Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Alcochete cria programa para apoiar e incentivar restauração

Isenção das licenças, redução do preço da água e alargamento das esplanadas são algumas medidas

A Câmara de Alcochete apresentou esta quinta-feira, o programa 'Reabrir em Segurança', que vai apoiar os empresários da restauração do concelho, com informações e materiais para regressarem à atividade. A iniciativa inclui 10 medidas de apoio por "tantas dificuldades e prejuízos" que a pandemia da covid-19 trouxe aos empresários, em particular ao comércio tradicional e à restauração, informou o presidente do município, Fernando Pinto (PS). Numa nota escrita, o autarca adiantou que o objetivo é "dotar os estabelecimentos comerciais de toda a informação e condições essenciais para o regresso à atividade económica".
Alcochete ajuda restauração do concelho 

Desta forma, os empresários poderão beneficiar da "isenção das licenças de ocupação comercial de espaços públicos até ao final do ano" e da "redução da fatura total da água em 30 por cento para consumos não-domésticos".
Tendo em conta os limites de lotação, a autarquia vai também analisar e implementar "maiores espaços para serviço de esplanada".
Outra vertente será a disponibilização 'online' de toda a informação sobre as regras de segurança que estes negócios devem ter para prevenir o contágio da doença.
Além disso, vai disponibilizar recargas de álcool gel e antissético, sacos para serviço de 'take-away', saquetas para colocação de talheres e um 'kit' de sinalética que tem em conta as normas da Direção-Geral da Saúde.
"Desenvolvemos um conjunto de medidas que culminam com a apresentação de um filme promocional da nossa restauração que visa inspirar confiança a todos aqueles que se habituaram a degustar a nossa gastronomia", mencionou Fernando Pinto.
Segundo o autarca, a ideia para este programa surgiu pelo "conhecimento e importância que este setor representa no concelho", onde a gastronomia "é um dos alicerces elementares na promoção e divulgação".
"Trata-se de uma ação que destaca a esperança e a confiança no futuro e que permita a esta valência da nossa economia uma retoma segura que assente em três pilares fundamentais: reerguer, reinventar e reabrir Alcochete em plena segurança", disse.
De acordo com a nota divulgada, a pandemia levou "muitas empresas a ficarem em 'lay-off' com dificuldades acrescidas por ausência brusca de receitas, que dificultaram visivelmente o cumprimento dos compromissos assumidos".
A pandemia de covid-19 já provocou mais de 545 mil mortos e infetou mais de 11,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
Em Portugal, morreram 1.631 pessoas das 44.859 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Agência de Notícias com Lusa 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010