Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Montijo volta a apoiar bombeiros do concelho

Presidente da Câmara faz balanço sobre a proteção civil no concelho

Em reunião de câmara,  o presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta, fez uma declaração política de balanço da intervenção municipal na área da proteção civil, executada nos últimos anos. Do vasto trabalho realizado, Nuno Canta salientou o reforço de meios atribuídos, desde o último mandato, às duas corporações de bombeiros voluntários do concelho (Montijo e Canha), em particular os novos protocolos de colaboração outorgados em 2015 que transferem, anualmente, uma verba de 126 mil euros para os Bombeiros do Montijo e de 72 mil euros para os Bombeiros de Canha. Na mesma reunião o executivo municipal aprovou por unanimidade, a atribuição de apoios financeiros às duas corporações de bombeiros voluntários do concelho, num valor total superior a 111 mil euros.
Bombeiros do Montijo e Canha recebem 111 mil euros de apoio 

Aos Bombeiros Voluntários de Canha foi atribuído um apoio de 49 mil euros para aquisição de um equipamento de salvamento e desencarceramento, pois o "atual equipamento está em funções há 32 anos, não permitindo aos bombeiros exercer a sua missão de socorro e salvamento com a celeridade que é exigida nos acidentes rodoviários", diz a autarquia em comunicado.
Por sua vez, aos Bombeiros Voluntários do Montijo foi concedido um apoio de 62 mil 260 euros para aquisição de um veículo de combate a incêndios em ambiente urbano e florestal, que "permitirá o acesso a zonas de acessibilidade reduzida e a arruamentos estreitos, que existem em diversas freguesias do concelho e que são inacessíveis a viaturas de grandes dimensões", sublinha a Câmara do Montijo.
Consciente do seu papel no dispositivo de proteção civil do concelho, desde o anterior mandato autárquico, que a Câmara  do Montijo "tem desenvolvido uma política de reforço dos meios das duas corporações de bombeiros do concelho, contribuindo para a modernização dos equipamentos e das instalações imprescindíveis à execução do trabalho dos soldados da paz", realça Nuno Canta.
O autarca fez ainda  uma declaração política de balanço da intervenção municipal na área da proteção civil, executada nos últimos anos. Do vasto trabalho realizado, Nuno Canta salientou "o reforço de meios atribuídos, desde o último mandato, às duas corporações de bombeiros voluntários do concelho (Montijo e Canha), em particular os novos protocolos de colaboração outorgados em 2015 que transferem, anualmente, uma verba de 126 mil euros para os Bombeiros do Montijo e de 72 mil euros para os Bombeiros de Canha".
Elencou, igualmente, o vasto conjunto de apoios financeiros que têm permitido modernizar os quartéis e adquirir novas ambulâncias e veículos de combate a incêndios, entre outros equipamentos: desde 2013 até 2018, a autarquia atribuiu mais de 530 mil euros às duas corporações de bombeiros.
Nuno Canta referiu que “muitas vezes o poder local se substitui ao poder central, para garantir a dignidade das forças de segurança”, dando como exemplos a instalação dos postos da GNR do Montijo e da GNR de Canha, assim como da esquadra da PSP do Montijo, em edifícios municipais.

Autarca reuniu com Governo para a construção de um departamento da PSP
A este propósito, o presidente mencionou que, em audiência no mês de Março, com o Ministro da Administração Interna retomou o assunto da construção de um departamento da PSP, estando o município do Montijo disponível para ceder um terreno e assumir a fiscalização da obra.
Como a atividade de proteção civil não se esgota nestas áreas, o autarca abordou, também, a intervenção do Serviço Municipal de Proteção Civil nos domínios da previsão e avaliação dos riscos, do planeamento e atuação em situações de risco e emergência e do desenvolvimento de ações de sensibilização e formação junto da comunidade.
“No quadro das nossas competências iremos continuar empenhados no nosso papel no dispositivo de proteção civil do concelho, procurando contribuir para o reforço dos seus agentes com meios adequados ao desempenho eficaz das suas funções de segurança, proteção e socorro, assim como na formação e sensibilização da nossa comunidade e dos nossos cidadãos”, concluiu Nuno Canta.

Agência de Notícias com Câmara do Montijo

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010