Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Quinta do Conde comemorou 31.º aniversário como freguesia

 "Hoje, a Quinta do Conde está bem diferente para melhor"

"É bom viver na Quinta do Conde". Esta foi a nota dominante dos discursos na cerimónia de encerramento das comemorações do 31.º aniversário da elevação da Quinta do Conde a freguesia, que decorreu no dia 9 de Outubro, no Salão Nobre da junta. A melhoria da qualidade de vida na Quinta do Conde foi igualmente destacada por Vítor Antunes, presidente da Junta de Freguesia. "Hoje, a Quinta do Conde está bem diferente para melhor" referiu, saudando todos os que têm contribuído para o seu desenvolvimento. O autarca lamentou depois o sub-financiamento da freguesia, devido à Lei das Finanças Locais. 

Autarcas realçam o crescimento de Quinta do Conde como freguesia 

"Ainda há poucos anos esta terra apresentava muitas carências em termos de saneamento, água, equipamentos desportivos, escolas, espaços verdes, e as estradas estavam na sua maioria, em terra batida. Tive o privilégio de participar na sua transformação, no seu processo de mudança, juntamente com outros autarcas e moradores, daí que sinta uma grande alegria em pertencer e viver na Quinta do Conde", sublinhou a vice-presidente da Câmara de Sesimbra, Felícia Costa.
A melhoria da qualidade de vida na Quinta do Conde foi igualmente destacada por Vítor Antunes, presidente da Junta de Freguesia. "Hoje, a Quinta do Conde está bem diferente para melhor" referiu, saudando todos os que têm contribuído para o seu desenvolvimento. O autarca lamentou depois o sub-financiamento da freguesia, devido à Lei das Finanças Locais, e revelou que não desistirá de "lutar por uma nova escola secundária, pelo lar de idosos, por novas instalações para as forças de segurança, ou pela construção do Hospital do Seixal".
João Valente, presidente da Assembleia de Freguesia, destacou as diferenças que fazem da Quinta do Conde "uma terra jovem, mas muito boa para viver".
A tarde ficou ainda marcada pelo descerramento de uma placa em homenagem a João Favinha, antigo autarca e dirigente associativo, falecido há um ano, que a partir de agora passa a dar o nome ao salão nobre da junta, saudações a atletas, condecorações a individualidades, movimento associativo e empresas da freguesia, entrega do prémio do concurso de fotografia, atuação do grupo musical Ecos, e por um momento de poesia com guitarra, com Luísa Amaro e Vítor de Sousa, durante o qual foram lembrados, entre outros, Alice Vieira ou Miguel Torga.
Refira-se que o programa de comemorações, iniciado no dia 7, incluiu ainda um debate sobre as novas competências para as Juntas de Freguesia, que reuniu vários autarcas, homenagem a João Favinha, no Centro Social, Cultural e Recreativo A Voz do Alentejo, e colocação de uma escultura no Parque da Ribeira, da autoria de Eloisa Ejarque.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010