Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 9 de março de 2020

Alcácer do Sal investe no combate ao insucesso escolar

Município assegura acesso à plataforma Escola Virtual

O município de Alcácer do Sal vai assegurar o acesso à plataforma digital “Escola Virtual”, da Porto Editora ao longo de três anos letivos, um investimento da autarquia na ordem dos 11 mil 461 euros que garante a disponibilização de recursos e ferramentas fundamentais de promoção e suporte de aprendizagens online. Esta ação integra-se no plano municipal de combate ao insucesso escolar no concelho e tem por objetivos possibilitar a adoção de estratégias pedagógicas inovadoras, fomentar o estudo autónomo ou permitir a comunicação em rede entre professores e alunos, entre outros. O plano iniciou-se em 2017 e termina no final deste ano letivo.
Autarquia quer menos insucesso escolar no concelho

“A Educação é uma área essencial para o município, que está empenhado em apoiar os alunos do concelho nos seus estudos. É, por isso, que o município coloca agora ao dispor de 140 alunos do pré-escolar e 364 alunos do 1º ciclo do ensino básico, encarregados de educação, agrupamentos de escolas, educadores e professores esta nova ferramenta digital, um importante investimento num recurso virtual que dará certamente frutos”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara de Alcácer do Sal.
Esta ação integra-se no plano municipal de combate ao insucesso escolar no concelho de Alcácer do Sal e tem por objetivos: possibilitar a adoção de estratégias pedagógicas inovadoras e disruptivas; fomentar o estudo autónomo; permitir a comunicação em rede entre professores e alunos; possibilitar o acesso a recursos de elevada qualidade científica e técnica, como livros e testes virtuais.
Neste âmbito, diz a autarquia, "vão ser facultados acessos globais aos docentes associados aos alunos envolvidos no projeto, haverá formação presencial para esses professores e será disponibilizado um manual de utilizador do aluno e encarregado de educação personalizado".
A implementação deste serviço viabiliza "a integração de novas metodologias em contexto de ensino-aprendizagem, indo ao encontro dos objetivos definidos para o perfil do aluno", conclui a Câmara do distrito de Setúbal. 

Promoção da igualdade no acesso ao ensino
No final do ano letivo 2018/2019, concluiu-se mais uma etapa do plano municipal de combate ao insucesso escolar no concelho de Alcácer do Sal.
Iniciado em 2017 e com término neste ano, este plano é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Ensino e Qualificação do Capital Humano do Programa Operacional Alentejo 2020, e corporiza o contributo específico do município de Alcácer do Sal com vista à promoção da igualdade no acesso ao ensino, à melhoria do sucesso educativo dos alunos e à qualidade e eficiência do sistema de educação. Para tal, a aposta recai na consolidação de programas com resultados positivos na prevenção do abandono escolar, combate ao absentismo, promoção da disciplina e na avaliação interna e organização das escolas e dos dispositivos de acompanhamento das crianças e jovens em risco, proporcionando mais recursos às escolas onde é mais difícil realizar a sua missão, valorizando, simultaneamente, as mais-valias inerentes a iniciativas específicas locais, territorializadas e integradas.
“A Educação escolar é um processo que se conquista degrau a degrau e este ano subimos mais um nível. O plano municipal de combate ao insucesso escolar é um importante apoio nesta transposição de patamares, pois incentivamos os alunos a continuarem os estudos e a darem o seu melhor para obterem os melhores resultados possíveis, que lhes permitam realizar os seus sonhos e ambições profissionais no futuro, mas também auxiliamos as escolas de forma a garantir que estas proporcionam às crianças e jovens os meios complementares necessários à continuidade do seu percurso rumo ao conhecimento e às aprendizagens”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara de Alcácer do Sal.
Este plano compreende vários eixos, tais como: programa de desenvolvimento extracurricular para o 1º ciclo, traduzido na implementação de atividades de educação não formal; a disponibilização da oficina da criança enquanto centro de recursos e atividades pedagógicas à disposição dos docentes dos estabelecimentos públicos de educação pré-escolar e 1º ciclo; promoção da atividade física e do desenvolvimento motor no pré-escolar; promoção do livro e da leitura com recurso à Biblioteca Municipal; programas de apoios específicos de suporte às aprendizagens, distribuição universal e gratuita dos cadernos de atividades pelos estabelecimentos públicos do 1º ciclo do ensino básico e disponibilização de transporte para visitas de estudo; promoção do valor social e económico da Educação (ex: receção à comunidade educativa, jornadas municipais da educação e atividade de encerramento do ano letivo).

Agência de Notícias com Câmara de Alcácer do Sal 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010