Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 12 de maio de 2020

Primeiro caso de covid-19 na Fábrica de Palmela

Trabalhador que deu positivo pertence a uma das empresas que colabora com a Autoeuropa

Está confirmado o primeiro caso de covid-19 na fábrica da Autoeuropa. Trata-se de um trabalhador de uma das empresas que funcionam nas instalações da fábrica, em Palmela. Numa comunicação interna, a empresa esclarece que o funcionário esteve ao serviço a 5 e 6 de Maio e que os colegas que estiveram em contacto com o colaborador vão ficar em quarentena e sujeitos a rastreio. "A cadeia de contágio não ocorreu na fábrica e de acordo com as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde, o paciente é considerado de baixo risco", lê-se na nota enviada aos trabalhadores.
Fábrica tem quase seis mil trabalhadores 

Um operário da Volkswagen Autoeuropa testou positivo para a covid-19. Segundo a fábrica de Palmela, o homem foi sujeito ao teste no passado sábado, após apresentar sintomas coincidentes com a doença e o resultado veio positivo.
A Autoeuropa já informou os trabalhadores garantindo que o homem esteve ao serviço na fábrica nos dias 5 e 6 de Maio e que cumpriu todas as medidas de segurança previstas.
"Na sequência de um rastreio efetuado a 9 de Maio, numa unidade hospitalar do concelho de Sintra, fomos informados ontem que um colaborador da Volkswagen Group Services, que se encontra ao serviço nas nossas instalações, testou positivo à covid-19. Durante a permanência na fábrica respeitou todas as indicações de segurança previstas no nosso plano de contingência", pode ler-se no documento da fábrica de Palmela.
A empresa deu ainda a saber que o contágio terá acontecido fora da fábrica e que os funcionários que contactaram com o colaborador ficarão em casa e serão sujeitos a um rastreio à doença.
A fábrica deseja uma rápida recuperação ao trabalhador e reforça "a importância do respeito pelas normas de higiene e segurança em vigor na fábrica. A prevenção passa por todos e cada um de nós”, conclui a nota da Autoeuropa. 

Fábrica ainda a meio-gás 
A Autoeuropa, fábrica da Volkswagen em Portugal, retomou a 27 de Abril, a produção. Isto, depois de seis semanas de encerramento, devido à pandemia de coronavírus.
Com o mercado automóvel europeu e mundial ainda a tentar acordar do congelamento em que foi colocado, na sequência da pandemia de covid-19, o regresso ao trabalho aconteceu, no entanto, com apenas com dois turnos, ao invés dos habituais três. E, ainda assim, com menos trabalhadores que o normal.
Segundo a própria empresa, na fábrica estão apenas pouco mais de três mil pessoas. Número bastante abaixo dos 5.600 que, certamente, estariam, em condições normais.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010