Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Politécnico de Setúbal com empregabilidade alta

Escola com segunda maior taxa de empregabilidade a nível nacional 

Os mais recentes dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional, referentes aos diplomados do ensino superior dos últimos  quatro anos letivos, registados como desempregados até 31 de Dezembro 2015, indicam que o Instituto Politécnico de Setúbal se mantém como a segunda instituição de ensino superior politécnico com maior taxa de empregabilidade. No Politécnico de Setúbal, as áreas da saúde, tecnologias de informação e desporto são aquelas que alcançam maior sucesso no atual mercado de trabalho. Destacam-se os cursos de Enfermagem, com zero por cento de taxa de desemprego, de Gestão de Sistemas de Informação, que tem uma taxa de desemprego de 1,5  por cento, de Desporto, que no IPS tem uma taxa de desemprego de 2,4 por cento, e de Fisioterapia com uma taxa de desemprego de 2,8 por cento.
Jovens formados no IPS com mais mercado de trabalho 

Com efeito existem 10 cursos no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) com uma taxa de desemprego inferior a cinco por cento, nomeadamente Engenharia Mecânica, Tecnologia e Gestão Industrial, Promoção Artística e Património, Desporto, Educação Básica, Contabilidade e Finanças, Gestão da Distribuição e da Logística, Gestão de Sistemas de Informação, Fisioterapia e Enfermagem.
No global, dois terços dos cursos do IPS apresentam uma taxa de desemprego menor do que a média nacional, na mesma área de formação. "Neste contexto, são quatro os cursos do IPS que apresentam uma taxa de desemprego com maior diferença face à média nacional, demonstrando uma excelente integração no mercado de trabalho", diz o Instituto Politécnico de Setúbal.
E os números compravam esse facto. Os cursos com mais sucesso nas escolas de Setúbal e do Barreiro são os cursos de Fisioterapia (IPS – 2,8 por cento | média nacional 10,5 por cento), Desporto (IPS – 2,4 por cento | média nacional 9,6 por cento), Gestão de Sistemas de Informação (IPS – 1,5 por cento | média nacional 6,8 por cento e Comunicação Social (IPS – 7,2 por cento | média nacional 12,2 por cento).
O sucesso alcançado ao nível da empregabilidade resulta da aposta do IPS "em medidas de apoio à integração profissional dos diplomados como a realização de estágios, a criação do portal de emprego do IPS com ofertas exclusivas para os seus diplomados, a criação do Serviço de Promoção da Empregabilidade do IPS, a realização de estudos sobre o percurso académico e profissional dos diplomados ou da avaliação dos seus cursos, entre outras", refere o Instituto Politécnico de Setúbal em comunicado.
Para além disso, no IPS, "os estudantes têm a oportunidade de adquirir diferentes competências transversais e de participar em atividades de âmbito internacional, social, desportivo, académico e inovador, atualmente muito valorizadas pelos empregadores". 
Exemplo disso são ações como a Semana da Empregabilidade, a Semana Internacional, o programa ERASMUS, bem como o desenvolvimento de projetos de investigação e iniciativas empreendedoras na Incubadora de Ideias de Negócio do IPS.
O Instituto Politécnico de Setúbal  coloca agora 1184 vagas no Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, distribuídas pelas diversas áreas de Ciências Sociais, Educação e Desporto, Engenharia e Tecnologia, Ciências Empresariais e Saúde, destacando-se "a abertura de um novo curso em Bioinformática, respondendo assim às necessidades dos novos mercados de trabalho no domínio das competências digitais, em particular na área emergente da utilização dos sistemas de informação em Ciências da Saúde e da Vida", conclui o comunicado do Instituto Politécnico de Setúbal.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010