Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Sessão com adolescentes fala de amor em Setúbal

"A paixão tem um prazo de validade que é maior do que o dos iogurtes" 

Questões relacionadas com a paixão, a intimidade e o compromisso entre casais estiveram em destaque no dia dos namorados [14 de Fevereiro] num encontro de adolescentes com o psicólogo clínico Nuno Amado, em Setúbal. Será o amor um tipo de loucura ou uma forma de sabedoria? O que é a paixão? O que é o amor? Nuno Amado, psicólogo clínico, professor universitário e investigador, ajudou a encontrar as respostas, na Biblioteca Pública Municipal, numa sessão com alunos do ensino secundário, no âmbito das comemorações do Dia dos Namorados.
Sessão decorreu na Biblioteca Municipal 

No seu livro “Diz-me a verdade sobre o amor. A psicologia da atração, da paixão e das relações amorosas”, da editora Academia do Livro, caracteriza o efeito da paixão. “Estar apaixonado é muito parecido com o efeito de estar sob o efeito de drogas duras”, diz o especialista, pioneiro no estudo da Psicologia do Amor. “Quando se analisa o cérebro da pessoa apaixonada acende-se uma luz na mesma zona que um viciado em cocaína.”
Nuno Amado considera que “a paixão tem um prazo de validade que é maior do que o dos iogurtes e menor do que o de uma lata de conservas”, uma vez “cientificamente está entre os seis meses e os dois anos”.
O psicólogo, em conversa com alunos do Colégio de São Filipe e da Escola Profissional de Setúbal, explicou as diferenças amorosas entre homens e mulheres. “Os homens são mais superficiais e estéticos. Para eles, as mulheres têm de ser boas donas de casa”. O sexo feminino, descrito pelo autor como mais “crítico”, procura “homens que sejam príncipes”.
Em relação às preferências na escolha dos parceiros, Nuno Amado diz que ambos os sexos procuram, por ordem de preferência, companheiros que os amem, sejam de confiança, tenham estabilidade emocional e tenham maturidade.
O psicólogo realça ainda que várias sondagens demonstram que o sexo masculino é mais romântico do que o feminino. “Embora já seja mais comum as mulheres abordarem os homens, grande parte das vezes ainda é o homem que tem a iniciativa, logo tem de seduzir e, por isso, ser o mais romântico. São também eles que acreditam no amor à primeira vista”.
“Diz-me a verdade sobre o amor. A psicologia da atração, da paixão e das relações amorosas” é o primeiro livro de Nuno Amado, autor ainda de “Parem Todos os Relógios”, romance finalista do Prémio Leya, “Manual de Felicidade para Neuróticos”, “À Espera de Moby Dick” e “Ups! Já fiz asneira outra vez”.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010