Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

“Queimada” vai iluminar Pinhal Novo no Dia das Bruxas

Pátio Caramelo prepara-se para uma noite de terror


O Dia das Bruxas vai ser celebrado, em Pinhal Novo, com pirotecnia, danças e música, no evento da “Queimada”, organizado pela Acção Teatral Artimanha, Bardoada-Grupo do Sarrafo, Câmara de Palmela e Junta de Freguesia de Pinhal Novo. Esta quarta-feira, saem à rua bruxas, magos e odaliscas, que vão desfilar ao longo da Avenida Alexandre Herculano, em Pinhal Novo, a partir das 21 horas. Passam pelo principal jardim da vila e acaba na penumbra do Pátio Caramelo que, hoje à noite, será o palco de todos os terrores e de todos os mistérios da grande "queimada". Um evento que promete... 
Queimada realiza-se esta noite 

O desfile terá três paragens: no anfiteatro do Jardim José Maria dos Santos, onde a população poderá assistir a danças, a cargo da Flor de Lotus, seguidamente no coreto, onde a magia continua com uma actuação de fogo, e finalmente, na entrada do Pátio Caramelo, onde a organização dará início ao ritual da queimada, ao som de música medieval e gaiteiros dos Bardoada.
Este ritual tem por base uma bebida alcoólica típica da Galiza – a Queimada – preparada num pote de barro e acompanhada de um esconjuro que, de acordo com a tradição, protege contra feitiços e mantém afastados os espíritos do mal. Na Galiza, a data é comemorada todos os anos, como símbolo da manutenção da abundância de verão nos meses de Inverno.
No Pinhal Novo, onde a dramatização teatral e a música terão papel de destaque, a Queimada será distribuída pelo público, num convite à celebração e ao convívio.
As expectativas são “tantas como as do ano passado, o convívio é o mais importante” explicou Rui Guerreiro, membro do ATA, na edição do ano passado. Este ano, espera-se o mesmo.
E o que é a Queimada Mística? O ATA-Acção Teatral Artimanha explica:
"Manda já a tradição que nesta noite esconjurem todos os males, maldecências e fuxicos destas terras caramelas. Ao toque das gaitas e bombos toda a população será convidada a participar. O fogo convida à festa que culminará com o esconjuro e a bebida Queimada que até o próprio mafarrico gostaria de poder provar! Agora meus senhores é dançar, é pular que este terreiro está livre de todos os males, demónios e maus olhados. As bruxas e bruxinhas, músicos, cantores e todos os demais olham e protegem estas terras caramelas".
A edição deste ano contará ainda com o apoio dos Bardoada – Grupo do Sarrafo, Flor de Lótus, Gaiteiros da Bardoada, Os Indiferentes e BONC - Bouta o Oubido no Carril que encerram a noite dos sustos com um concerto nas arcadas da Casa Santa Rosa (Pátio Caramelo). 

A história do Halloween
O primeiro registo do termo Halloween tem a data aproximada de 1745. No Cristianismo existia o costume de celebração das chamadas Vésperas. Na Antiga Religião celta existia o Samhain,a Festa dos Mortos (no Cristianismo é celebrado dia 2 de Novembro).
Entre o pôr-do-sol do dia 31 de Outubro e 1° de Novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening Hallowe'en Halloween. Rapidamente conclui-se que o termo Dia das bruxas não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.
Outra teoria sobre a noite das bruxas conta que a igreja católica, ao eliminar o dia de Martinho Lutero, que foi o fundador da igreja protestante, disse que a salvação é pela graça e não pela obra. Este dia seria conhecido nos países de língua inglesa como Day of Martin Luther.A designação perpetuou-se e a comemoração do Halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010