Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Setúbal apela à mobilidade sustentada no concelho

Trabalhadores municipais foram para o emprego de bicicleta 

Colaboradores de vários setores da Câmara de Setúbal aderiam na manhã de dia 22 de Setembro à primeira edição da iniciativa “De Bicicleta para o Trabalho – Bike to Work”, incluída no programa das comemorações do Dia Europeu Sem Carros. “O objetivo é passarmos a mensagem de que quem mora e trabalha em Setúbal pode deslocar-se de bicicleta para o trabalho. São menos umas dezenas de carros que vimos a passar, o que é um grande contributo ambiental para a cidade”, salienta o vereador do Ambiente da Câmara de Setúbal, Manuel Pisco.
Dia Europeu Sem Carros foi comemorado em Setúbal de bicicleta 

Funcionários responderam ao apelo da autarquia e no Dia Europeu Sem Carros, que levou ao corte de trânsito na Praça do Bocage, deslocaram-se de bicicleta para o trabalho, numa ação de sensibilização para a necessidade de reduzir os impactes ambientais da mobilidade urbana.
Esta iniciativa “De Bicicleta para o Trabalho – Bike to Work” surgiu da formalização da adesão da autarquia, feita a 17 de agosto, ao projeto “Compromisso pela Bicicleta”, promovido pela Universidade de Aveiro.
“A cidade está apetrechada de ciclovias. Notamos que as pessoas estão a aderir a esta moda e queremos que se torne um hábito”, sublinha Manuel Pisco.
Quem também tem um compromisso com a bicicleta é Joaquim Arnaldo, 74 anos. Reformado, natural de Setúbal, é, desde os 7 anos, utilizador diário deste meio de transporte.
“Desloco-me de bicicleta para todo o lado. Uso as ciclovias, a estrada e o passeio quando tem de ser. É mais prático, eficiente, barato e chego a todo o lado. Moro no Bairro do Troino e ainda ontem atravessei a cidade para ir à Decathlon”, conta.
Paralelamente a esta iniciativa, a Câmara de Setúbal celebra o Dia Europeu Sem Carros com um conjunto de ações que visam sensibilizar os munícipes para a utilização de meios alternativos ao veículo automóvel convencional.
Ao longo do dia, na Praça de Bocage é possível conhecer várias sugestões de mobilidade alternativa, como a proposta da empresa Z Mov, que comercializa bicicletas elétricas e ecológicas.
“Temos o conceito de bicicletas puras e urbanas, a motor, cujo carregamento é feito com recurso a uma ficha doméstica. São fáceis de utilizar e transformam as subidas em retas, porque não temos de pedalar”, explica André Feijão, responsável pela Z Mov.

Importância Dia Europeu Sem Carros
Neste dia de apelo à mobilidade urbana sustentada as crianças não foram esquecidas. Na Praça de Bocage, foi  possível conhecer e experimentar as bicicletas do projeto My First Bike.
“Este tipo de bicicleta é considerado o mais seguro para as crianças entre os 2 e os 5 anos. Não tem rodas e está provado que é um auxiliar na aprendizagem e no desenvolvimento da autoconfiança das crianças”, explica Miguel Santos, que há nove meses importou esta ideia da Alemanha.
Durante a tarde de ontem, decorrer o encontro “Novas Mobilidades, Mais Qualidade de Vida”, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
As celebrações do Dia Europeu Sem Carros terminaram com uma caminhada, organizada pelo movimento Corrida Noturna, de 6,5 quilómetros, com início às 20h30, na Praça de Bocage, onde também é a chegada.
O Dia Europeu Sem Carros foi instituído em 2000 com o objetivo de as autoridades locais apresentarem os centros urbanos de uma forma diferente ao restringir o tráfego motorizado, de encorajar a utilização de modos de transporte sustentáveis e de sensibilizar para o impacte ambiental das escolhas quanto ao meio de transporte.
Dois anos mais tarde, foi instituída a Semana Europeia da Mobilidade, que se realiza de 16 a 22 de Setembro e inclui o Dia Europeu Sem Carros.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010