Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Alcochete requalifica escolas do Monte Novo e do Samouco

"Proporcionar melhores condições para quem aprende e para quem leciona"

O projeto de execução da ampliação da Escola Básica do Monte Novo em Alcochete e o procedimento de concurso público para a empreitada foram aprovados por unanimidade pelo executivo na reunião do executivo municipal. A intervenção contempla, de acordo com a autarquia, "a ampliação do topo noroeste do edifício existente, a criação de uma sala polivalente e refeitório com capacidade para 85 crianças". O investimento da autarquia é de quase 411 mil euros. A que se junta o investimento superior a um milhão de euros na requalificação e ampliação da Escola Básica do 1.º Ciclo do Samouco. Os dois projetos são um motivo de orgulho para o executivo que está a renovar o parque escolar do concelho desde 2019. A responsável da Educação, Maria de Fátima Soares diz que estes são "projetos dignos que nos honra" e que visa "proporcionar melhores condições para quem aprende e para quem leciona". 
Escola do Monte Novo vai ser ampliada 

A ampliação da Escola Básica do Monte Novo em Alcochete era uma das prioridades deste executivo. A intervenção contempla, diz a autarquia, "a ampliação do topo noroeste do edifício existente, a criação de uma sala polivalente e refeitório com capacidade para 85 crianças, com duas copas e várias arrecadações para produtos de limpeza e materiais de ensino". 
A requalificação inclui ainda a "construção de instalações sanitárias, incluindo para pessoas com mobilidade condicionada e contempla a construção de duas rampas de acesso, uma na entrada principal do recinto na rua Ruy de Sousa Vinagre e a outra no acesso principal ao edifício", explica a Câmara de Alcochete. 
A autarquia irá proceder também à construção de uma cobertura de proteção desde a entrada da escola ao edifício, com relocalização dos toldos de proteção existentes, e proceder à requalificação da área de recreio e do polidesportivo.
“A Escola do Monte Novo vai ser uma obra com marca e que irá perdurar na próxima década, com mais conforto, com novas condições não só para quem ensina, mas também para quem aprende”, referiu o presidente da câmara, Fernando Pinto. 
“Este é um projeto que nos orgulha muito, é muito importante para mim enquanto professora e vereadora da Educação”, sublinhou a vice-presidente do município - e responsável pela Educação -, Maria de Fátima Soares.
Recorde-se que a Escola Básica do Monte Novo foi alvo de uma primeira intervenção em 2019 em que foram investidos 150 mil euros + IVA em vários melhoramentos e que esta 2ª fase representa "um investimento de 410 mil 997 euros + IVA".  O prazo de execução da obra é de seis meses.

Mais de um milhão de investimento no Samouco 
Obras também vão começar na escola do Samouco. A câmara de Alcochete aprovou, por unanimidade, na reunião do executivo, o procedimento de concurso público para a "requalificação e ampliação da Escola Básica do 1.º Ciclo do Samouco com uma estimativa de custo de quase um milhão e 100 mil euros e um prazo de execução de oito meses", diz a autarquia ribeirinha em comunicado.
A Escola Básica do Samouco foi ampliada em 1961 e vai ser, diz a autarquia, "objeto de uma intervenção global com a reabilitação do edifício e das salas existentes e a construção de duas novas salas de aula, que permitirá ao estabelecimento de ensino ter uma capacidade máxima para 150 crianças". O edifício da cantina escolar também vai ser requalificado com o intuito de aumentar o número de lugares sentados.
“O Samouco não vai ficar para trás. A ampliação que se prevê na Escola Básica do Samouco e no Polidesportivo dá conta daquilo que é a nossa grande paixão, daquilo que é no fundo a educação” referiu Fernando Pinto, presidente da câmara de Alcochete.
O projeto constitui-se como "um motivo de orgulho" para o executivo que está a "renovar o parque escolar do concelho desde 2019". 
Maria de Fátima Soares afirmou na reunião pública que este é “um projeto digno que nos honra” e que visa proporcionar melhores condições para quem aprende e para quem leciona.
A intervenção inclui ainda a renovação das redes de eletricidade, de abastecimento de água e de águas residuais e será instalada uma rede de incêndios, as caixilharias das janelas em madeira serão substituídas por alumínio com vidro duplo e nas quatro salas de aula existentes será criada uma área para educação plástica com bancada e lavatório.
Serão ainda, explica a Câmara de Alcochete, "construídas novas instalações sanitárias, novos espaços de arrumação, biblioteca, sala para componente de apoio à família e nova sala de professores".
O espaço de recreio será "requalificado e serão implementadas medidas de melhoria das acessibilidades como a inclusão de elevador e rebaixamento de pisos e rampas", conta ainda a Câmara de Alcochete.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010