Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Desporto exalta os melhores de 2019 em Setúbal

Antigo atleta Armando Aldegalega, homenageado com o Prémio Carreira

A elite desportiva setubalense foi distinguida na IV Gala do Desporto de Setúbal, evento, realizado no Fórum Municipal Luísa Todi, em que o antigo atleta Armando Aldegalega, homenageado com o Prémio Carreira, recebeu a ovação da noite. “Prefiro morrer de pé do que deitado”. A frase de Armando Aldegalega, 82 anos, reflete, sem dúvidas, a paixão exacerbante pelo atletismo, modalidade que abraça há mais de seis décadas. Está reformado da alta competição, mas continua no inativo. Ainda corre e treina, sempre que pode. Mas houve outros  homenageados no desporto sadino. Mário Narciso, selecionador nacional de futebol de praia, é o treinador do ano. Afonso Costa, Clube Naval Setubalense, ganhou a categoria atleta masculino e, em femininos, a distinção foi para Margarida Silva, atleta do Vitória. André Narciso foi eleito o árbitro do ano. 
Cidade agradeceu trabalho de Armando Aldegalega 


Nascido em Setúbal a 23 de Novembro de 1937, desponta para o atletismo depois de um dia, já com 18 anos, quando saía para mais uma jornada de trabalho, ter decidido acompanhar a competição local de um conjunto de atletas do Grupo Desportivo Independente. Aguenta o ritmo até ao final e é convidado para o clube.
Desde então, nunca mais parou. A estreia em competições nacionais acontece em 1956, na antiga Légua Nacional. Não ganha a prova, mas a prestação impressiona. Fica em segundo lugar e desperta a atenção do Sporting Clube de Portugal, que o contrata. E é de leão ao peito que constrói uma carreira e um currículo invejáveis.
Conta com dezenas de títulos, nacionais e internacionais, e outros tantos recordes. Venceu por dez vezes a Maratona Nacional, a primeira em 1964, a última em 1980 já com 43 anos. Foi o primeiro português a ganhar uma medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos e esteve nos Jogos Olímpicos em duas ocasiões. Entre outros.
“Agradeço à Câmara Municipal da minha querida terra por mais esta homenagem”, afirmou, emocionado, o antigo maratonista setubalense, atualmente a residir em Loures.
Além do Prémio Carreira na IV Gala do Desporto de Setúbal, Armando Aldegalega foi agraciado, em 1990, com a Medalha da Cidade em Mérito Desportivo.
Com milhares de quilómetros nas pernas ao longo de uma carreira repleta de êxito e de longevidade, partilhou com o público que o atletismo foi uma atividade que sempre o motivou e que levou “muito a sério”. Para os mais novos, deixou um conselho simples. “Sem esforço, não há glória”.

Mário Narciso é o treinador do ano 

A quarta edição da Gala do Desporto, organizada pela Câmara Municipal, atribuiu um total de 15 prémios a atletas, dirigentes, clubes e outras individualidades que se destacaram, individual ou coletivamente, no panorama desportivo, avaliados por um júri criado para o efeito.
Para a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, a Gala do Desporto de Setúbal “destaca e valoriza os desportistas setubalenses”, um “extraordinário conjunto formado na eficiente incubadora que são as associações e coletividades do concelho”.
A valorização individual e coletiva dos feitos desportivos é acompanhada de um esforço contínuo de “qualificação de infraestruturas do concelho”, de que são exemplo recente o “arrelvamento de vários campos de jogos e a beneficiação de outros equipamentos”, um contributo “para a acentuada melhoria das condições para a prática desportiva”.
A autarca enalteceu, igualmente, “a união em torno do grande desígnio de fazer de Setúbal uma cidade cada vez mais desportiva”, o qual conta “com o profundo empenho da Câmara Municipal na valorização do desporto, de quem o pratica e também de quem o dirige”.
O selecionador nacional de futebol de praia, Mário Narciso, foi eleito “Treinador do Ano”, depois de, entre outros títulos conquistados na última época desportiva, conduzir a equipa portuguesa à conquista de mais um mundial. “Este é um prémio partilhado com toda a estrutura”, afirmou o homenageado.
João Terlim venceu na categoria de “Dirigente do Ano”. À frente da Academia de Rugby Clube de Setúbal, com mais de uma centena de atletas em vários escalões que agora treinam e jogam num novo campo desportivo totalmente dedicado à modalidade, agradeceu à autarquia “o voto de confiança no râguebi”.
O Clube de Ténis de Setúbal, com várias provas nacionais e internacionais organizadas ao longo de 2019, venceu o prémio de “Associação/Clube do Ano”. Para o presidente do clube António Estevão, este é “o reconhecimento de uma equipa muito esforçada”. E acrescentou. “Não há segredos, apenas trabalho”.
Ao Clube Naval Setubalense, em ano que completa um século de existência, foi entregue o prémio “Especial”. Para o presidente da instituição, Hugo O’Neill, o clube centenário mantém a mesma vitalidade na missão de “proporcionar o acesso da população aos desportos náuticos”.
Hugo O’Neill, que comanda os destinos do clube com cerca de 12 mil associados, quatro mil praticantes de várias modalidades e 450 atletas em competição, confessou ainda que “espera ver a ascensão de Setúbal à rota dos grandes portos de recreio”, até porque, frisou, “Setúbal tem todas as condições para isso”.
O prémio de “Atleta Masculino do Ano” foi entregue ao remador Afonso Costa. O atleta, que integra desde os nove anos a equipa de remo do Clube Naval Setubalense, elogiou o destaque dado pelo município ao desporto e, emocionado, dedicou o prémio à mãe, recentemente falecida.
Já Margarida Silva, do atletismo do Vitória Futebol Clube, foi agraciada com a distinção de “Atleta Feminina do Ano”. A jovem atleta agradeceu todo o apoio que recebe da família, treinadores, professores e amigos para conseguir “conciliar o desporto com os estudos universitários”.

