Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Barcos de Tróia em greve até meados de Junho

Trabalhadores querem aumento salarial 

Os trabalhadores da Atlantic Ferries, empresa que assegura as ligações fluviais no Sado, entre Setúbal e Tróia, decidiram ontem prolongar, até meados de Junho, as paralisações parciais iniciadas no passado mês de Abril para exigirem aumentos salariais, disse à Lusa fonte sindical. “A empresa ainda não percebeu que os trabalhadores não querem qualquer tipo de prémio, querem é uma atualização salarial”, disse Frederico Pereira, do Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante. Amanhã, a União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN e os Sindicatos do sector, irão realizar, às 10 horas, junto ao Caís do Comercio em Setúbal, (Caís Ferryboats) uma concentração, de apoio à greve dos trabalhadores. A concentração irá contar com a presença do Secretário-Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

Greves afectam as ligações no Sado ao fim de semana 

“A última proposta da empresa é a atribuição de um prémio de 1,5 por cento sobre o vencimento base de cada um dos trabalhadores, mas seria um prémio que seria dado este ano e mais nada. E é isso que os trabalhadores não aceitam”, acrescentou o sindicalista após uma reunião plenária efetuada em Setúbal esta semana.
De acordo com Frederico Pereira, a reivindicação dos trabalhadores é de um aumento salarial de dois por cento, proposta que terá sido recusada pela administração da concessionária do serviço público de transporte fluvial de passageiros e veículos entre as duas margens do rio Sado, que contrapõe apenas com o prémio de 1,5 por cento.
Segundo um trabalhador da Atlantic Ferries, as greves parciais já realizadas desde o passado mês de Abril, apenas aos sábados e domingos, 10 às 12 horas, das 17 às 19 horas e das 22 às 24 horas, obrigaram à supressão de todas as carreiras fluviais naqueles horários.
A agência Lusa tentou ouvir a administração da Atlantic Ferries, mas não foi possível. 

Arménio Carlos apoia greve no sábado 
A União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN e os Sindicatos do sector, irão realizar no próximo dia 23 de Maio, pelas 10 horas, junto ao Caís do Comercio em Setúbal, (Caís Ferryboats) uma concentração, de apoio à greve dos trabalhadores da Atlantic Ferries que nesse dia estão a cumprir a quinta greve parcial.
"Na origem das greves estão os ataques que a administração pretende efectuar aos trabalhadores da Atlantic Ferries, por via da retirada de direitos do Acordo de Empresa em vigor e a exigência de aumentos salariais. Isto quando há um ano atrás foi alterado o sistema de bilhética e aumentado substancialmente os preços das viagens", explica A União dos Sindicatos de Setúbal.
A concentração irá contar com a presença do Secretário-Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

Agência de Notícias

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010