Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 26 de março de 2020

Ventiladores e máscaras doados ao Hospital de Setúbal

Costureiras das marchas, empresas da região e população apoiam hospital 

Dois ventiladores e centenas de equipamentos de proteção individual foram doados recentemente ao Centro Hospitalar de Setúbal por empresas e particulares, num gesto de ajuda ao combate à pandemia de covid-19, foi esta quinta-feira, anunciado. Num comunicado, a administração do hospital indicou que, "além de equipamentos de suporte respiratório - dois ventiladores -, com a ajuda das mais diversas entidades e a coordenação do Serviço Municipal de Proteção Civil já foi possível angariar por doação e manufatura um conjunto de equipamentos de proteção individual". Parte desse equipamentos de proteção individual foi feito nos últimos dias pelas costureiras das marchas populares de Setúbal que já entregaram 100 botas aos profissionais de saúde. Uma linha de solidariedade que promete "não parar" e que reúne as maiores empresas do distrito e a população. Em Setúbal, até ao final da tarde, estavam 12 doentes confirmados com o covid-19, sendo que metade está hospitalizado. Cinco casos estão a ser acompanhados em casa e já há um caso curado. 
Solidariedade entre linhas em Setúbal 

Habituadas a conceber os adereços e trajes para as marchas, Antónia Nascimento e Cecília Candeias decidiram meter mãos à obra e começaram a produzir protetores de botas e máscaras em tecido especial e adequado para ambiente hospitalar.
"Estávamos a falar, um pouco aborrecidas, por não sabermos se vai haver marchas este ano, e a minha colega sugeriu que fizéssemos máscaras para o Hospital São Bernardo", disse à agência Lusa Antónia Nascimento, adiantando que fizeram um contacto prévio com a Câmara Municipal e que o próprio hospital disponibilizou um tecido apropriado para os equipamentos de proteção individual.
"Começámos na terça-feira com o material que nos deram e, na quarta-feira, já entregámos 100 protetores de botas ao hospital. Acredito que esta quinta-feira ainda conseguiremos entregar cerca de 200 máscaras", acrescentou Antónia Nascimento, que se afirma "feliz por poder ajudar quem está a ajudar os outros".
De acordo com a Proteção Civil Municipal, o contributo das duas costureiras não deverá ficar por aqui, uma vez que deverão integrar um grupo de mais algumas costureiras, que, entretanto, também manifestaram disponibilidade para ajudar o Centro Hospitalar de Setúbal e que vão fazer "batas, calças e outros equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde".

Melhores empresas do distrito a ajudar o hospital 
No comunicado, o Centro Hospitalar de Setúbal agradece a todas as empresas e particulares que têm contribuído para dotar o Hospital São Bernardo com melhores condições de trabalho para os profissionais de saúde que estão na linha da frente do combate à covid-19.
São cerca de duas dezenas de empresas as que têm contribuído, nas quais as incluem as maiores do distrito de Setúbal, como a Navigator, Autoeuropa, Secil, Sapec e Visteon, entre outras, mas também instituições de ensino como o Instituto Politécnico de Setúbal.
O Centro Hospitalar de Setúbal, que integra o Hospital São Bernardo, em Setúbal, e o Hospital Ortopédico Sant'Iago do Outão, não refere, mas fonte da Proteção Civil Municipal revelou à agência Lusa que os dois ventiladores, portáteis, foram oferecidos pela empresa petrolífera Galp, e já estarão disponíveis no Serviço de Infecciologia do Hospital São Bernardo.
A Autoeuropa é uma das melhores fábricas do grupo VW em matéria de impressão 3D. Graças a essa competência, e com a laboração suspensa e a fábrica vazia, há voluntários que continuam a ir para a empresa onde têm produzido viseiras.
Em Palmela, os trabalhadores da empresa voluntariaram-se para produzir viseiras, que vão ser entregues ao profissionais médicos do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, e ao Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro. A primeira entrega, de cerca de 70 equipamentos aconteceu na quarta-feira.
Além destas ajudas, tem havido também uma mobilização de diversos grupos de pessoas para a recolha de donativos financeiros, que, segundo o Centro Hospitalar de Setúbal, serão depositados numa conta da Liga de Amigos do Hospital Ortopédico Sant'Iago do Outão, com o IBAN PT50001000006023412000219.
O Centro Hospitalar de Setúbal promete divulgar oportunamente o montante e o destino dado aos fundos recolhidos.

Agência de Notícias com Lusa 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010