Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Opções Participadas voltam este ano a Sesimbra

Municipes vão poder escolher obras prioritárias no concelho 

As Opções Participadas vão ser retomadas em 2016 pela Câmara de Sesimbra com um conjunto de alterações cujo objetivo é incentivar a participação do maior número de cidadãos. "A verba global para esta edição é de 300 mil euros, dividida pelas três freguesias, tendo como critérios o número de eleitores (85 por cento) ou 255 mil euros) e a área do território (15 por cento ou 45 mil euros)", explica a Câmara de Sesimbra em comunicado. 
Câmara de Sesimbra convida munícipes a apresentarem ideias 

A edição de 2016 apresenta um conjunto de novidades em relação às anteriores, entre as quais uma verba de 50 mil euros destinada a projetos votados online e um conjunto de visitas do presidente da Câmara e vereadores às zonas onde se realiza cada um dos seis foros territoriais com a população, o que permitirá, diz a autarquia liderada por Augusto Pólvora, "um contacto mais estreito entre autarcas e cidadãos".
Estes foros, que servirão para recolha de propostas a incluir nas Opções Participadas, vão decorrer aos sábados, às 17h30 , em Alfarim, Zambujal, Santana, Cotovia, Sesimbra e Quinta do Conde.
As propostas a submeter à votação online, podem ser apresentadas entre 15 de Janeiro e 15 de Fevereiro por qualquer munícipe, associação ou grupo de munícipes através de e-mail, de correio ou dos Balcões Únicos de Serviços, em Sesimbra e Quinta do Conde.  
Devem ser devidamente fundamentadas, quanto ao seu impacto no concelho, conter estimativa de custo e programa de execução, servir o interesse público, valorizar e promover a qualidade de vida no concelho.
Após análise, entre 16 e 29 de Fevereiro, inicia-se então a votação online de todas as propostas válidas, na página do município, durante todo o mês de Março. A proposta ou propostas vencedoras serão anunciadas em abril, encerrando-se assim o processo de escolha e iniciando-se o procedimento para a sua execução.
Os orçamentos participativos iniciaram-se em Sesimbra em 2006. Posteriormente a designação passou a ser Opções Participadas, que decorreram ininterruptamente até 2013. Durante esses oito anos foram muitas as intervenções que se verificaram por sugestão dos munícipes.
"Em 2016 o projeto é retomado, noutros moldes, mas sempre com o mesmo propósito de aprofundar ainda mais a relação do executivo municipal com os munícipes e incentivando-os a participar na vida do concelho", conclui a Câmara de Sesimbra.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010