Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Barreiro já tem viatura de emergência médica

VMER vai servir mais de 200 mil pessoas em quatro concelhos 

O Centro Hospitalar Barreiro-Montijo anunciou que a sua viatura médica de emergência e reanimação (VMER) entrou na segunda-feira em funcionamento, ficando sediada no Hospital de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro. "A VMER iniciou funções e ficará integrada no Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica", refere o centro hospitalar em comunicado. No primeiro dia de funcionamento efetuou 12 serviços de emergência, uma média 50 por cento superior ao que se regista noutras VMER ao nível nacional. Este novo serviço vai servir mais de 200 mil pessoas nos concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo.
Hospital do Barreiro tem desde esta semana uma viatura de emergência 

Um despacho do gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, publicado em Diário da República em Fevereiro, determinou que as VMER dos hospitais Nossa Senhora do Rosário, integrado no Centro Hospitalar Barreiro-Montijo, e Professor Doutor Fernando Fonseca, na Amadora, entrassem em funcionamento até 30 de Abril de 2016.
Embora disponham de Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica, estes são os únicos equipamentos que não tinham integrada e em funcionamento a respetiva VMER, como previsto num despacho de 2014.
Tanto o hospital da Amadora como o centro hospitalar do Barreiro e Montijo são entidades públicas empresariais.
O Centro Hospitalar Barreiro/Montijo e o Instituto Nacional de Emergência Médica assinaram na semana passada um protocolo para o funcionamento da viatura, numa cerimónia em que esteve presente o secretário de estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo.
António Gandara, que integra a equipa da VMER,  sediada no Hospital de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, sublinhou  que “este foi serviço feito a partir do zero”. O técnico da VMER apresentou ao Secretário de Estado, o Gabinete de Apoio para equipa, a viatura e as condições do equipamento - "a farmácia base, abrange tudo o que é possível". 
Este novo serviço vai servir mais de 200 mil pessoas nos concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo. “Aqui o trabalho de equipa e a noção de equipa é fundamental”, conta António Gandara. O técnico diz ainda que além das equipas que foram criadas, estão ainda em formação 15 enfermeiros e 16 médicos.
“A formação é importante, mas nada substitui a prática o trabalho com as situações concretas”, sublinhou António Gandara recordando a importância de ser mantido um estreito trabalho de cooperação com os Bombeiros locais.

12 saídas em 24 horas 
Fernando Araújo explicou que o transporte de utentes que precisem de cuidados diferenciados será feito com ambulâncias do INEM e com um médico de um hospital.
"O que por vezes se fazia é que era o médico da VMER a acompanhar o utente e ela ficava inoperacional e o que pretendemos é que seja feito o acompanhamento por um médico do hospital, com a VMER a continuar operacional", explicou o secretário de estado Adjunto e da Saúde.
Sobre a nova VMER do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, que entrou em funcionamento na segunda-feira, o secretário de estado explicou que saiu 12 vezes nas primeiras 24 horas de serviço.
"A VMER saiu 12 vezes nas primeiras 24 horas, cerca de 50 por cento acima da média nacional, o que demonstra que era necessária e que foi importante cumprir a promessa de até ao final de Abril ter aqui um VMER", salientou o secretário de estado Adjunto e da Saúde, elogiando o serviço desempenhado pelas VMER no país, que respondem por ano a mais de 100 mil solicitações.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010