Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Setúbal comemorou aniversário da Casa da Cultura

Cultura festeja aniversário de casa própria

Música, literatura, cinema e artes plásticas preencheram o programa comemorativo do sexto aniversário da Casa da Cultura, equipamento que tem contribuído para a renovada dinâmica cultural que se vive no concelho de Setúbal. “Seis anos depois, podemos afirmar, sem receios, que aqui é assegurada a continuidade da identidade setubalense”, afirmou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, na cerimónia comemorativa realizada no dia 5, data da inauguração da Casa da Cultura em 2012. “Aqui, na Casa que albergou o Círculo Cultural, onde José Afonso se empenhou na construção da cidade sem ameias com que também ele sonhou, continua-se a construir um concelho mais coeso e qualificado, a fazer mais e melhor cidade, mais Setúbal”, sublinhou a autarca.
Setúbal comemorou aniversário da Casa da Cultura

A Casa da Cultura, que Maria das Dores Meira recordou ter sido edificada “em plena crise económica e social”, representou uma forte aposta no desenvolvimento do concelho, investimento de 2 milhões e 540 mil euros, comparticipados em 65 por cento por fundos comunitários, através do POR Lisboa, ao abrigo do QREN.
“Seis anos depois, a necessidade de existência deste espaço reúne consenso na sociedade setubalense, uma terra de cultura onde, até há poucos anos, havia poucos espaços para a promover”.
Maria das Dores Meira recordou que a aposta da autarquia no desenvolvimento cultural local passou pela criação de novos equipamentos e pela recuperação de outros, nomeadamente do Fórum Municipal Luísa Todi, da Casa da Baía, do Cinema Charlot – Auditório Municipal, da Casa do Corpo Santo, do Quartel do 11 e do Convento de Jesus.
“Estas foram, sem dúvida, opções acertadas. Havia, e há, no concelho um público ávido de atividades culturais e, mais importante, que se converteu também em promotor dessas atividades. E foram acertadas e justas porque cultura a mais é algo que não existe”, defendeu Maria das Dores Meira.
Com a programação comemorativa do aniversário da Casa da Cultura, que incluiu um concerto de Pop Dell’Arte, que encheu de público, no sábado à noite, o largo defronte ao edifício, foi apresentada uma nova publicação cultural, o “Guarda-Rios”.
Com uma saída de quatro números por ano, trata-se de um desdobrável que apresenta os principais destaques do cartaz da Casa da Cultura para o trimestre.
A edição, da autoria da Câmara de Setúbal, apresenta uma linha gráfica concebida pelo atelier DDLX, parceiro da atividade regular da Casa da Cultura, e inclui artigos de opinião sobre a realidade cultural que se pode viver na atualidade no concelho sadino.

50 mil espetadores já passaram pelo espaço 
O programa comemorativo deste equipamento cultural setubalense decorreu entre sexta-feira, 5 de Outubro, e o domingo e, além da apresentação do “Guarda-Rios” e da atuação da mítica banda dos anos 80 Pop Dell’Arte, incluiu vários outros espetáculos e atividades.
No dia 5 realizou-se, de manhã, um concerto de ensembles de sopros da Escola de Música da Sociedade Musical Capricho Setubalense, seguido, à tarde, da atuação do Duojazz, projeto de Desidério Lázaro, saxofone, e Bruno Pernadas, guitarra, que percorreu sonoridades conhecidas do jazz norte-americano.
Luís O Brito, Spicy Noodles e Esfera proporcionaram, à noite, um serão repleto de sonoridades díspares.
Luís O Brito interpreta handpan, instrumento metálico de percussão que se distingue pelos ritmos hipnóticos, enquanto Spicy Noodles resulta dos samplers, guitarras, baixos, teclados e bit eletrónicos da dupla Érika Machado e Filipa Bastos. Mantendo o contraste musical, reflexo do ecletismo da programação da Casa da Cultura, a banda Esfera proporcionou um concerto de rock progressivo.
O programa comemorativo incluiu, ainda, uma sessão de cinema com a exibição, no dia 6, de curtas-metragens premiadas na 26.ª edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, e, a 7, um espetáculo de fado com Deolinda de Jesus, que apresentou temas do álbum mais recente.
O Espaço Ilustração da Casa da Cultura apresentou, também no domingo, a exposição “Geringonça”, de Hélder Oliveira.
Desde do dia da inauguração, a 5 de Outubro de 2012, a Casa da Cultura já realizou mais de dois mil eventos, aos quais assistiram cerca de 50 mil espetadores.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010