Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Europa revitaliza Centro Histórico de Palmela

Castelo de Palmela volta a ficar "iluminado" em 2015 

A Câmara Municipal de Palmela viu aprovadas duas candidaturas a fundos comunitários (QREN), destinadas a comparticipar a obra do Espaço Cidadão e a Iluminação Cenográfica do Castelo de Palmela. Estas candidaturas, aprovadas pelo Programa Operacional Regional de Lisboa em regime de overbooking, apresentam uma taxa de financiamento de 65 por cento sobre o investimento total elegível, representando um apoio no valor aproximado de 500 mil euros. As obras deverão estar concluídas até ao final de Junho do próximo ano, diz a autarquia em comunicado. 
 Castelo de Palmela volta a ser "o farol" da região em 2015 

Ambas as intervenções constituem compromissos assumidos pelo Município junto das populações e já em fase avançada de concretização. "O Espaço Cidadão está em obra e a iluminação cenográfica tem o projeto concluído, encontrando-se em preparação do concurso", pelo que, diz a autarquia, a "confirmação desta oportunidade de financiamento é uma notícia muito positiva para o território, com influência direta no orçamento municipal". As obras deverão estar concluídas até ao final de Junho do próximo ano.
As candidaturas agora aprovadas vêm "contribuir para dar continuidade ao trabalho de requalificação e dinamização do Centro Histórico de Palmela, que o Município tem vindo a desenvolver nos últimos anos", disse fonte da Câmara de Palmela ao ADN:
A Iluminação Cenográfica do Castelo pretende valorizar este monumento nacional, referência incontornável da paisagem da Península de Setúbal, transformando-o num verdadeiro “farol” da região. A obra tem o valor estimado de 320 mil euros e "consiste na instalação de luminárias e fontes de luz, obedecendo a elevados padrões de qualidade e rendimento luminoso, energeticamente mais eficientes e com mais baixos custos de manutenção, e com possibilidades de programação".
O projeto pretende evidenciar o conjunto de elementos arquitetónicos do Castelo, composto pelas muralhas, pelas torres e pela Pousada, fortalecendo a relação entre o Castelo e a vila na paisagem noturna, procurando, deste modo, reforçar a identidade cultural do Município.
O Espaço Cidadão – Serviço de Apoio à Comunidade, instalado no coração da vila, junto ao Mercado Municipal, nasce da recuperação de um imóvel municipal, de relevante interesse arquitetónico. "As suas novas valências passam pelo acolhimento de serviços de apoio da Segurança Social, de iniciativas de caráter sociocultural e do movimento associativo local, bem como dos serviços da Junta de Freguesia de Palmela", diz a autarquia. A intervenção tem um custo de 441 mil euros.

Agência de Notícias

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010