Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Plataforma logística cria 300 postos de trabalho na Moita

Grupo alemão investe 50 milhões na Fonte da Prata, em Alhos Vedros 

As obras de construção da plataforma logística da ALDI no concelho da Moita, que ficará instalada e pronta dentro de dois anos na zona da Fonte da Prata, na freguesia de Alhos Vedros, vão avançar no terreno “já a partir da próxima segunda-feira”, anunciou esta quinta-feira o administrador do grupo alemão Wolfgang Graff, durante a assinatura do contrato de urbanização com o município da Moita, num investimento da empresa de 50 milhões de euros que vai ainda beneficiar parte da rede viária do município e a criação de aproximadamente 300 novos postos de trabalho diretos no concelho. O grupo alemão anunciou ainda que irá ampliar a loja no Montijo e avançar com novo projeto em Fernão Ferro, no concelho do Seixal. 
Aldi investe forte no concelho da Moita 

A maior plataforma logística do ALDI em Portugal começará a ser construída, "nesta segunda-feira", no concelho da Moita. O presidente da Câmara da Moita, Rui Garcia, e Wolfgang Graff, administrador do ALDI, assinaram, na quinta-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o contrato de urbanização, para que a empresa assuma os encargos inerentes à execução das obras de repavimentação de um troço da ex-Estrada Nacional nº11-1, que vão permitir suportar o acréscimo de trânsito no local. “É fundamental que a construção se inicie em breve para marcar o crescimento económico do concelho e da região e isso, para a câmara municipal, é uma excelente notícia”, disse Rui Garcia, presidente da Câmara da Moita que aprovou o projeto, a 9 de Outubro de 2019. Na iniciativa, foi também entregue à empresa o alvará de loteamento.
Recorde-se que a construção da plataforma logística ALDI, na Fonte da Prata, em Alhos Vedros, numa área de cerca de 80 mil m2, "implicará um investimento estimado de cerca de 50 milhões de euros e a criação de aproximadamente 300 novos postos de trabalho diretos, o que terá impactos positivos no atual tecido socioeconómico do concelho da Moita", realça a autarquia em nota de imprensa enviada à ADN-Agência de Notícias.

Um dos maiores investimentos na região
Na assinatura do contrato, o presidente da Câmara da Moita salientou que este é "um dos maiores investimentos na região e no concelho nos últimos anos". Rui Garcia recordou que o início deste projeto e os primeiros contactos entre a autarquia e o ALDI remontam a 2016, "numa altura em que o promotor estava ainda num processo de seleção da localização". Após “três anos de trabalho e de dificuldades ultrapassadas”, será construída esta plataforma que “vai marcar o crescimento económico do concelho e da região”, afirmou Rui Garcia.
Wolfgang Graff referiu que este é o maior investimento da empresa em Portugal, que irá servir todo o país, e salientou que esta plataforma é a maior e a mais moderna da Península Ibérica.
O responsável do grupo alemão destacou as “oportunidades existentes na região e o óptimo terreno encontrado no concelho do ponto de vista da sua dimensão”.
Agradeceu ainda à Câmara Municipal “toda a excelente colaboração desde o primeiro momento” e informou que a construção começará "já na próxima segunda-feira e tem um prazo previsto de dois anos". 
Atualmente com 74 lojas, o grupo pretende ampliar a rede ALDI em Portugal e no caso do distrito de Setúbal, Wolfgang Grass revelou que “pretendemos de futuro expandir o espaço já existente no concelho do Montijo”, dada a sua importância para o grupo, para além da existência de estabelecimentos nos concelhos do Barreiro, Palmela, Sesimbra, Almada, Moita, Seixal e Setúbal, estando para breve “um projeto previsto para Fernão Ferro, no Seixal”, anunciou o administrador.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010