Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Autarcas exigem novo acesso em Praias do Sado

 Acessos em Praias do Sado preocupa moradores e autarcas 

O deputado comunista, eleito pelo circulo de Setúbal à Assembleia da República, defende a construção de um acesso alternativo nas Praias do Sado. Francisco Lopes esteve com autarcas de Setúbal em visita a Praias do Sado e, de acordo com o deputado do PCP,  a "necessidade desta passagem superior é evidente e é agravada pelo facto de no ano passado ter havido uma ligação que foi interrompida com o prolongamento da estrada”. O deputado comunista acrescenta ainda que a interrupção desta obra “não revela apenas aquilo que não é feito, mas também aquilo que foi retirado à população”. O que adensa, na opinião de Francisco Lopes, o “problema de mobilidade, de acesso e de segurança nas Praias do Sado”.


Deputado do PCP ouviu população e autarcas 

Os autarcas de Setúbal, que acompanharam a visita do deputado do PCP a Praias do Sado, lembraram que no processo, que foi adjudicado pelas Estradas de Portugal em 2010, também estiveram envolvidos os serviços técnicos da autarquia, que deram “a indicação dos proprietários dos terrenos  que seria necessário expropriar para a construção da via, sendo o maior deles de propriedade do Estado, o que facilitaria a resolução deste assunto por parte das Estradas de Portugal”, sublinhou o vereador André Martins. O autarca lembra que a “câmara municipal está do lado da população” das Praias do Sado e está disposta a “reivindicar” e a levar até “às últimas consequências a exigência da construção desta via alternativa”.
Quando se deu o encerramento do nó da EN 10-8 foi realizada uma reunião com o administrador das Estradas de Portugal (EP), que assumiu o compromisso perante a Câmara  de Setúbal, a Junta de Freguesia do Sado e a população, de levar a cabo a construção de uma passagem superior ao caminho-de-ferro, permitindo a ligação entre a Rua do Vale de Chaves e a Rua Augusto Gil. A empresa responsável respondeu que “apesar do seu comprometimento inicial, a concessão das Estradas de Portugal visa somente a construção de estradas nacionais” e, portanto, esta “estrada não faz parte das prioridades que a empresa tem dentro do orçamento”.
Esta declaração levou a Assembleia de Freguesia do Sado a aprovar uma moção “em defesa da construção do acesso alternativo ao encerramento do nó da EN10-8 em Praias do Sado”, que visa encontrar uma solução definitiva e eficaz para a comunidade e para os trabalhadores da região, que está inserida num contexto muito específico, devido a proximidade com a zona da Mitrena, principal concentração industrial do concelho de Setúbal. Uma zona com indústrias que manipulam produtos químicos e, portanto, com um maior risco de acidentes numa região que não tem as vias necessárias para o escoamento de trânsito em caso de emergência.

 Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010