensas todas as ligações fluviais da Transtejo e Soflusa, com exceção de Cacilhas”, adiantou fonte da empresa à agência Lusa ao início da tarde.
No entanto, ao final da tarde, a ligação fluvial entre Cacilhas, em Almada, e o Cais do Sodré, em Lisboa, também foi suspensa devido ao agravamento das condições atmosféricas.
"As condições atmosféricas não melhoraram, pelo contrário, agravaram-se neste espaço de tempo e tivemos que suspender também a ligação de Cacilhas", em Almada, adiantou fonte da empresa à agência Lusa.
Segundo a Transtejo/Soflusa, o transporte fluvial apenas será retomado quando “se verificar uma melhoria das condições atmosféricas que permitam retomar a operação em segurança”. "De momento, não é possível prever a retoma do serviço", lê-se ainda na página da internet da empresa.
A Transtejo assegura as ligações fluviais entre o Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão a Lisboa, enquanto a Soflusa garante a travessia entre o Barreiro e o Terreiro do Paço (Lisboa).

Pontes 25 de Abril e Vasco da Gama com limite de velocidade 
O trânsito rodoviário na Ponte 25 de Abril está condicionado para motas e camiões com lona. De acordo com a Proteção Civil informou ainda que, para já, não está previsto o encerramento da mesma.
“Está interditada a circulação de veículos pesados de mercadorias com lona, assim como ciclomotores na Ponte 25 de Abril [que liga Lisboa a Almada]”, adiantou também à Lusa o comandante Rui Laranjeira, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. 
Também tem
Rui Laranjeira referiu ainda que, de acordo com a Lusoponte, as pontes 25 de Abril e Vasco da Gama [entre Lisboa e Montijo] "estão com restrições às velocidades máximas de circulação".
Fonte da Lusoponte, concessionária das duas infraestruturas, adiantou que não se pode circular a velocidade superior a 80 quilómetros/hora na Ponte Vasco da Gama. Já na Ponte 25 de Abril, a velocidade está limitada a 60 quilómetros/hora.
“Estamos a acompanhar o evoluir das condições meteorológicas e faremos alterações de acordo com a situação”, acrescentou a fonte.
Já sobre as ligações ferroviárias na ponte, informa a Fertagus que estas estão a decorrer de forma alternada - em situações de climatéricas adversas não é possível ter dois comboios a circular em simultâneo, explica a empresa -, o que pode gerar alguns atrasos nas ligações entre a capital e os concelhos de Almada, Seixal, Barreiro, Palmela e Setúbal. 
Na Linha do Sado [entre Setúbal e Barreiro] também há supressão de comboios. Relatos contam que entre a Moita e o Barreiro tem havido problemas. 

Elsa faz vitima mortal no Montijo 
Confirma-se mais um morto devido ao mau tempo. Fonte da GNR de Viseu acabou de confirmar que uma pessoa morreu na sequência do desabamento de uma casa em Codeçais, no concelho de Castro Daire. Não foram reveladas mais informações, desde logo sobre a identidade da vítima.
Antes, tinha sido já confirmada uma vítima mortal no Montijo, um condutor que teve um despiste na sequência da queda de uma árvore.
A queda de uma árvore no Montijo, matou esta quinta-feira o condutor de um veículo pesado, revelou a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. 
"Temos o registo de vítima mortal em Canha, concelho do Montijo, devido à queda de uma árvore sobre um veículo pesado de mercadorias, às 15h55 de hoje", disse o comandante Rui Laranjeira.
Segundo o Comando-Geral da GNR, a vítima tem 50 anos e o acidente, um despiste, ocorreu na sequência da queda de uma árvore.
Foram contabilizadas 2.941 ocorrências devido ao mau tempo, entre as 15 horas de quarta-feira, quando se iniciou o alerta especial emitido pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, e as 17 horas desta quinta-feira.
A passagem da depressão Elsa por Portugal provocou pelo menos 22 desalojados e há milhares de pessoas sem energia elétrica.
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso vermelho nove distritos - Viseu, Guarda, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra, Braga, Porto, Vila Real e Viana do Castelo - em diferentes períodos do dia, devido à previsão de chuva forte e rajadas de vento superiores a 100 quilómetros por hora.
No Alentejo, Beja e Portalegre integram o ‘lote’ de distritos sob aviso laranja para precipitação, vento ou agitação marítima, enquanto o distrito de Évora está só com avisos amarelos.
A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou na quarta-feira a população para o agravamento das condições meteorológicas, com precipitação forte e persistente, vento forte nas terras altas e agitação marítima forte em toda a costa.

Agência de Notícias com Lusa 
www.adn-agenciadenoticias.com

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010