Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 19 de março de 2020

Covid-19 cancela Festas Populares de Pinhal Novo

A grande festa do "povo caramelo" só volta às ruas em 2021


É o segundo grande evento cancelado, em menos de uma semana, na vila de Pinhal Novo, devido à propagação do novo corona vírus. Atendendo ao agravamento da situação e, em consonância com as recomendações da Direção Geral de Saúde e com as recentes medidas governamentais, as Festas Populares de Pinhal Novo, que se realizavam, de 9 a 14 de Junho, foram canceladas pela organização. Trata-se do principal evento cultural, turístico e social da freguesia e uma das primeiras grandes festas do distrito de Setúbal. Segundo a Associação das Festas Populares de Pinhal Novo, esta medida terá "um impacto social e económico negativo" para toda a região. Afinal, há quem dependa deste negócio para o resto do ano. As festas contavam, este ano, com um cartaz de luxo, que teria, entre outros, Miguel Ângelo, Rosinha, Anjos e Calema, como principais atrações. As Festas pulares voltam em 2021, tal como o Mercado Caramelo [no início de Maio] que, também esta semana, anunciou o cancelamento do evento. 
Festas Populares foram canceladas este ano 

"Devido à evolução do surto do novo coronavírus (Covid-19), já classificado como pandemia internacional pela Organização Mundial da Saúde e seguindo as recomendações da Direção Geral da Saúde, medidas reforçadas pela declaração do estado de emergência declarado pela Presidência da República, a direção da Associação das Festas Populares de Pinhal Novo, como consequência da atual situação, decidiu cancelar a 24ª edição das Festas Populares que seria realizada de 9 a 14 de Junho", disse a organização em comunicado. 
A Associação "reconhece o impacto social e económico negativo desta decisão" para a população e para o comércio da vila, mas adianta que "compete-nos a todos garantir a segurança e saúde públicas, pelo que, a decisão tomada levou em conta a prudência e a responsabilidade que é exigida a todos neste momento", sublinhou a organização. 
As Festas - como carinhosamente são conhecidas - são uma "referência da região e que contribui para fortalecer a auto-estima das gentes de Pinhal Novo na sua forma de fazer, de estar e de vincar a sua identidade. É uma montra desta terra da vitalidade do associativismo, dos agentes económicos, é um espaço onde todos querem estar", dizia Álvaro Amaro, presidente da Câmara de Palmela, o ano passado.
Realizam-se há 23 anos [esta era a 24ª edição] e reúnem milhares de pessoas no coração da vila. A Sopa Caramela tem, desde sempre, lugar de destaque. É um momento privilegiado de promoção do dinamismo e das potencialidades económicas da freguesia, as Festas contam, ainda, com o piquenique no jardim em homenagem a um dos fundadores das Festas [João Henrique], um passeio de pasteleiras, folclore da freguesia e do país, bailaricos, procissão no domingo, atuação diária dos Baila Ca Carroça, animação para os mais novos no Pátio Camelo e um vasto programa desportivo, cultural e associativo.
A Associação das Festas Populares de Pinhal Novo "agradece a compreensão de todos aqueles que, direta ou indiretamente sejam afetados, salientando que o mais importante é a vida e que, com o esforço e contributo de todos, havemos de ultrapassar esta situação epidemiológica, para que possamos celebrar, em alegria, as Festas Populares de 2021". 
Ano, onde se espera ver, de novo, os milhares de visitantes que enchem as ruas da capital "do povo caramelo", sempre no fim da primavera. 

Mercado Caramelo também foi cancelado
É o segundo grande evento da freguesia de Pinhal Novo - do distrito de Setúbal, a ser "infetado" pelo novo coronavírus. O Mercado Caramelo, que se ia realizar de 8 a 10 de Maio, em Pinhal Novo, foi cancelado pela organização "Em linha com as orientações das autoridades de saúde nacionais e internacionais, atentas às melhores práticas preventivas para a salvaguarda das pessoas perante as situações de riscos, a organização vê-se na contingência de cancelar o Mercado Caramelo" que, assim, só volta em 2021.
"O risco de propagação inerente à concentração de milhares de pessoas no espaço de realização do Mercado Caramelo e as orientações preventivas das autoridades de saúde, constantes do Plano Nacional de Contingência, determinam a presente tomada de decisão", disse Daniel Silva em nota enviada à ADN-Agência de Notícias.
"Com saúde, não faltará força e determinação para continuar a projectar Pinhal Novo como território caramelo, comprometido com a geração de oportunidades de afirmação individual e comunitária", diz ainda a nota da organização.
"Apesar das circunstâncias e da forçosa decisão, a organização agradece a todos a confiança e o apoio dado a este projeto e a quantos se empenharam para a realização da V Edição do Mercado Caramelo 2020", diz Daniel Silva que ressalva ainda que o compromisso da comunidade do Pinhal Novo "é uma inspiração para que prossigamos com o trabalho que temos realizado na afirmação da nossa identidade". 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010