Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Passil, em Alcochete, já tem médico de família

Unidade Móvel de Saúde volta esta quinta-feira para mais consultas 

A população do Passil, em Alcochete, tem desde o passado dia 29 de Março médico de família e acesso a cuidados de saúde de proximidade, assegurados pela Unidade Móvel de Saúde do ACES Arco Ribeirinho, resultado de uma ação concertada da Câmara de Alcochete com o Agrupamento de Centros de Saúde Arco Ribeirinho, em colaboração com a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Alcochete. No primeiro dia realizaram-se na unidade móvel nove consultas médicas, ficando o próximo atendimento médico agendado para dia 12 de Abril de 2018, a partir das oito e meia da manhã. Recorde-se que a Unidade Móvel de Saúde desloca-se quinzenalmente, às quintas-feiras ao Passil, entre as oito e as 13 horas.
Nove pessoas foram atendidas na primeira consulta 

Através da Unidade Móvel de Saúde do ACES Arco Ribeirinho, a população do Passil "beneficia quinzenalmente de um atendimento personalizado garantido por uma médica especialista em medicina geral e familiar, uma enfermeira especialista em saúde comunitária e uma técnica operacional, que tentam suprimir as crescentes necessidades na área da saúde, em especial da população mais idosa, que apresenta maiores dificuldades de mobilidade", explica a Câmara de Alcochete.
Este serviço conta com a colaboração da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Alcochete e ainda da Divisão de Educação e Desenvolvimento Social da câmara municipal, dos técnicos do Setor de Desenvolvimento Social, que efetuam as inscrições nas antigas instalações do Posto de Saúde do Passil, nas terças-feiras anteriores aos dias das consultas.
Em Fevereiro, a vice-presidente da autarquia, dizia que "esta carrinha terá um serviço médico e de enfermagem também, uma mais-valia para a população que, neste momento para se deslocar ao centro de saúde, como todos sabemos, tem que ser em transporte próprio”, adiantou Fátima Soares.
Para o presidente da câmara municipal, Fernando Pinto, esta é uma solução que “já peca por tardia”, na medida em que se trata de um serviço fundamental “não só para as gentes do Passil, mas para todas as pessoas da Barroca d’Alva, do Monte Laranjo e de toda a zona mais ruralizada que se encontra a uma grande distância quer do centro de saúde de Alcochete, quer do Montijo”.
Fernando Pinto explicou também que a utilização da viatura móvel, em detrimento das instalações da câmara municipal neste lugar, foi uma opção dos profissionais de saúde.
“Disponibilizamos o espaço físico para sala de espera e inscrições mas o atendimento será realizado numa viatura devidamente apetrechada não só para o exercício das consultas médicas, mas também para a prática de enfermagem”, referiu o autarca destacando ainda que a câmara de Alcochete já preparou o edifício para estas valências.
O serviço de saúde móvel terá uma periodicidade quinzenal, às quintas-feiras, no entanto, há abertura por parte do centro de saúde de Alcochete e Arco Ribeirinho de alterar esta periodicidade para semanal, caso se justifique.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010