Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Polícia afasta grupo de jovens das praias de Setúbal

Polícia fiscalizou jovens em Troia, Creiro e Albarquel com álcool e em grupo

A Polícia Marítima de Setúbal realizou na madrugada de sábado para domingo ações de fiscalização e sensibilização de jovens que se encontravam em Troia a confraternizar com bebidas alcoólicas, o que é proibido devido às medidas de contenção da covid-19. Em comunicado, esta força de segurança referiu que uma das ações se realizou na praia Atlântica-Soltroia, em Troia, após “queixas de aglomerados de jovens na praia”. As autoridades detataram "um grupo de jovens a confraternizar e na posse de garrafas de bebidas alcoólicas”, lê-se no comunicado da Polícia Marítima que, nessa mesma noite, dispersou jovens da praia do Creiro e de Albarquel que estariam a beber e em festa.  
Grupo de jovens volta a desafiar autoridades nas praias 

O grupo foi “identificado e sensibilizado para a proibição de consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos à noite, em especial por menores, bem como para as limitações em relação aos aglomerados de pessoas”.
A Polícia Marítima alertou ainda os jovens para “os perigos que as fogueiras em tempo quente podem acarretar”, tendo depois os jovens regressado às suas residências.
Antes desta ação, a Polícia Marítima já tinha efetuado o levantamento de sete tendas em situação de acampamento selvagem não autorizado, por parte de um grupo de jovens de nacionalidade estrangeira, na Praia do Creiro, Serra da Arrábida.
A Polícia Marítima também dispersou um grupo que se encontrava a consumir bebidas alcoólicas na Praia de Albarquel, em Setúbal.

Proteção Civil Municipal já avisou jovens 
Lembre-se que há duas semanas, o coordenador da Proteção Civil Municipal de Setúbal, José Luís Bucho, manifestou-se preocupado com os excessos cometidos pela população jovem no concelho, que acusava de desrespeitar as regras e propagar a doença covid-19.
As pessoas têm de começar a comportar-se melhor. Todos os dias há dois ou três casos [suspeitos do novo coronavirus] de pessoas que foram com os amigos para a praia, que estiveram em festas de aniversário ou com os amigos num qualquer convívio à noite”, dizia o coordenador da Proteção Civil Municipal de Setúbal.
“Não é por acaso que muitos estabelecimentos estão obrigados a encerrar às 20 horas. Mas as pessoas continuam a juntar-se em grande número, sem distanciamento social e a maioria sem máscaras, sem coisa nenhuma. Não tomam nenhum cuidado, pensam que isto já passou, principalmente os jovens da faixa etária entre os 16 e os 22 anos”, acrescentou o coordenador da Proteção Civil Municipal.
"Desconfinar, não é desarmar. Muitos jovens que contraem a doença são assintomáticos, mas acabam por contagiar os pais, os irmãos, os avós, toda a gente. É preciso manter o distanciamento social e os cuidados de higiene. Os jovens podem ir para a praia, desfrutar da natureza, mas não devem fazê-lo em grandes grupos. E se não tiverem nada para fazer, o melhor é ficarem em casa”, sunlinha o coordenador da Proteção Civil Municipal de Setúbal.
A pandemia de covid-19 já provocou cerca de 640 mil mortos e infetou mais de 15,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
Em Portugal, morreram 1.716 pessoas das 49.955 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Agência de Notícias com Lusa

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010