Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Câmara vai requalificar antiga quinta em Pinhal Novo

Monte do Francisquinho será Centro de Recursos Comunitários

O município de Palmela candidatou a “Requalificação do Monte do Francisquinho”, em Pinhal Novo, ao Portugal 2020, tendo em vista a sua "refuncionalização em termos socioeconómicos e a "promoção de recursos comunitários facilitadores da inclusão de públicos em situação de fragilidade social e ainda a sua utilização e dinamização por diversos parceiros e agentes locais, criando um polo de ação social, cultural e económico em Pinhal Novo", diz a autarquia em comunicado. 
Antigo Monte está em ruínas há vários anos 

A intervenção, explicou a Câmara de Palmela à ADN-Agência de Notícias, "pretende reabilitar e valorizar todo o espaço, de forma a disponibilizar uma rede de equipamentos comunitários e recursos diversificados, favorecendo um conjunto de dinâmicas sociais, educativas e culturais, das quais possam emergir competências e potencialidades de pessoas, organizações e associações, com os padrões de qualidade e conforto vigentes para este tipo de estruturas, com destaque para a formação, as exposições, as iniciativas de animação cultural, o empreendedorismo e o desenvolvimento e a inclusão social".
A reabilitação do espaço assenta na preservação do edificado atual, devidamente requalificado, mantendo a lógica da unidade já existente, complementada com novos equipamentos e valências que sirvam os parceiros já instalados e a instalar.
O Monte do Francisquinho está associado ao conceito de “Aldeia Associativa”, prevendo-se a construção de "um Espaço Hangar Multiusos, um Espaço de Exposições e a criação de Gabinetes de Trabalho. Os espaços exteriores, para além do arranjo paisagístico, contemplam um pequeno Anfiteatro, uma Pista de Skate e outros equipamentos que permitem atividades intergeracionais", explica a autarquia. 
No inicio deste ano, Álvaro Amaro, presidente da autarquia, dizia que o Monte do Francisquinho vai continuar a ser requalificado para a continuação do “ninho” de respostas sociais e associativas que ali começou a nascer. O responsável da Câmara de Palmela defende a “aposta no combate a fenómenos de exclusão e consolidando o momento de expansão que se vive naquela zona”. 
No Monte do Francisquinho já está a funcionar o Núcleo da Liga dos Combatentes e o Motoclube do Pinhal Novo e serão reabilitados os dois edifícios antigos do espaço para “criar salas destinadas a formação e atendimento e acolher respostas sociais, como um gabinete de apoio à vítima e salas para utilização de associações” para além de “ser criada uma área exterior para a prática de desportos radicais, um pequeno anfiteatro de ar livre e um pavilhão multiusos modular, para realização de eventos, feiras e exposições, que começará com dimensões mais modestas, mas que crescerá, faseadamente”, revelou o autarca. 
Esta candidatura está inscrita no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano - Plano de Ação Integrada para as Comunidades Desfavorecidas e tem um investimento global elegível de 948 mil 151 euros, cofinanciado em 50 por cento pelo Feder.

Agência de Notícias com Câmara de Palmela 
www.adn-agenciadenoticias.com

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010