Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Setúbal investe na eficiência energética na cidade

Redução significativa do custo da fatura energética do município

Os investimentos realizados pela Câmara de Setúbal no âmbito da eficiência energética, em diversos equipamentos e espaços públicos do concelho, foram salientados, numa sessão pública na Escola Básica do Montalvão – Laranjeiras. No encontro, que contou com a presença de técnicos municipais e da empresa responsável pela substituição das antigas luminárias do concelho por sistemas com tecnologia LED, a vereadora do Ambiente, Carla Guerreiro, fez o balanço de um conjunto de medidas implementadas pela autarquia que resultaram em “ganhos na poupança energética, bem como numa redução significativa do custo da fatura energética do município”.

Autarquia continua a reduzir fatura energética 


Intervenções na iluminação pública, em edifícios e equipamentos, a utilização de painéis fotovoltaicos para produção de energia e a instalação de sistemas de aquecimento de águas através de painéis solares estão entre os exemplos apontados pela autarca.
“Só neste mandato já procedemos à substituição de mais de 1100 luminárias de vapor de sódio por luminárias LED, num investimento de 350 mil euros, com um financiamento de cerca de 50 por cento do custo global. Desta medida resultou uma redução de 60 por cento nos consumos das zonas intervencionadas”, disse Carla Guerreiro.
Segundo Telmo Rocha, da empresa Schréder, o município de Setúbal tem “o maior sistema de luminárias com telegestão do país, com grandes ganhos em termos de poupança na fatura energética”, uma vez que “criam perfis para cada zona da cidade, permitindo adequar as necessidades de iluminação, além de serem geridas à distância”.
Também os semáforos instalados na cidade mereceram a atenção da autarquia que procedeu à substituição de mais de 800 lâmpadas incandescentes por tecnologia LED.
“Brevemente, teremos todo o sistema de semaforização do concelho com LED, uma vez que foi aprovada uma candidatura ao Plano para a Promoção de Eficiências no Consumo com vista à substituição das lâmpadas incandescentes que ainda existem em alguns semáforos”, adiantou a vereadora Carla Guerreiro.
Nesta candidatura está também incluída a substituição da iluminação no Edifício Sado, onde se encontram instalados serviços técnicos do município, e no quartel da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal.
No âmbito de outra candidatura que aguarda aprovação do Promoção de Eficiências no Consumo, a Câmara Municipal pretende substituir as antigas lâmpadas dos sistemas de iluminação da Escola Básica da Bela Vista, dos pavilhões municipais das Manteigadas e João dos Santos, do Mercado do Livramento, dos Campos de Ténis da Bela Vista e do Campo de Futebol da Bela Vista.
Num investimento superior a 30 mil euros, a autarquia procedeu à substituição da iluminação da Piscina Municipal de Azeitão, onde foi incluído um sistema de gestão de fluxo luminoso, que “otimiza ainda mais as possibilidades de redução de consumos”.
Na Escola Básica da Azeda está em curso a substituição da iluminação interior com um sistema de gestão de fluxo luminoso agregado, medida comparticipada pelo Fundo de Eficiência Energética.
No conjunto das intervenções realizadas no parque escolar, foram instaladas cinco Unidade de Produção de Autoconsumo e cinco sistemas solares térmicos para aquecimento de águas sanitárias.

Investimento reduz também a descarbonização
É também intenção da autarquia instalar um sistema de circulação forçada para aquecimento de água no quartel dos Sapadores e implantar um sistema solar térmico nos Viveiros das Amoreiras.
No caso concreto do estabelecimento de ensino que acolheu a sessão de 4 de Outubro, a Escola Básica do Montalvão – Laranjeiras, procedeu-se já à substituição da iluminação interior e exterior por lâmpadas de tecnologia LED e foi instalado um sistema solar térmico com termossifão de 300 litros e uma unidade de autoconsumo, num investimento global de 13.120 euros.
“A poupança média por fatura energética ronda os 60 por cento. Estamos muito orgulhosos, pois é uma escola praticamente com pegada zero e queremos que todas as escolas do concelho fiquem exatamente como esta. Estamos a tomar medidas nesse sentido”, explica a autarca.
A vereadora Carla Guerreiro salientou que todos estes investimentos em medidas de eficiência energética realizados pela Câmara de Setúbal visam não apenas reduzir consumos e custos da fatura energética do município, mas também a descarbonização.
A autarca recordou que a Câmara de Setúbal aderiu Pacto de Autarcas, que tem como objetivo a redução das emissões de dióxido de carbono em, pelo menos, 40 por cento, até 2030.
“É um objetivo ambicioso, mas a autarquia quer dar o exemplo e sensibilizar as pessoas para fazerem o mesmo nas suas habitações”, concluiu.
A sessão de balanço e apresentação de projetos de eficiência energética incluiu uma visita guiada aos equipamentos instalados na escola e que permitem que esta seja quase autossuficiente do ponto de vista energético.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010