Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Montijo transita ano sem dívidas a fornecedores

Executivo municipal vira o ano com contas em dia

O município do Montijo fechou as contas do Exercício de 2015 com uma taxa de execução orçamental de cerca de 92 por cento, de acordo com informação avançada pelo município, no último dia do ano passado. Durante o exercício de 2015, a autarquia pagou 24.9 milhões de euros, o que corresponde a uma taxa de execução orçamental da despesa de 92 por cento. A receita líquida total atingiu os 27.2 milhões de euros, equivalendo a uma taxa de execução orçamental de 100 por cento. Tudo isso perante um cenário extremamente adverso, já que a oposição [ PSD e CDU] chumbaram o orçamento municipal proposto pelo  Partido Socialista. 
Câmara do Montijo reduz prazo para pagar dívidas a fornecedores 

"Apesar das adversidades políticas na gestão municipal, com os documentos previsionais para o ano de 2015 a serem rejeitados pela oposição CDU e PSD, obrigando a um exercício financeiro com base no orçamento transposto de 2014, o município do Montijo conseguiu encerrar o ano de 2015 sem qualquer dívida a fornecedores e empreiteiros", explica a autarquia em comunicado.
A Câmara do Montijo não apresenta atrasos nos pagamentos, nem pagamentos em atraso. "Aliás, ao longo do ano de 2015, o prazo médio de pagamento foi reduzido de forma significativa: no final de 2014 era de 33 dias, no quarto trimestre de 2015 este prazo tinha diminuído para os 10 dias".
Durante o exercício de 2015, o município do Montijo pagou 24.9 milhões de euros, o que corresponde a uma taxa de execução orçamental da despesa de 92 por cento. A receita líquida total atingiu os 27.2 milhões de euros, equivalendo a uma taxa de execução orçamental de 100 por cento.
"Num contexto de dificuldades económicas, financeiras e políticas, estes resultados são reflexo do trabalho e empenho dos trabalhadores municipais, assim como de uma gestão municipal rigorosa, exigente e com disciplina orçamental, que é realizada em parceria com as freguesias do concelho e em proximidade com as pessoas e para as pessoas, por forma a assegurar um Montijo mais justo, próspero, empreendedor, solidário e coeso", sublinha Nuno Canta, presidente da Câmara do Montijo.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010