Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Seixal quer escola secundária em Fernão Ferro

Autarquia entrega abaixo-assinado na Assembleia da República com 4370 assinaturas

O presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, acabou de ser recebido pelo vice-presidente da Assembleia da República, António Filipe, a quem entregou um abaixo-assinado pela construção urgente da escola básica dos 2.º e 3.º ciclos e secundária em Fernão Ferro, documento que foi subscrito por 4370 pessoas. Para o autarca, “este é um equipamento de extrema importância para o concelho e para os munícipes, uma vez que vivem atualmente nesta freguesia mais de 17 mil habitantes, dos quais 2800 têm até 14 anos". Joaquim Santos acrescenta que “os encarregados de educação dos alunos que frequentam as três escolas básicas da freguesia são obrigados a procurar oferta educativa muitas vezes no concelho vizinho, dada a inexistência de uma escola do ensino secundário, neste território”.
Autarquia reclama escola para Fernão Ferro 

A propósito deste assunto, o autarca referiu que se trata de "um grave problema numa freguesia com mais de 20 mil habitantes, com muitos casais jovens e muitas crianças que necessitam de ter uma resposta por parte do Ministério da Educação ao nível do segundo e do terceiro ciclo e também do ensino secundário, pois não existem escolas destes níveis de ensino nesta freguesia. Perante a falta de respostas do Ministério da Educação às nossas solicitações, decidimos, em conjunto, avançar com a petição que será agora discutida na Assembleia da República", completou Joaquim Santos.
Importa lembrar que no ano letivo 2018-2019, a freguesia de Fernão Ferro contava com 125 crianças na educação pré-escolar e 625 alunos no 1.º ciclo, distribuídos por três jardins de infância e três escolas básicas de 1.º ciclo". A construção desta escola é urgente, tendo em conta que os encarregados de educação dos alunos que frequentam as três escolas básicas da freguesia "são obrigados a procurar oferta educativa muitas vezes no concelho vizinho, dada a inexistência de uma escola dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, neste território", realça a autarquia.
A Escola Básica Dr. Carlos Ribeiro, sede do Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades, que abrange as escolas da freguesia de Fernão Ferro, conta atualmente com 10 turmas a mais do que a sua capacidade, o que a torna insuficiente para garantir os interesses dos munícipes desta freguesia e garantir o direito a uma escola pública e de qualidade para todos.
"Perante esta situação, a construção de novas escolas na freguesia de Fernão Ferro é indispensável, de modo que se suprimam as insuficiências existentes e se enquadrem os alunos nestes graus de ensino, tendo a autarquia disponibilizado o terreno para a sua construção", sublinhou Joaquim Santos.

Agência de Notícias com Câmara do Seixal 
www.adn-agenciadenoticias.com

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010