Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Siemens vai contratar pessoal para fábrica em Corroios

Fábrica abriu 102 vagas e aumenta capacidade em 60 por cento 

A empresa alemã anunciou um reforço do investimento na fábrica de quadros eléctricos de Corroios, com um aumento de 60 por cento na capacidade de produção e a contratação de mais de 100 pessoas. A Siemens Portugal avança para a contratação de mais 102 pessoas para a unidade fabril que detém no concelho do Seixal. A contratação de novos trabalhadores tem como objetivo "potenciar um aumento da capacidade de produção de quadros elétricos industriais da multinacional alemã, que têm vindo a ser exportados de Portugal para os cinco continentes", diz a administração da empresa em Portugal. A fábrica de Corroios contribuiu para as exportações da filial portuguesa, exportando 85 por cento dos quadros elétricos que produziu.
Marca alemã reforça produção em Portugal 

Os quadros eléctricos de baixa tensão da Siemens, os Sivacon S8, são produzidos em Corroios, no Seixal, e exportados para 56 países, de todo o mundo. As 2000 unidades produzidas anualmente pelos 154 colaboradores não chegam para as encomendas, por isso o gigante alemão decidiu reforçar a capacidade produtiva da unidade, para o que se prepara para contratar mais 102 trabalhadores e aumentar os turnos.
O objectivo é aumentar a produção em 60 por cento, alcançando as 3200 unidades anuais, das quais 92 por cento terão como destino a exportação. 56 novos colaboradores já se juntaram às diferentes equipas, e mais 46 farão o mesmo ao longo do ano.
"Esta expansão deve-se ao aumento da procura deste tipo de quadros de baixa tensão, devido à qualidade destes equipamentos ‘Made in Europe’", explicou Pedro Pires de Miranda, presidente Executivo da Siemens Portugal. "Este selo é uma referência para as grandes empresas que não querem arriscar ter paragens no fornecimento de energia às suas instalações, por falhas técnicas".
Este responsável foi o anfitrião de uma visita às instalações efectuada pelo Primeiro-Ministro, António Costa, pelo Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, e pelo Presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, que, nas suas intervenções, destacaram a aposta da empresa na formação especializada e a capacidade dos trabalhadores portugueses, em quem a nova aposta "vai ter um impacto local positivo, com a criação de 102 novos postos de trabalho", considerou Fernando Silva, director da divisão Energy Management da empresa. 
"Mas vai também contribuir para as exportações da empresa e do país, uma vez que esta unidade produz quase exclusivamente para o mercado internacional", sublinhou Fernando Silva. 

Corroios exporta 95 por centro da sua produção 
A fábrica de Corroios produz atualmente quadros elétricos modulares de média tensão do modelo Simosec, cuja produção foi transferida de Frankfurt para o concelho de Seixal. Estes quadros depois usados pelas empresas de infraestruturas e na área da distribuição de energia pelas pequenas e médias unidades industriais.
A Siemens já chegou a exportar 95 por cento da produção da fábrica de Corroios para mercados como a Alemanha, Angola, África do Sul, Austrália, Brasil, Coreia do Sul, Egito, Emirados Árabes Unidos e México.
A Siemens Portugal encerrou o ano fiscal de 2018, de Outubro de 2017 a final de Setembro de 2018, com um resultado líquido de 33,7 milhões de euros. O valor representa um crescimento de 120,6 por cento face ao ano anterior, com as vendas a registem um aumento de 6,6 por cento para 319 milhões de euros.
No que toca às exportações, a Siemens Portugal registou um aumento crescimento de 4,6 por cento para 122,8 milhões de euros, tendo exportado para 56 países. 
As exportações feitas incidiram sobre áreas como aplicações cloud, big data, análise de dados, cibersegurança, finanças, recursos humanos e imobiliário.

Agência de Notícias 


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010