Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Escolas reforçam condições de ensino em Setúbal e Azeitão

Jardim de Infância de Casal Bolinhos, EB da Bela Vista e Peixe Frito com melhores condições

O Executivo municipal visitou três estabelecimentos de ensino básico e pré-escolar de Setúbal que foram alvo de um conjunto de intervenções de beneficiação, num esforço financeiro que contou com a comparticipação de fundos comunitários. O Jardim de Infância de Casal Bolinhos, em Azeitão, a Escola Básica da Bela Vista e a Escola Básica n.º 10 do Peixe Frito, ambas na cidade de Setúbal, foram alvo de pequenas intervenções durante a paragem das férias de Natal. Saliente-se que o investimento global de perto de três milhões, realizado nos últimos três anos, contemplou "a requalificação e ampliação de infraestruturas de ensino pré-escolar, básico e secundário, concretizado em quatro fases e em 15 estabelecimentos de ensino", sublinha a autarquia sadina. 
Escolas renovadas no concelho de Setúbal 

No Jardim de Infância de Casal Bolinhos as crianças ficam surpreendidas quando a comitiva liderada pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, acompanhada de vários elementos do Executivo municipal e da presidente da Junta de Freguesia de Azeitão, Celestina Neves, entra na sala.
“Já viram que está tanta gente hoje [dia 23] na nossa escolinha? Querem cantar a canção do Bom Dia?”, pergunta a educadora Maria Regina.
Terminada a improvisada sessão de boas-vindas, o vereador da Educação, Ricardo Oliveira, quer saber como reagiu a comunidade escolar às transformações ocorridas neste estabelecimento de ensino no corrente ano letivo.
“Como se sentem nestas novas instalações?”, pergunta a Maria Regina, que é perentória na resposta: “As condições melhoraram bastante”.
Pintura exterior e interior, requalificação da copa e do refeitório e aquisição de um monobloco foram as principais intervenções realizadas pela Câmara Municipal no Jardim de Infância de Casal Bolinhos.
Até ao ano letivo passado, esta era uma escola básica e pré-escolar, mas o aumento da capacidade de resposta de 1.º ciclo na freguesia de Azeitão, devido à construção da Escola Básica da Brejoeira, permitiu reconverter o equipamento para acolher apenas a valência de jardim de infância, com duas salas.
“Esta transformação só foi possível graças a uma grande cooperação ente a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia e a associação de pais. Foram realizadas algumas intervenções, financiadas pelo município, que permitiram criar as condições necessárias para o funcionamento do jardim de infância”, sublinhou o vereador da Educação.
Durante as interrupções letivas do verão e do Natal foi construído um telheiro de acesso à casa de banho e as salas foram apetrechadas com o mobiliário e material didático adequados ao novo nível de ensino.
O monobloco, onde funcionava a biblioteca escolar do 1.º ciclo, permite que seja assegurado o alargamento do horário escolar, com atividades dinamizadas pela associação de pais, que, segundo a diretora do Agrupamento de Escolas de Azeitão, Clara Félix, tem um pedido a fazer à Câmara Municipal.
“A associação quer pedir autorização para construir um telheiro de acesso ao monobloco, para proteger as crianças da chuva no inverno.”

EB da Bela Vista com investimento de meio milhão 
Noutro lado do concelho, na freguesia de São Sebastião, a Escola Básica da Bela Vista é outro dos espaços beneficiados numa candidatura da Câmara de Setúbal a fundos comunitários do Programa Operacional Regional de Lisboa Portugal 2020, num investimento global de perto de três milhões de euros.
Só para a Escola Básica da Bela Vista foram canalizados 500 mil euros para intervenções que englobaram a requalificação dos espaços verdes e do campo de jogos, a colocação de equipamento lúdico novo e de estores exteriores, a pintura interior e exterior do edifício, assim como a substituição de lâmpadas tubulares por lâmpadas led.
Neste renovado estabelecimento de ensino foi ainda criada uma sala de apoio especializado para multideficiências, local por onde começou a visita conduzida pela coordenadora da Escola Básica da Bela Vista, Sílvia Martinez.
“Aqui só precisamos mesmo de uma porta direta de acesso à casa de banho, para não sairmos para o frio e para a chuva com as crianças”, sublinha, dirigindo-se ao vereador da Educação, que toma nota e garante que a questão vai ser analisada.
A comitiva, que integra o presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, Nuno Costa, e o diretor do Agrupamento de Escolas Ordem de Sant’Iago, Pedro Florêncio, segue para o edifício do pré-escolar, onde funcionam seis turmas de crianças entre os 3 e os 5 anos de idade, depois para o pátio exterior e, finalmente, para a valência de 1.º ciclo, com nove turmas.
A presidente da autarquia troca algumas impressões com as educadoras e com as crianças que usufruem das melhores condições de ensino proporcionadas pelas melhorias substanciais operadas na escola.
No final, despede-se com um abraço e uma palavra de apreço pelo trabalho desempenhado pela coordenadora Sílvia Martinez.
“Parabéns! Tem feito um excelente trabalho, sobretudo pelo carinho que dá aos meninos, porque eles merecem”, refere Maria das Dores Meira

EB do Peixe Frito sem fibrocimento e com novos espaços
Antes de entrar na EB n.º 10 do Peixe Frito, onde terminou o périplo pelas escolas, Maria das Dores Meira ouviu Nuno Costa referir que a Junta de Freguesia de São Sebastião está a “realizar obras de requalificação do espaço público para melhorar o acesso à entrada do estabelecimento de ensino”.
Neste estabelecimento de ensino houve necessidade de intervenções significativas, designadamente a substituição da cobertura em fibrocimento, a colocação de piso vinílico em todas as salas de aula, de estores exteriores e de dois telheiros no pátio exterior e a requalificação do espaço exterior, do campo de jogos e da cozinha e refeitório.
Desta operação resultaram ainda pinturas, o apetrechamento com equipamento lúdico novo, a substituição de lâmpadas fluorescentes e a abertura de três salas de pré-escolar e de uma sala para apoio especializado na área da multideficiência.
No entanto, as intervenções ainda não terminaram, uma vez que, segundo a diretora do Departamento de Educação e Saúde, Celeste Paulino, “vai realizar-se de uma pequena obra de ampliação, perto da entrada, para ocupar uma pequena parcela de terreno no exterior da escola que atualmente se encontra sem utilização”.
Saliente-se que o investimento global de perto de três milhões, realizado nos últimos três anos, contemplou a requalificação e ampliação de infraestruturas de ensino pré-escolar, básico e secundário, concretizado em quatro fases e em 15 estabelecimentos de ensino.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 
www.adn-agenciadenoticias.com

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010