Árbitro do Ano foi a novidade do ano 
Novidade na IV Gala do Desporto de Setúbal foi a atribuição do prémio de “Árbitro do Ano”, cujo galardão foi entregue ao juiz de futebol André Narciso. “O meu maior receio é apitar um jogo de primeira liga e ter o Paulo Sérgio [jornalista e apresentador da gala] a relatar”, gracejou, em momento descontraído.
O prémio de “Equipa do Ano” coube à formação de cinco atletas de ginástica de trampolins seniores femininas do Vitória Futebol Clube, enquanto a distinção de “Mérito Académico” coube a João Jesus, aluno finalista com melhor média da Licenciatura de Desporto da Escola Superior de Educação, do Instituto Politécnico de Setúbal.
Pelo segundo ano consecutivo, o Setúbal Triathlon arrebatou o prémio de “Evento Desportivo do Ano”, feito que enche Hugo Sousa, diretor da empresa organizadora HMS Sports, de orgulho. “Obrigado à autarquia por ter acreditado neste desafio” que, na edição 2020, conta com perto de um milhar de atletas, um novo recorde de participação.
No desporto adaptado, dupla distinção para atletas da APPACDM de Setúbal. O galardão de melhor atleta masculino coube a Álvaro Pereira, na equitação, enquanto na vertente feminina o galardão foi para Beatriz Bastos, basquetebolista que integra a seleção nacional de Basquetebol Trissomia 21.
No que respeita às distinções de “Atleta Esperança”, em masculinos, Pedro Casinha, do Clube de Canoagem da Amora, foi o grande vencedor. Já em femininos, o troféu foi para a jovem atleta Inês Borba, que integra a equipa de atletismo do Vitória Futebol Clube. Ambos conquistaram vários títulos.
Além dos prémios de mérito desportivo, a IV Gala do Desporto de Setúbal ficou ainda marcada pela homenagem, pela primeira vez, a todos aqueles que, individualmente ou em equipa, na última época desportiva, se sagraram campeões e conquistaram títulos nas mais variadas modalidades.
Com o objetivo de valorizar o esforço e a dedicação daqueles que levam o nome de Setúbal cada vez mais alto em diversas competições, foi distinguido um total de 107 atletas campeões, que conquistaram 67 títulos nacionais e internacionais.
A cerimónia, conduzida pelo jornalista Paulo Sérgio e pela apresentadora Helena Coelho, agraciados pela autarquia, juntou um conjunto de individualidades no panorama desportivo nacional, e contou com vários apontamentos de dança e música que surpreenderam o público do Fórum Municipal Luísa Todi.
A animação da IV Gala do Desporto de Setúbal esteve a cargo dos Beat Crew, grupo de dança da YMCA Setúbal, conduzido por Patrícia Mota, que apresentou em palco um total de 34 bailarinos para diversas coreografias.

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010