Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 16 de junho de 2020

Presidente da Câmara de Setúbal quer Almada

Maria das Dores Meira admite candidatar-se ao município de Almada em 2021

A presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, a cumprir o terceiro e último mandato no município, admitiu, esta segunda-feira, candidatar-se à presidência da Câmara de Almada nas próximas eleições autárquicas, em 2021. "Almada é um desafio. Ainda não está na hora de tomar essa decisão em definitivo, mas tenho sentido muita solicitação, muita pressão, de muitos almadenses, tendo em conta que moro em Almada e que estou a cumprir o meu último mandato em Setúbal", disse Maria das Dores Meira, quando questionada sobre essa possibilidade. Apesar de ainda não haver decisões, para os comunistas trata-se de "uma forte possibilidade" para reconquistarem a autarquia que perderam para os socialistas em 2017. 
Dores Meira "enamorada" por Câmara de Almada 

"O trabalho autárquico é um trabalho que me seduz muito, que me alicia muito. Ver transformar, no dia-a-dia, o espaço público, o espaço de cultura, de desporto, aquilo que dá prazer às outras pessoas, para mim é muito empolgante, muito motivante, muito aliciante", acrescentou a autarca comunista à Agência Lusa.
A atual presidente da Câmara de Setúbal está legalmente impedida de se recandidatar ao cargo, dado que, de acordo com a legislação em vigor, não pode ir além de três mandatos consecutivos, mas nada a impede de ser cabeça-de-lista em qualquer outro município.
Maria das Dores Meira assumiu a presidência da Câmara de Setúbal a 7 de Setembro de 2006, em substituição de Carlos de Sousa, que renunciou ao mandato depois de ter perdido a confiança política do PCP.
Três anos depois de ter sucedido a Carlos de Sousa, ganhou as primeiras eleições como candidata da CDU à presidência da autarquia, em Outubro de 2009, feito que repetiu por duas vezes, em Setembro de 2013 e Outubro de 2017, sempre com maioria absoluta e aumentando o número de eleitos e a percentagem de votos - 38,83 por cento (2009), 41,93 por cento (2013) e 49,95 por cento (2017).
Fonte da Direção da Organização Regional de Setúbal do PCP contactada pela agência Lusa disse que ainda não há uma decisão definitiva sobre o cabeça-de-lista em Almada para 2021 e escusou-se a confirmar ou a desmentir a candidatura de Maria das Dores Meira.
Apesar do silêncio oficial, outras fontes do PCP e da CDU disseram que a candidatura da atual autarca setubalense é "uma forte possibilidade" ou dão praticamente como certo que a escolha do PCP para cabeça-de-lista nas próximas eleições autárquicas em Almada irá recair em Maria das Dores Meira.
O município de Almada, no mesmo distrito, é presidido por Inês de Medeiros, eleita pelo PS.

Agência de Notícias com Lusa

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010