Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Palmela requalificou estrada de acesso à Autoeuropa

Concluída primeira fase da beneficiação da Circular Sul ao parque industrial 


Já está concluída a empreitada de beneficiação da Circular Sul à Autoeuropa - 1.ª fase, "um investimento municipal no valor de 174 mil euros", diz a Câmara de Palmela em comunicado. Esta é uma via estruturante que serve uma das maiores fábricas do país. A Câmara de Palmela sempre disse que esta estrada, na freguesia da Quinta do Anjo, e que serve o parque industrial, "é muito utilizada e que por ali passam diariamente milhares de veículos, incluindo muitas centenas de veículos pesados, que contribuem para uma degradação acelerada da via". A Câmara de Palmela já insistiu junto da Administração Central para se "encontrar soluções, nomedamente, no quadro do Plano Nacional de Investimentos, para a beneficiação de infraestruturas em zonas industriais e, em concreto, das Circulares Norte e Sul da Autoeuropa". 
Acesso à Autoeuropa foi requalificado 

A obra incluiu a reconstrução do pavimento de um troço da faixa dupla norte, situado entre a entrada principal da Autoeuropa e o acesso à ATEC, numa extensão total de 600 metros, "incluindo as faixas de aceleração e desaceleração que dão acesso a esta área empresarial. Contemplou ainda a reposição da sinalização horizontal e vertical", disse a autarquia.
Construída por ocasião da instalação do complexo industrial, a Circular Sul é "uma via muito movimentada, essencial para o acesso à Autoeuropa e ao parque de fornecedores, cujo piso apresenta várias irregularidades", explica a Câmara de Palmela.
Em Agosto do ano passado, o município de Palmela tinha já concluído a reabilitação de um troço entre a passagem superior sobre a linha de caminho de ferro e a Rotunda das Oliveiras (sentido Autoeuropa-Coina).
A intervenção, conta a autarquia, "abrangeu uma extensão de aproximadamente 500 metros e oito metros de largura. Correspondendo a um investimento de cerca de 100 mil euros, decorreu da necessidade de se intervir com urgência, para repor as condições de segurança no local".
A Câmara de Palmela já insistiu junto da Administração Central para se "encontrar soluções, nomedamente, no quadro do Plano Nacional de Investimentos, para a beneficiação de infraestruturas em zonas industriais e, em concreto, das Circulares Norte e Sul da Autoeuropa", diz o comunicado da autarquia palmelense.
De acordo com Álvaro Amaro, presidente da Câmara de Palmela, “a estrada foi feita há muitos anos e agora deixada no domínio público municipal sem qualquer negociação”, sendo que “o Governo tem no Plano Nacional de Investimentos a requalificação de outras zonas industriais semelhantes”.
Álvaro Amaro lembrou ainda que a estrada de acesso à Autoeuropa e ao Parque Industrial, onde trabalham cerca de 10 mil pessoas, 5.600 das quais na fábrica de automóveis da Autoeuropa, é muito utilizada e que por ali passam diariamente milhares de veículos, incluindo muitas centenas de veículos pesados, que contribuem para uma degradação acelerada daquela estrada.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010